Verbo FM

Andando no amor de Deus

Talvez você tenha chegado recentemente ao Ministério Verbo da Vida, então quero apresentar nossa missão e valores para você.
Não existimos por acaso. Essa não foi uma ideia que surgiu na cabeça do pastor Bud. Não! Foi Deus quem falou com ele. Se você faz parte do Verbo, esta também é sua missão!

MISSÃO: Levar a Palavra da Fé para libertar o Meu povo.

VISÃO: Alcançar o Brasil e as nações com a Palavra da Fé e o amor.

Não estamos andando sem saber onde chegar. Temos visão!

Também temos VALORES que nos conduzem, que, na verdade, são valores da Palavra de Deus. Eles são como a ação de escovar os dentes: já faz parte de nós, tornou-se algo natural. Esses valores são transmitidos para cada aluno que passa por nossas escolas, para que, se saírem do Brasil, possam carregar isso dentro deles. Alguns dos nossos valores são: vida de fé, integridade, firmeza doutrinária, fervor de espírito, vida abundante, excelência, unidade e amor, edificação de pessoas, etc. Nós desejamos que esses valores norteiem todos os ministros que estamos levantando.

Às vezes, desprezamos alguns desses valores da Palavra de Deus, ensinamentos que são “antigos”, como o amor. O pastor Bud ministrava muito sobre isso. Certa vez, ele falou que foi convidado para pregar em uma outra denominação e, na ocasião, colocaram-no para dormir em um galinheiro. Ele começou a se questionar sobre aquilo, considerando a possibilidade de conversar com a liderança daquelas pessoas. Após pensar sobre “denunciar” aquele anfitrião, logo veio o entendimento de que aquele ministro seria gravemente prejudicado, podendo ter o seu ministério destruído. Então, o pastor Bud chegou à conclusão: “Eu não quero ser a pessoa responsável por isso. Se ele continuar fazendo essas coisas, ele mesmo será julgado, e cairá”.

O pastor Bud sempre falava: “Há pessoas que conhecem o suficiente para se tornarem perigosas”. São essas que têm muito conhecimento da Palavra de Deus e se enchem de argumentos para explicar o fato de não se submeter, não crucificar a carne, não respeitar as pessoas e amar os irmãos, usando a Bíblia para dar desculpas.

Como podemos amar nossos irmãos como o Senhor nos amou? Jesus nos amou se doando pelas outras pessoas. O amor de Deus, portanto, é sacrificial. Muitas vezes nós vamos ter que abrir mão dos nossos direitos. 

A Palavra de Deus tem regras, na igreja e no ministério também há regras. Nós, portanto, precisamos nos submeter a elas, crucificando nossa carne. Algumas pessoas pensam que a Bíblia tem muitas proibições, mas você sabia que isso não é para beneficiar o Senhor?

Ele é perfeito e não precisa de regras. Não há erros ou falhas n’Ele. Os limites que Ele impõe são para nos livrar e nos abençoar. Quando Deus coloca sobre nós algumas regras é para o nosso benefício! 

Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus” (I João 4.7).

Amar ao próximo é respeitar o outro, atender às suas necessidades, quando isso está ao seu alcance, abrindo mão da sua vontade para abençoar outra pessoa. O amor de Deus é ação, não um sentimento. O amor de Deus não é algo passageiro. Esse amor, por exemplo, é o que sustenta um casamento saudável por muitos anos. Por isso, crente não deveria se divorciar!

Há situações em que precisaremos clarificar nossa carne, agindo em amor, pois Deus é amor. Ele não tem, mas é o próprio amor. E esse Amor habita em nós, por isso, não precisamos ficar competindo no ministério. Quem ganha o galardão não é quem chega primeiro, mas só é preciso chegar! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!