Ministério Apostólico – Live de quarta trouxe detalhes sobre este chamado

Postado em
0

Em 2013, o apostolado do Ministério Verbo da Vida foi passado a Guto Emery. A noite, da quarta-feira, foi para relembrar essa história e a visão que segue até hoje. Além do Ap Guto, participaram da conversa mediada por Thiago Garcia, primeiro secretário executivo, Renato Gaudard, diretor executivo do MVV, Manoel Dias, segundo gestor financeiro, Rozilon Lorenço, supervisor do Ministério.

Entender bem como cada ofício funciona é a pauta da vez nas nossa lives. Isso nos ajuda a crescer, avançar e amadurecer; com chamado apostólico não é diferente. 

O ofício apostólico é bastante importante para a igreja nos dias de hoje, por isso entender o seu funcionamento e o propósito deste dom ministerial é fundamental. O apóstolo, por ser um fundador, carrega reponsabilidade, ao mesmo tempo que precisa ser simples e ter cuidado com a soberba. O ponto de partida para o tema abordado foi o que Paulo escreveu à igreja, no capítulo 4, da carta aos efésios. Permanecer alinhado a essas verdades nos manterá seguros, como aprendemos com o apóstolo fundador do nosso Ministério, Bud Wright.  

“Quanto mais Jesus for real pra você, mais será para o povo que lhe chamou para pastorear.”

ASSUNTOS ABORDADOS
Entre os tópicos abordados, nesta conversa, foram destacados os seguintes: a importância dos dons ministeriais para a igreja, a responsabilidade do chamado apostólico, bem como a classe de apóstolos e as que ainda estão ativas nos dia de hoje. Pelas escrituras é possível identificar esse dom e suas características principais. Descobertas foram feitas e dúvidas tiradas por milhares de pessoas ao redor do Brasil e restante do mundo através das nossas mídias sociais, como comentou um dos internautas. 

Que live maravilhosa! O Apóstolo Bud e o Apóstolo Guto são excelentes exemplos da manifestação desse dom, nos dias de hoje, e da humildade e excelência de servir a Deus! Grato ao Pai por esse ministério maravilhoso!

MENSAGEM
Renato Gaudard deixou uma mensagem no fim da live baseada no que a Bíblia diz no em Atos 15, o qual afirma que o apóstolo Paulo sabia por onde andou, o que deixou e o que precisava fazer com o que Deus construiu por meio do seu ministério. Isso demonstra o cuidado apostólico com as igrejas que abre e precisa supervisionar. Manoel Dias falou a respeito do toque da unção apostólica sobre a igreja, que faz com que a nossa visão seja ampliada, um alcance maior, não apenas local, mas de mundo. Sem esquecer de cooperar com os outros ofícios e e nunca se distanciar da Palavra.

Já Rozilon Lorenço nos incentivou a ler os livros do Irmão Hagin
, em português, outros títulos da Editora Rhema Brasil Publicações e a importância de ficar debaixo dessa visão para usufruirmos da unção. Pra encerrar, o Ap. Guto falou sobre o respeito da esfera de atuação que Deus demarcou, pois existe alguns limites estabelecidos e precisamos respeitar, da mesma forma como Paulo reconheceu essa demarcação divina.   

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA