Noite de festa e de sábias instruções sobre a confiança no poder de Deus

Postado em
0

 “HI KHENSA JEHOVA” 
 “AGRADEÇO A DEUS” 

Foi com trechos como esses, na língua nativa, que o grupo de louvor angolano conduziu a adoração na segunda noite da Conferência de Ministros Verbo da Vida África. A líder do louvor estimulou a igreja a declarar a paternidade de Deus: “Igreja, declare que o Senhor é o seu Pai, o Jeovah, o Alfa e Ômega”.

Para surpresa de todos, o Ap. Guto Emery, presidente do Ministério Verbo da Vida, e Thiago Garcia, supervisor de igrejas e integrante do MVV, estavam vestidos com roupas típicas africanas. “Somos uma só família na África”, disse Thiago, que também acompanhou o louvor no ritmo da dança local. 

Thiago Garcia apresentou ainda as caravanas que estão representadas nessa Conferência. Além dos irmãos de Angola, estão participando caravanas de Moçambique e da Europa, sob a liderança de Gleison e Marina Cabral, além de pastores, amigos e irmãos parceiros do ministério local. Em seguida, Thiago chamou à frente o Pr. Judson e Humela Calado, de Angola, e Pr. Ricardo, de Moçambique, que são os líderes do Verbo da Vida nesses países, além dos ministros auxiliares.

 UNIDOS E FIRMES NO PODER DO ALTÍSSIMO 

A primeira ministração da noite foi de Marina Cabral. Ela lembrou que foi em momentos de Conferência que Deus ativou chamados e fez conexões para que essa Palavra acontecesse. “Meu coração está explodindo de expectativas. Eu creio que, para o próximo ano, muito mais países estarão representados aqui. O Verbo da Vida vai para todas as nações e essa palavra vai se cumprir”, comentou Marina. 

A ministra disse que o mais importante é estar no centro da vontade de Deus. Muitas vezes vai ser preferindo o outro que vamos fazer a vontade de Deus acontecer. “Existe um plano de Deus individual para a sua vida e grandes coisas o Senhor vai fazer através de nós. E Ele quer que entendamos a vontade d’Ele de muitas maneiras”, explicou.  

“Aquele que dá o querer dá também o efetuar. Ele fala conosco ainda hoje.”

A ministra disse que devemos trabalhar para que nós e aqueles que estão ao nosso redor fiquemos convictos dessa visão e conscientes de que o que Deus falou vai acontecer e, assim, estejamos prontos para que Ele possa nos mover. Ela ainda falou que, muitas vezes, quando estamos diante de um plano grande, dá uma ansiedade, mas existe uma forma correta de reagir: “Alegra-te!”, aconselhou Marina. 

Ela afirmou também que devemos viver em unidade, confiando no poder do Altíssimo para fazer o impossível acontecer. E acrescentou: “É o Espírito Santo que vai nos envolver, que vai fazer através de nós, conectar e abrir caminhos. Não vai ser no natural. É no poder do Altíssimo que o plano de Deus para mim e para você acontecerá”

“O que nós cultivamos na igreja do Senhor colhemos na nossa casa.”

Confira mais da ministração de Marina Cabral.

 MOMENTO MISSIONÁRIO 

Em um momento especial, Thiago apresentou, de forma virtual, Danilo Queiroga e sua esposa Luissa Emery, que estão na Polônia na liderança do projeto Paz em Meio à Guerra, levando apoio e a Palavra de Deus para refugiados ucranianos. Eles falaram sobre o que Deus tem feito na base missionária, com o apoio também de outros irmãos que se dispuseram a contribuir. 

“Estaremos aqui, até quando Deus permitir, dando um abrigo para essas pessoas e oferecendo escola bíblica, além de aula de inglês e violão. Acreditamos que a vida delas nunca mais será a mesma”, disse Luissa. “Queremos ver mais pessoas fervorosas e animadas com essa Palavra. Ficamos bastante felizes em acompanhar essa Conferência”, falou Danilo. 

O Ap. Guto Emery falou, em seguida, ainda emocionado: “o desejo do nosso coração é sempre ajudar vidas. Onde tem uma pessoa sofrendo, queremos levar o alívio da Palavra de Deus”.

Thiago ainda chamou o missionário Ricardo Ramalho, atual pastor presidente do Verbo da Vida em Moçambique para falar sobre a igreja naquele país: “A partir do momento em que eu comecei a me alinhar de fato a viver o que está escrito, as coisas de Deus começaram a acontecer. Em abril deste ano, houve a transição quando assumimos e, hoje, estamos à frente da igreja em Moçambique. Deus já tinha preparado. Os desafios surgem mas Deus é Aquele que está à frente”, disse Ricardo.

O missionário falou mais do que Deus está fazendo em Moçambique: “Assim que assumimos o trabalho em Moçambique, o dono do rédio onde a igreja funcionava pediu o prédio e precisamos alugar outro espaço. Eu creio que uma boa estrutura está sendo construída. Temos membros que estão sendo capacitados e crescendo para que, quando tivermos o templo, a base já esteja bem estruturada. Estamos avançando e vendo tudo o que Deus tem realizado”. 

A missionária Célia Regina, que também atua em Moçambique, falou da sua alegria em estar na Conferência África. “É um motivo de muita gratidão estar aqui. Eu disse “sim” ao Ap. Guto, eu disse “sim” a Deus. Este é um lugar maravilhoso. Eu amo esta terra, eu amo este povo. É uma honra servir a este Ministério. Eu quero fazer a diferença onde chegar. Estamos avançando. Eu sei que Moçambique vai às nações”, disse Célia. 

 COMPREENDENDO A SABEDORIA SOBRENATURAL 

Gleison Cabral, supervisor do Ministério Verbo da Vida na Europa, foi o responsável pela segunda mensagem da noite. Ele contou sobre o chamado do casal para o continente europeu. “Gostaria de falar sobre a sabedoria sobrenatural nesta noite. Esta conferência é um marco e Deus está destravando coisas no mundo espiritual”, disse o ministro.

Gleison falou sobre a existência de um desejo sobrenatural no nosso coração de pensar o que Deus pensa, ver o que Deus vê e falar o que Deus fala. Ele disse: “Da perspectiva de Deus não tem maior e nem menor. Existe o fiel e o não fiel. Deus espera que façamos bem, de forma eficaz e eficiente aquilo que Ele coloca em nossas mãos”.

“O nosso propósito não é algo isolado. É um propósito. É um plano divino. É uma estrutura onde Deus nos encaixa.”

O ministro disse que os dons ministeriais nos trazem maior responsabilidade. Falamos sobre um crescimento e uma visão que vêm de Deus. É Ele quem diz que é tempo de avançar e de crescer na África. “Falamos de um crescimento que procede de Deus e não na força do nosso braço. Existe uma visão. A Igreja é de Deus e Jesus é o cabeça da Igreja”, lembrou Gleison.

Ele afirmou ainda que só vamos ser plenos, supridos, felizes e prósperos fazendo o que Deus quer. Essa é a sabedoria do alto. “Você chegou aqui para saber os pensamentos de Deus ao seu respeito. Só vamos fazer aquilo que Deus quer se abraçarmos os planos e propósitos de Deus”, completou. 

“Eu quero ser famoso é no Céu. A minha vontade é fazer a vontade de Deus, independentemente dos holofotes dos homens.”

Aqui você pode ver mais destaques da mensagem de Gleison Cabral.

No final da noite, ainda houve muito mover de Deus com oração pelos líderes da igreja em Angola, Judsi e Humela Calado, e pelos demais ministros participantes da Conferência. E, para fechar a noite, a missionária Leide Andrade conduziu a canção “Ninguém é igual a Jesus”, na língua nativa e em português. E o culto acabou com muita festa!!!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA