Verbo FM

Prepare sua igreja para crescer

por Edilson de Lira

Você tem preparado sua igreja para crescer? Quantas igrejas têm sido plantadas e nações alcançadas… Estamos crescendo em número e tamanho de igrejas!

Deus não unge métodos, unge homens!

Observe a fase da sua igreja e trabalhe sendo guiado nas ações que irão gerar crescimento. Vou dar exemplos da nossa igreja, não porque somos perfeitos, mas porque sou eu quem estou falando e testemunharei as minhas experiências. 

Não busque o método, mas tente entender o princípio que está por trás daquele método. Vou mostrar alguns dados da nossa igreja. Em 2013, tínhamos 117 membros e hoje temos 2.600. Lembre-se de que crescimento é algo intencional e planejado.

Uma igreja de 400 pessoas não é a mesma coisa de duas igrejas de 200 membros. Em uma igreja, de 30 pessoas o grau de exigência do povo é um, em uma igreja maior, o grau de exigência do povo é outro. Por isso, ensine o povo a não murmurar, fique atento à murmuração e traga soluções, caso seja necessário. Com mais crescimento, vem mais demanda.

Quero destacar alguns pontos importantes:

Lei do mínimo crescimento

O rendimento de uma safra é limitado pelo nutriente que se encontra em menor quantidade mesmo que o nutriente esteja em quantidade certa. Sempre que olhamos os problemas de crescimento precisamos estar atentos em como solucionar o problema.

Às vezes, o teu mínimo é um estacionamento, se você tem um prédio de 500 pessoas, talvez precise de um estacionamento para 200 pessoas.

Observe qual é seu mínimo. Talvez, seja algo que precise de um pequeno investimento que resultará em um grande resultado. Talvez seja um banheiro de melhor qualidade, talvez um ar condicionado, mas é necessário ver a receita e como vai pagar a conta de energia. Tudo isso é necessário estar atento. Às vezes, você precisa de um estrutura maior, mas é necessário planejamento.

Cultos extras promovem o crescimento da igreja?

Atualmente, estamos com 4 cultos aos domingos. Como podemos fazer isso de forma a não causar danos? Antes de pensar em um culto extra, devemos ter um culto ideal.

O que é um culto ideal?

Um culto ideal é aquele com um bom som, que termina no horário. O culto não é um meio, mas um fim. Um culto ideal atrai a atenção para Deus e Seus atributos. Esse culto conecta as pessoas e traz uma experiência de comunhão congregacional. Um culto ideal encoraja e instrui na Palavra de Deus, ele celebra a obra de Jesus Cristo, conduzindo à salvação, estimulando as pessoas à mudança de estilo de vida.

Preparando a igreja para realizar múltiplos cultos

Podemos criar a cultura do cultue EM UM e sirva EM UM. O culto ideal é como sapato ideal, aquele que você nem lembra que está usando. Isso vai forçar um maior recrutamento de pessoas que devem ser treinadas, desenvolvendo sistemas que não dependem de uma única pessoa. Vamos crescer de forma eficaz!

Múltiplos cultos vão promover opções de horários, ou seja, dar opções às pessoas é algo bom. Além disso, devemos utilizar bem cada metro quadrado da igreja, glorificando ao Senhor em todo tempo.

Como implementar outro culto?

Passe a visão para a sua igreja e sua equipe ministerial, comunique de forma eficaz o porquê de ter outro horário. Conheça a cultura do povo, deixe a sua liderança comprar a visão. Lembre-se que é necessário ter equipes suficientes.

Faça um lançamento de impacto, divulgue nas redes sociais e recorde que não são mais cultos, mas são mais pessoas sendo alcançadas. Celebre cada conquista do seu povo.

Cuidado com as armadilhas do culto extra

Cuidado com a sobrecarga para os líderes. Para que isso não ocorra, é necessário o recrutamento de várias equipes, porque, a longo prazo, poderá haver desgaste.

O próprio pastor precisa ter cuidado com o cansaço das pregações, fazendo escalas com a sua equipe. Então, comunique-se e faça cultos com o mesmo estilo, treinando sua equipe para falar a mesma linguagem, não deixando cair o nível do culto extra, ,pois, dessa forma o povo vai escolher e pensar: “O culto bom mesmo é naquele horário”.

Cuidado com a armadilha do auditório vazio. O pregador gosta de igreja lotada, mas o povo não quer ficar em meio à multidão, eles gostam de conforto. Outro cuidado importante é na comunicação com os liderados. Cuidado para não apressar esse processo. De nada adianta entusiasmo sem conhecimento.

Envie pessoas

Não estamos construindo uma Torre de Babel, estamos construindo o Reino de Deus. Enviamos os melhores para outras nações e vamos seguir enviando, enquanto alcançamos muitos em nossa igreja.

Na congregação, existem os comprometidos, esses vocês podem contar. Existem os comissionados que estão sendo treinados para serem enviados. Quando enviamos o nosso melhor, a nossa igreja também cresce!




*Trechos da mensagem do dia 24 de março de 2023, na Reunião Nacional de Pastores e Diretorias.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!