Aonde está você?

Postado em
2

juniorJúnior Cunha

Graduado do Rhema

Se pararmos um pouco para vermos a nossa distância mediante as outras pessoas que nos rodeiam, vamos ver que por mais que estejamos ao lado delas, ainda assim não somos tão próximos, quanto somos de nós mesmos. Acredito que essa proximidade consigo mesmo permite que tenhamos um conhecimento mais amplo de quem nós somos.

Se você passar muito tempo perto de uma pessoa e conviver com ela no seu dia-a-dia, fazer com que o seu cotidiano seja o dela, certamente aos poucos você vai descobrir coisas dela que ninguém mais sabe.

O nível de intimidade supera qualquer barreira natural ao ponto de movimentos daquela pessoa, serem explicações sobre o que ela está pensando, achando ou como ela está se sentido em algum lugar ou situação. Você começa a destrinchar rapidamente os sentimentos dela, e a personalidade dela fica cada vez mais visível para você.

Quando estamos expostos a Palavra de Deus e a sua presença, começamos a sentir Deus de uma forma mais clara, Ele deixa de ser apenas um Ser Supremo e começa a ser mais conectado a nós, nos sentimos mais a vontade em sua presença, pois a comunhão gera intimidade e você começa a sentir Deus de forma mais clara, o que Ele pensa e o que Ele faz por você e para você.

Vamos falar sobre o nível de intimidade que temos com nós mesmos! Ou você não se conhece? Certamente na maioria dos casos não!A prova disso é que em certas situações você pode ouvir de algumas pessoas a frase “rapaz, naquela hora eu não me conheci”, e isso é super normal, afinal passamos a maior parte do nosso tempo dedicando a como as pessoas se comportam e como temos que nos comportar diante delas, que esquecemos de nos conhecer.

Você já parou para pensar se você é íntimo de você mesmo? Conhece suas fragilidades e fraquezas? Ou você já procurou saber quais são elas? Às vezes, nos pegamos surpresos conosco, porque gastamos pouco tempo procurando saber sobre nós. Acredito que quando estamos tão intensos em quem verdadeiramente nós somos, os frutos do espírito ficam mais fáceis de se colocar em prática, até porque você irá saber se portar em cada situação.

Quantas vezes paramos para pensar sobre nós? Cuidamos apenas do nosso corpo quando estamos sentindo algum incomodo, mas nunca perguntamos a nós mesmos o que estamos precisando.

O Espírito Santo pode nos revelar as coisas que precisamos e que nos fazem bem, ele mora dentro de nós e sabe cada coisa que acontece no nosso interior, desprezar isso é como você chegar na casa de alguém e não perguntar nada a ela sobre a casa por achar que ela não a conhece, mas não. Ela conhece sim, cada lugar, e assim é como o Espírito Santo, Ele conhece todos os caminhos de como chegar até você mesmo.

Por muito tempo não encontrava quem eu era, procurava nas pessoas aquilo que eu deveria ser, acreditava que o que as pessoas faziam e diziam determinaria quem eu era, e sim, fui enganado por mim mesmo por muito tempo, até que um dia ouvi de Deus que ele precisava que eu fosse quem eu era de verdade, começasse a me entender e a procurar quem eu era verdadeiramente, e então encontrei o caminho que iria mudar tudo em minha, encontrei o caminho do meu eu verdadeiro, o caminho onde Deus estava de mãos estendidas para caminhar comigo, pois ele já havia criado aquele caminho para mim, como está escrito em Jeremias, no capítulo 1.

Acredito que quando conhecemos a nós mesmos conseguimos ser mais, fazer mais, ter mais, poder mais, pois agora já não vivemos como espiões da nossa própria vida, nos escondendo de nós mesmos, mas nos tornamos heróis daquilo que nós somos, Deus se alegra em ver os seus filhos crescendo e descobrindo o verdadeiro sentido da criação de Deus.

Seja Sempre Você Mesmo!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA