Verbo FM

O “app” Espírito Santo

Deus tem propósito para que o Evangelho seja cumprido. Ele sabia que estava nos deixando em uma situação na qual precisaríamos de assistência.

Abra o “app” e solicite os recursos do céu!

Esta foi a forma que o céu escolheu para nos dar assistência: o “aplicativo” chamado Espírito Santo. Não podemos viver a nossa vida cristã sem baixar esse app, sem fazer as atualizações necessárias, sem receber do Espírito de Deus. Os filhos de Deus são guiados pelo Espírito, mas muitos crentes se abstém desse benefício fornecido pelo Pai. Ele tem desejo de ver seus filhos cheios do Seu Espírito e da Sua presença.

A evidência de alguém que foi batizado no Espírito Santo é a prática no falar em outras línguas. Muitos cristãos estão deixando de mergulhar e não têm vivido essa prática no dia a dia. Algumas pessoas já foram batizadas no Espírito Santo, mas vivem como se não tivessem recebido, pois não praticam.

Não vos deixarei órfãos, voltarei para vós outros” (João 14.18).

Foi pelo Espírito que Deus escolheu nos dá assistência. A Bíblia diz que Ele ensina, Ele lembra, Ele convence, Ele transforma. Pelo Espírito temos toda a assistência do Céu. Quando as pessoas não sabem o que fazer, provavelmente é porque não estão abrindo o “aplicativo” do Espírito, não estão fazendo uso do que foi dado ao nosso favor como filhos de Deus.

A manifestação do Espírito é dada a cada um como proveito. O Espírito Santo é o nosso ajudador, mas Ele se manifesta àqueles que o buscam e solicitam a Sua ajuda. 

Deus pretende te guiar, te consolar e te curar pelo Espírito. Há cura na comunhão com o Espírito. Ele nos consola. O Espírito Santo é a provisão de Deus. Todos têm acesso, todos podem participar. Eu quero trazer aqui um alerta de despertamento. Não podemos ser omissos às coisas que o Senhor conquistou ao nosso favor.

Deus não se move pelo que sentimos, Ele se move pela fé. Fé é a convicção das coisas que não se veem e nem se sentem, mas se crêem. As pessoas vão te ver como influência no lugar onde Deus te levantou se você permitir que os planos d’Ele se cumpram na sua vida!

Cuidado com a neutralidade!

Neutralidade é algo que nos leva a permanecer passivos e acomodados. O Espírito vê esse ato de neutralidade como algo repugnante (Apocalipse 3.16). Essa neutralidade pode te afastar do que Deus quer fazer com você e através de você. A indolência não significa preguiça. Do grego, ele traz o significado de algo “lento” ou “moroso”. Nós frequentamos a igreja, mas ao avaliar o nosso apetite por Deus e por sua palavra, sentimos fastia.

O que Deus entregou a você, foi para gerar em seu interior ousadia e intrepidez. Às vezes, a gente se acostuma com a unção coletiva, mas essa unção não substitui a comunhão individual com Ele. A maioria dos cristãos não sabem o que é a unção com a comunhão. Utilize desse recurso: a presença! A evidência do batismo é a sujeição da língua ao Espírito. Quando você se sujeita a orar em línguas, os medos se sujeitam ao Espírito. 

“Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja” (I Coríntios 14.12).

As coisas espirituais se recebem. Manifestações do Espírito acontecem para que as pessoas fiquem familiarizadas com esse ambiente. Quando oramos em línguas, muitas coisas estão sendo ditas e quando você perceber, o Espírito vai fluir e vai levá-lo a lugares mais profundos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!