Há graça na gratidão!

Postado em
0

por André Martins 

Amo a passagem de Salmos 188 que diz: “Hoje é o dia que o Senhor preparou para nós, por isso, podemos regozijar e nos alegrar no Senhor”.

Creio que os nossos melhores dias não ficaram para trás, eles estão por vir!

Quero falar sobre criarmos uma atmosfera de gratidão nas nossas ações. A gratidão pode promover a nossa vida em família, na igreja e no ministério.

Jamais presenciei tanta pressão na minha vida como nos últimos dois anos. Nunca vivi os desafios que tive nesse tempo. Como pastor de igreja local, nunca vi tanta gente precisando lidar com estresse físico, emocional e espiritual, lidando com luto, esfriando espiritualmente. E não me refiro à minha igreja, mas ao mundo em si. 

Tempos difíceis revelam as nossas verdadeiras convicções! 

O nosso comportamento revela em que estágio estamos. Devemos nos avaliar sempre para reconhecermos esse estágio. Você não trata algo que não reconhece. Vamos reconhecer que faz sentido o mundo estar nessa condição emocional em que está?

O mundo tem milhões de mortes confirmadas pela Covid. Milhões de pessoas perderam empregos e parentes, muitas pessoas estão sofrendo e, para piorar, uma guerra, ou seja, não está fácil lá do lado de fora. Os dias são maus. Mas a bênção do Senhor continua acompanhando a nossa vida. 

Por mais difícil que esteja lá fora, há uma palavra liberada ao nosso respeito. Somos abençoados e investidos de poder. A bênção do Senhor está em nossa vida desde a hora que acordamos até a hora que vamos dormir. Não importa o estado em que você se encontra, quando Deus olha para você, Ele vê uma pessoa abençoada!

Problemas só acontecem com gente. Nunca vi uma cadeira desolada, porque alguém não senta nela. Só os mortos não estão com problemas (dependendo de onde ele esteja, claro). 

Se está vivo, vai ter que aprender a lidar com más notícias, suas emoções, o desafio do desânimo, mas fique tranquilo, quanto mais consciente você está da sua posição, mais encorajado você fica com o futuro.

Uma das formas de reconhecer as bênçãos do Senhor é por meio da gratidão. Ser grato é reconhecer os benefícios do Senhor.

“Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios” (Salmos 103.1-2).

Davi estava sendo intencional nessa passagem, trazendo a revelação de que devemos criar um hábito de falar os benefícios recebidos do Senhor. 

É possível um cristão perder a revelação daquilo que recebeu de Deus. A realidade que você se encontra nunca deve determinar aquilo que você é e tem, nem daquilo que você recebeu da parte de Deus. 

Não se esqueça dos benefícios, das bênçãos recebidas. Quando você se sentir tentado e triste, lembre-se: ainda bem que não vou para o inferno.

Todos os dias quando você acorda, a graça, a habilidade, a vida de Deus está sobre a sua cabeça. Eu estou coroado com a graça e misericórdia de Deus. Não importa o que me aconteça, eu recebi tudo o que eu preciso para viver bem.

Eu não preciso ficar desesperado com o final da minha vida, porque Ele me garante que mesmo na velhice eu vou dar frutos. Declaro que as pessoas sairão daqui hoje renovadas no seu espírito. Esse sentimento pessimista vai sair da sua vida hoje! 

Não esqueça de ser grato, porque é fácil entrar num processo de esquecimento. Quando a gente esquece do que o Senhor fez, podemos nos perder diante das coisas que acontecem.

Todas as vezes que eu e você, intencionalmente, falamos do que Deus já fez, é como se um portal se abrisse e Ele agisse em nosso favor novamente. 

Deus já fez tudo, mas você não está vivendo tudo, pois não experimentamos tudo. Por isso, estejamos animados e cheios de expectativas, falando as coisas boas, para que o que falta ser visto, seja visto. 

Precisamos construir memoriais do que Deus já fez por nós e observarmos o que Ele já fez por nós diariamente. Ele foi fiel tempos atrás e nunca mudou. 

Todas as vezes que você for tentado a desanimar, por causa das pressões do presente, lembre do que Deus já fez em seu favor. Ingratidão significa esquecimento dos benefícios recebidos. Uma pessoa ingrata não se lembra do que recebeu.  

O que tem saído da sua boca sobre as coisas boas que Deus já fez na sua vida? Que memorial você tem construído?

O maior legado que o meu pai me deu não foi uma casa, uma faculdade, mas seus testemunhos. Guardo com carinho todas as histórias que meu pai me contou, elas me ensinam a manter a gratidão. 

“Quando teu filho te perguntar no futuro, dizendo: Que significam os testemunhos, e estatutos e juízos que o Senhor nosso Deus vos ordenou? Então dirás a teu filho: Éramos servos de Faraó no Egito; porém o Senhor, com mão forte, nos tirou do Egito; E o Senhor, aos nossos olhos, fez sinais e maravilhas, grandes e terríveis, contra o Egito, contra Faraó e toda sua casa; E dali nos tirou, para nos levar, e nos dar a terra que jurara a nossos pais. E o Senhor nos ordenou que cumpríssemos todos estes estatutos, que temêssemos ao Senhor nosso Deus, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como no dia de hoje. E será para nós justiça, quando tivermos cuidado de cumprir todos estes mandamentos perante o Senhor nosso Deus, como nos tem ordenado” (Deuteronômio 6.20-25).

No futuro, os testemunhos mostrarão aos nossos filhos o que Deus fez na nossa vida. Essa revelação passa de geração a geração.

Grandes coisas o Senhor tem feito por nós e, por isso, estamos alegres.

A gratidão o livra de estresse, depressão e síndrome do pânico. Devemos desenvolver a prática de nos animar e encorajar uns aos outros. 

Trechos da mensagem do dia 27 de fevereiro de 2022, no Acampamento Verbo da Vida.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA