Desacelere

Postado em
1

Thalita SousaThalita Sousa

Aluna do Rhema em Campina Grande

Corre para lá, corre pra cá… E um dia você percebe, dentro de você, uma voz em alto e bom som dizendo: DESACELERE, sente e veja o que eu posso fazer por você. E você olha para dentro de si e diz: oi? Como é que se desacelera?

E acontecem tantas coisas, tantos ciclos  em sua vida a ponto de se fecharem e você percebe que precisa parar um pouco…

Desacelerar não é retroceder, não é simplesmente parar, não é deixar de fazer… Aqui o desacelerar é: Aquiete, sonhe, acredite que eu posso fazer por você, respire um pouco, eu estou com você, quem foi que disse que você não pode descansar ou que tudo precisa ser tão corrido ao ponto de te fadigar? Quem disse que parar um pouco para ouvir é errado?

As estações passam e precisamos entender a velocidade que se deve percorrer, colocar as coisas em seu devido lugar e encontrar o ponto do meio é necessário… Chorar, às vezes, é preciso, ficar quieto, às vezes, é legal, calar ao invés de falar, às vezes, é mais do que necessário, não fazer, às vezes, também cai bem, parar e pensar, às vezes, é tão eficaz como se beber água gelada quando estamos com sede…

 Andar!

Correr!

PARAR!

Sonhar, ser, viver, querer, não desistir, entender, cantar, dançar, sorrir, silenciar, cantar, ouvir música sozinho, escrever, desativar redes sociais, se aproximar, se afastar….

Ei! Não se preocupa, às vezes, isso também faz parte…

Por que para tudo existe um tempo determinado.

Medite em Eclesiastes 3!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA