Vida de louvor

Postado em
0

por André Martins

Eu decidi, há alguns anos, que, ao acordar logo cedo, a primeira coisa que sai da minha boca é: louvor! Louvor se trata de um modo de ser. É mais do que cantar. É expressar, em palavras e ações, a vida que você tem por dentro.

O que é vida de louvor? De forma simples e prática, vida de louvor é ter ações que glorificam a Deus. Por exemplo: quando temos um coração grato por todos os seus benefícios; ao cantarmos de forma espontânea e, ao mesmo tempo intencional, acerca do Seu caráter e natureza; falar sobre Ele em nosso dia a dia, reconhecendo quem Ele é em nós. Em outras palavras, é viver uma vida tal, que o que sai de você, sempre será um elogio oferecido a Deus. Você se torna um elogio a Ele. Incrível, não?

“A fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo” (Efésios 1.12).

Nasci para o louvor da glória de Deus! Acima de tudo, existo para expressar a Sua natureza de amor, generosidade, alegria, paz, justiça, bondade e santidade. Afinal, como Ele, assim eu fui criado para ser!

“(…)pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo” (1 João 4.17,b).

Louvor é mais do que um período de música na sua igreja local ou levantar as mãos em um único momento. É existir n’Ele, vivendo consciente de que fomos criados para esse propósito: honrá-lo em tudo o que pensamos, falamos e fazemos.

“E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai” (Colossenses 3.17).

Quando esse entendimento domina você, tudo o que faz aqui na terra, o faz com outra percepção e disposição. Um filtro maravilhoso para você perceber que está vivendo essa vida é: o que penso, falo e faço, manifesta louvor a Deus?

“Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10.31).

Ouça essa mensagem!

Os seus efeitos

Esta é a beleza. Não se trata de um momento, é uma vida. Uma das suas principais características é que o louvor coloca Deus em primeiro lugar. Quando praticamos, vivemos mais conscientes da Sua presença. Por isso que compartilhei, no início, a primeira atitude que tomo ao levantar pela manhã. Prefiro me encher da consciência da Sua presença e, só depois, realizar todas as demais coisas.

Como resultado, isso me equilibra, tornando-me mais sensível espiritualmente, assim como me impulsiona a novos níveis de relacionamento com Ele. Além disso, o louvor o torna menos egoísta. Isso mesmo. Por quê? Porque essa prática de louvá-lo tira os olhos de você mesmo e os volta para Deus. Em outras palavras,  você se torna um louvor a Deus.

Na prática

Concluindo, desafio você a passar cinco minutos da sua manhã, simplesmente, levantando suas mãos, em sinal de rendição, levantando sua voz em gratidão por tudo aquilo que Ele é em Sua Palavra e em sua vida, simplesmente o amando. Faça isso durante alguns dias, de forma consciente e persistente.

Garanto a você que o seu mau humor diminuirá. Sua disposição e produtividade aumentará. Sua alegria retornará para o lugar de onde nunca deveria ter saído: de dentro de você!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA