Aprenda a celebrar antes de ver

Postado em
1

por Guto Emery

Lendo um livro do irmão Hagin, ele cita uma senhorinha pentecostal que amava ir à igreja. Naquele tempo, os pentecostais eram chamados de “faladores de línguas” nos Estados Unidos e eram muito criticados. Certa vez, apressada para chegar à igreja, a senhorinha ouviu:

– E já vai para a igreja a essa hora? 
Ela respondeu:
– Estou indo a um espetáculo. Estou indo ver Deus atuar.

Você não vai simplesmente sentar no banco de uma igreja. Você não é atraído a uma congregação para isso. Você é convidado para ver Deus atuar, inclusive, na sua vida. Os próximos anos serão poderosos. É muito bom vermos o resultado da Palavra em nossas vidas. Cada um de nós tem desafios, logicamente, Kenneth W. Hagin dizia que não há grandes vitórias sem grandes batalhas. Mas, meu irmão, também não há batalha que você não possa vencer pela Palavra de Deus.

A Igreja Verbo da Vida não existe apenas para fazer um Culto de Celebração. Esse lugar existe para aprendermos a lidar com os desafios do dia a dia, com as coisas práticas. Nós precisamos nos apossar da Palavra para fazermos a vontade de Deus acontecer. O que confessamos com os nossos lábios domina o nosso interior.

Nós vimos as manifestações de Deus. Vimos quando o Pr. Bud Wright recebeu a visão de construir este lugar.  Não tínhamos dinheiro, mas tínhamos conosco um homem cuja conduta nos direcionava. E ele disse: “Olha, quando passarem por aquele terreno, estendam as mãos e orem dizendo: ‘Pai, obrigado pelo terreno que o Senhor tem nos dado!’”.

Deus quer que você aprenda a adquirir o que necessita pela fé. Foi o que cremos que gerou tudo isso que você vê aqui. Hoje, estamos felizes porque o Senhor mudou a nossa sorte. Isso faz subir ao meu coração um salmo que diz:

“Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres” (Salmos 126.1-3).

Quando você recebeu Jesus como Senhor e Salvador, a sua sorte já mudou. Você já foi plantado em um lugar de bênçãos e plenitude. O que você precisa agora é tomar posse delas. Saber disso faz toda a diferença porque nós não vivemos pelo que vemos nem pelo que sentimos. Vivemos pelo que cremos.

É bem possível que você esteja vivendo uma vida de altos e baixos. Que você pense que se tiver muito, vai abandonar o Senhor e por isso aceite todo sofrimento. Mas eu já vi pobre abandonando Deus, sabia? Porque não se trata do que você tem, mas da disposição de seu coração.

“Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome” (João 20.30-31).

A Bíblia foi escrita para que você possa crer. Mas deixe-me dizer uma coisa: tudo que é vivo dá trabalho para manter. O jardim da casa onde vivo sempre chama a atenção. Mas as pessoas nem imaginam o trabalho que aquilo nos dá. Às vezes, você vê alguém avançando e nem pensa no tamanho do processo envolvido. Como crente, você deve olhar para frente. Não deixe o diabo enganá-lo dizendo que tudo será pior, você tem uma Palavra.

As Escrituras são, na verdade, uma caixa de sementes. Cultive-as em cada área da sua vida para desfrutar da vontade de Deus! Essa percepção é importante. Não podemos ser murmuradores. Quando usamos a nossa boca para exaltar a Palavra, o Senhor se move a nosso favor.

Muitas vezes, não vemos isso porque somos programados para pensar errado. Uma vez, viajei com o Pr. Bud e o dono da pousada da cidade começou a conversar com ele. O Pastor sugeriu que aquele homem usasse o terreno livre para o plantio, mas, timidamente, o dono da pousada falou que ali tinha muitas pedras e ele teria que contratar trabalhadores.

Então, o Pr. Bud perguntou:
– E por que não contrata?
– Não vai resolver. Não vai ter água – respondeu o homem – aqui, o clima é ruim.
– Mas não tem um rio ao lado de sua pousada? – insistiu o Pastor.

Dizendo em seguida: “Vocês, brasileiros, têm uma desculpa para tudo. Querem o jardim, mas não querem trabalhar para plantar e ter os frutos”.

Eu aprendi a fazer o necessário para colher os frutos: eu rego as plantas! Eu confesso a Palavra e celebro antes mesmo de ver! Assim como Noé, construa a arca! A chuva não depende de você, mas ela vem de Deus na hora certa! Nem toda semente brota rápido, é verdade. Mas cada semente lançada por Deus em nossas vidas vai brotar no tempo certo. Nós somos um ponto de contato entre o poder do Senhor e esta terra. Estamos em Cristo ressurreto, designados para reinar em vida. 

Nós precisamos plantar o nosso jardim. Pensar no que queremos, sob inspiração divina, em conformidade com a Palavra de Deus. Foi assim que este Ministério surgiu. Planejando, abraçando a visão dada pelo Pai e crendo incansavelmente. Assim como funcionou para nós, funcionará para você! E se Jesus não voltar até 30 anos mais tarde, certamente estaremos melhores. 

Tem horas que a doença e a falta falam conosco. Mas nós não somos quaisquer pessoas, somos filhos de Deus. E precisamos dar ouvidos à Palavra, acima de quaisquer circunstâncias. Lembre-se: a sua vida é um grande jardim para o seu Pai!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA