Inspirados para inspirar

Postado em
0

por Guto Emery

Quando pensei no tema “Paternidade”, me veio muito forte a relativização do poder da Palavra. Estamos começando a passar por algumas coisas difíceis, algumas coisas que acontecem não podemos mais falar por causa do “politicamente correto” e isso tem entrado sorrateiramente em nossas casas, mas não podemos entrar nessa do diabo, precisamos ser cristãos verdadeiros e assumimos o que diz a Palavra, independentemente do que possa acontecer.

O mundo tem pregado um tipo de amor que aceita tudo, só que a gente olha na Bíblia, a gente entende que Deus é amor, mas isso não quer dizer que Ele aprova a maneira de você se comportar ou andar. Você precisa ler a sua Bíblia, se afinar e deixar ela se tornar referencial para você, sua percepção da vida vai mudar também, você aceita algumas coisas e rejeita outras.

Em II Timóteo 3.14-17 está escrito: “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra”.

Para sermos efetivos como pais, precisamos respeitar a Bíblia, ser o referencial e ser o mapa de como se comportar como cristão.

Quando nascemos de novo, somos todos homens de Deus, mas imaturos e Deus não quer isso, por isso Ele lhe deu as Escrituras. A palavra “perfeito” se trata de maturidade, quando penso em amadurecimento não penso que é algo que cai do céu, mas é algo que você faz com esforço e dedicação e você precisa considerar a Palavra de Deus para amadurecer.

Quando você chega nesse patamar que a Palavra de Deus é mais importante do que qualquer coisa, você chegou numa posição de amadurecimento espiritual. No meu celular tem umas 15 versões da Bíblia, é interessante que temos hoje muitos mecanismos para crescer espiritualmente, diferentemente dos homens que viveram antigamente. Deus faz uma geração para trabalhar para outra.

Eu dou graças a Deus pelos livros da nossa Editora Rhema Brasil Publicações, mas nada substitui a Bíblia. Quando você assimila a Palavra de Deus e tem consideração profunda dela, as coisas serão diferentes em sua casa, no seu trabalho, aonde você for, você vai ter a liberdade de viver uma vida cristã autêntica. Valorize a Palavra!

Em Salmos 78.5-8 está escrito: “Ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, e ordenou a nossos pais que os transmitissem a seus filhos, a fim de que a nova geração os conhecesse, filhos que ainda hão de nascer se levantassem e por sua vez os referissem aos seus descendentes; para que pusessem em Deus a sua confiança e não se esquecessem dos feitos de Deus, mas lhe observassem os mandamentos; e que não fossem, como seus pais, geração obstinada e rebelde, geração de coração inconstante, e cujo espírito não foi fiel a Deus”.

A sinalização de Deus para as gerações era que os pais ensinassem os seus filhos, tanto que existem muitas recomendações no Velho Testamento.

Nós como pais devemos ensinar os nossos filhos no caminho que eles devem andar. Você deve falar a Palavra na sua casa, para que as pessoas da sua casa possam colocar a confiança delas em Deus.

Jesus comprou uma vida abundante para nós, não devemos ser negligentes em relação a isso e deixar que outras pessoas tomem as rédeas das coisas em sua casa.

Jesus viveu 3 anos e meio com seus discípulos, eles passaram por coisas e parece que no momento seguinte eles não tinham aprendido nada e é assim conosco, algumas vezes, por isso é sempre bom voltarmos aos fatos que Deus foi bom conosco.

“Ora, aconteceu que eles se esqueceram de levar pães e, no barco, não tinham consigo senão um só. Preveniu-os Jesus, dizendo: Vede, guardai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes. E eles discorriam entre si: É que não temos pão. Jesus, percebendo-o, lhes perguntou: Por que discorreis sobre o não terdes pão? Ainda não considerastes, nem compreendestes? Tendes o coração endurecido? Tendo olhos, não vedes? E, tendo ouvidos, não ouvis? Não vos lembrais de quando parti os cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam eles: Doze! E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Sete! Ao que lhes disse Jesus: Não compreendeis ainda?” (Marcos 8.14-21).

Eu gosto quando Jesus faz perguntas e aborda seus discípulos, Ele dava condições para eles terem uma fé mais robusta, isso mostra uma coisa importante para nós, não basta estarmos só na igreja, temos que ter um coração disponível para Deus, estamos na igreja para sermos despertados para saber quem Deus é. Não adianta só falar, mas crer com o coração que a Palavra é absoluta, quando chegamos nesse nível começamos ver em atuação alguns dons e algumas coisas que acontecem na nossa vida. 

Quando chegamos a um tempo de uma convicção tão grande, não precisamos fazer força, a coisa simplesmente acontece, isso é para nós que somos crentes, portas se abrem para nós, pessoas irão nos abençoar sem saber o porquê, só porque você age em fé, o dom da fé se manifesta na sua vida.

Precisamos ter essas experiências com Deus, você passa a ser inspiração para outros. Levantar essa igreja não foi fácil não. Levantar o terreno, construir a igreja, mas a fé de um povo do interior da Paraíba construiu isso aqui, você precisa ver a inspiração que sai desse lugar para outros lugares. Temos 424 igrejas, cada uma mais organizada do que a outra, se acontecer aqui, pode acontecer lá, se aconteceu no deserto, pode acontecer hoje aqui, Deus é inspirador e quer trazer essa concepção. 

Quando você começa a pensar como a Palavra de Deus diz, você fica firmado com seus pés na rocha, essa firmeza é algo construído. Não olhe para a vida de ninguém, olhe para a Bíblia e, assim, você será diferente no meio da multidão. Para o que Deus quer realizar em nossas vidas, precisamos dar respostas a Ele.

Quando você pega essas verdades de forma absoluta, você enfrentará problemas, você pode escolher se sentir um miserável, um nada diante das circunstâncias ou você pode assumir a Palavra e tomar controle da situação, sabendo que Ela funciona em todo tempo nas nossas vidas. Deus sempre tem um escape e nos conduz em triunfo.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA