Em Campina Grande, aconteceu a Conferência de Líderes na Igreja Sede

Postado em
0
653

A Igreja Verbo da Vida sede em Campina Grande-PB realizou a Conferência de Líderes. O evento, que aconteceu na própria igreja, reuniu cerca de 500 participantes entre pastores e líderes de departamento das igrejas Verbo da Vida de Campina Grande e região.

Entre os preletores estavam pastores a frente de grandes igrejas como o pastor João Roberto Albuquerque, Isaías Cunha e Marcelo Carvalho, líder da igreja em Belo Horizonte-MG. Também pregaram no evento o apóstolo e presidente do Ministério Verbo da Vida, Guto Emery e, membros da diretoria como Thiago Borba, Renato e Klycia Gaudard. Serviço, família, paternidade, sacerdócio e ministério foram alguns dos temas abordados na conferência.

Na abertura, o pastor Marcelo Carvalho destacou sobre a fé e o amor no chamado. Ele falou sobre crescimento. Marcelo falou que é lícito crescermos e que tudo que tem vida e, é saudável cresce. “Pessoas que buscam ministério, mas não crescem, podem infectar pessoas ao seu lado. O crescimento da igreja vem quando cada membro cresce. Muitas vezes, o líder quer crescer, mas não age, não busca, não lê. Quando não criamos expectativas por momentos como esse, não estamos crescendo. Não devemos esquecer que o crescimento começa com o cabeça da igreja”, disse o pastor.

Ele também ministrou no segundo dia. Pela manhã, no primeiro horário, ele pregou para os líderes no templo da igreja e no segundo horário para os pastores em outro ambiente. Lá, ele falou a diferença entre Paternidade e Mentoreamento. Ele exortou os pastores a cuidarem dos membros da sua igreja e não serem apenas mentores. Enquanto isso, Thiago Borba ministrou para os líderes no templo.

Ele falou sobre o “Círculo Dourado”, uma técnica criada pelo americano Simon Sinek e usada por grandes empresas como a Disney e Apple para inspirar seus colaboradores. Segundo Thiago, todas as pessoas sabem bem o quê elas fazem, algumas pessoas sabem como, mas apenas uma pequena quantidade sabe bem o porquê. Os que realmente alcançam o sucesso, são aqueles que conhecem bem esse porquê e se inspiram nisso para fazer. Devemos ter em mente o porquê estamos servindo a Cristo.

Na sexta à noite, aconteceu mais dois momentos de ministração. No primeiro, Guto Emery falou sobre a campanha da construção da Igreja para os pastores e líderes. Ele prestou contas da primeira etapa da obra e apresentou uma nova etapa. Depois ele ensinou sobre a importância de um líder estar sensível ao Espírito Santo e ser guiado por Ele. “Esteja sensível ao ponto de desistir de um lugar que Deus não quer que você esteja, mesmo que seja um lugar confortável”, disse ele.

Em seguida, Marcelo Carvalho ministrou mais um vez, agora, sobre “Iniciativa na Liderança”. Falou que todo líder precisa estar atento para não se envolver em murmurações e que deve corrigir aqueles que reclamam de tudo perto deles.

No sábado pela manhã, Klycia Gaudard falou sobre família, destacando as 5 Linguagens do Amor mencionando cada uma delas e trazendo a todos a importância do cuidado com a família e o zelo pelo ministério mostrando que essas coisas precisam andar juntas para que os líderes possam ter sucesso na vida ministerial. “Como você tem administrado a sua vida, família e ministério determinará o avanço na sua vida. Livre-se da comparação e da crítica. A comparação é um veneno dentro da igreja”, disse Klycia.

Na segunda ministração, o pastor Isaias destacou que o chamado é um sacerdócio e não um título. Com uma abordagem descontraída, ele focou sua mensagem em um ponto: da vassoura a caneta importada. Com essa temática ele fluiu com vários exemplos práticos do serviço no ministério e do coração de servo que todos devem manter. Paralelamente, os pastores e suas esposas estavam na sala do 1° ano do Rhema recebendo instruções preciosas do apóstolo Guto Emery.

No sábado à noite, a Conferência foi encerrada com duas mensagens. Renato Gaudard no primeiro momento falando sobre a unidade entre o corpo de Cristo. Ele comparou o corpo de Cristo com o corpo humano, baseado em I Coríntios 12.20-23.

Logo após a mensagem, foi apresentado o vídeo do Projeto Deixai Vir, coordenado por Jannayna Albuquerque. Ela teve a oportunidade de falar um pouco sobre o andamento do projeto que foi criado desde 2017. Assista ao vídeo e conheça mais sobre o projeto:

No segundo período, o pastor João Roberto destacou o quão precisamos crescer e amadurecer para suportar as pressões que poderão surgir nos últimos dias. Citando o apóstolo Paulo como exemplo, ele falou sobre a nossa fragilidade atual em não conseguir suportar dificuldades, nem sequer uma cara feia. “Paulo é um bom exemplo que podemos imitar. Ele soube suportar circunstâncias, pressões, açoites e permaneceu firme. Está faltando a nós capacidade para suportar oposição e perseguição. Tem gente que não suporta um comentário que desaba, imagina uma grande perseguição. Ou a gente muda ou vamos ter que ser substituídos”, falou Pastor João Roberto.

A Conferência de Líderes foi encerrada com uma consciência de mudança mais aflorada em todos. Esses foram dias de revelações profundas e de instruções preciosas do Senhor.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA