O motivo do nosso louvor

Postado em
0

por André Martins

Qual é o motivo do seu louvor? O que deve nos mover a cantar para Deus é Ele mesmo! Cristo é o motivo, o sentido e o alvo da nossa canção!

Talvez você já tenha passado por essa situação em seu dia a dia, ou até mesmo em períodos de música na sua igreja local: o desânimo para cantar, levantar as mãos, dançar e se alegrar no Senhor. É normal, às vezes, dependendo de como estamos emocionalmente, nos sentirmos desencorajados em exaltar o Senhor. Entretanto, sempre, ao cantar louvores a Deus, é preciso lembrar-se dos motivos que nos fazem adorá-lO.

Lembre-se da razão de tudo!

Certa vez ouvi um amigo meu que, ao chegar na igreja, não estava se sentindo animado em dançar, de acordo com a direção do líder de música que encorajava a igreja a alegrar-se no Senhor. Então, ele ouviu em seu coração: “Eu sou o motivo da sua dança!”.

Todas as vezes que você se sentir tentado a não se alegrar no Senhor, lembre-se: Ele é o motivo da nossa alegria! Quando se sentir tentado em não levantar as suas mãos nos períodos de adoração, lembre-se: Ele é o motivo do levantar das nossas mãos! Até mesmo quando você não se sentir tentado em não dançar na presença do Senhor, lembre-se: Ele é o motivo da sua dança!

Sabe, nem sempre as pessoas estão conscientes do motivo daquilo que elas fazem. Chamo isso de religiosidade. Por que? Porque sempre que nós fazemos algo sem a revelação e intencionalidade, isso é apenas tradição, costume, formalismo humano. Por isso, sejamos intencionais em nossos louvores, no nosso cotidiano, assim como nos nossos encontros presenciais em nossas igrejas locais!

Leia mais clicando aqui.

A primeira canção cantada na Bíblia

Você sabe qual foi a primeira canção cantada na Bíblia? Está no livro de Êxodo 15.

“Cantarei ao SENHOR, pois ele triunfou gloriosamente; lançou no mar o cavalo e seu cavaleiro. O SENHOR é minha força e minha canção; ele é meu salvador. É o meu Deus e eu o louvarei; é o Deus de meu pai e eu o exaltarei” (Êxodo 15.1-2).

Eu quero lhe perguntar: o que motivou Moisés a cantar? Eu lhe respondo: os feitos do Senhor!!!

Já ouvi pessoas dizendo frases como: “Eu não louvo a Deus por aquilo que Ele faz, e sim do que Ele é!”. E pergunto: por um acaso, aquilo que Deus faz não é resultado daquilo que Ele é? Porque Ele é bom, perdoador, libertador, misericordioso, curador, amoroso, generoso, gracioso, etc. Eu canto!!!

O nosso louvor deve ser fruto daquilo que Deus faz por nós, resultado daquilo que Ele é! Nosso louvor é uma resposta aos benefícios recebidos!!! Quando essa revelação chega em nosso coração, nunca mais nos permitimos ser dominados pelo cansaço ou desânimo, afinal, Ele é o motivo do nosso louvor!!!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA