Você não nasceu para fracassar

Postado em
0

por João Roberto

Tem muita gente fora do propósito e não é por causa de Deus não, mas por causa de uma resposta que Deus está esperando. Nós que damos esse “start”, essa partida.

Deus já fez, o primeiro passo foi Deus que deu. Devemos dizer “sim” ao propósito de d’Ele!

Em Isaías 46.9-10 está escrito: “Lembrai-vos das coisas passadas da antiguidade: que eu sou Deus, e não há outro, eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim; que desde o princípio anuncio o que há de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade”.

Deus está se apresentando, Ele tem a conclusão das coisas, no começo Ele anuncia o fim. Ele já sabe o propósito, a finalidade. Se você foi concebido e está vivo, esse é o seu começo, mas antes do começo Ele já viu o seu fim. Existe um fim para o planejamento de Deus!

Em Gênesis 25.21-23 está escrito: “Isaque orou ao Senhor por sua mulher, porque ela era estéril; e o Senhor lhe ouviu as orações, e Rebeca, sua mulher, concebeu. Os filhos lutavam no ventre dela; então, disse: Se é assim, por que vivo eu? E consultou ao Senhor. Respondeu-lhe o Senhor: Duas nações há no teu ventre, dois povos, nascidos de ti, se dividirão: um povo será mais forte que o outro, e o mais velho servirá ao mais moço”.

Deus disse para Rebeca que tinham duas nações no ventre… Ele já vê o fim antes do começo. Deus já sabe a finalidade e o propósito desde a sua concepção, não é coisa pequena ou fraca. Deus chama as coisas que não são como se já fossem. Ele já tem conhecimento do fim. Muitas vezes, somos enganados por Satanás. Deus não fez ninguém para o fracasso, para ser dominado ou derrotado.

Deus colocou o ser humano para ter domínio, para ser cabeça e não cauda, para estar por cima e não embaixo. Há uma plenitude para você no plano de Deus, Ele é um bom Pai e não quer ver seus filhos fracassados

Muitas vezes, nos acomodamos em coisas fáceis, mas isso é covardia. Tem uma obra de Satanás nisso aí, não devemos ser vítimas dele. Assim como Deus trabalha para trazer fé e confiança, o diabo trabalha para trazer medo e timidez. Eu declaro fortalezas destruídas em nome de Jesus! Que todo sofisma, argumento falso, seja destruído. Você pode pular fora dessa prisão e aceitar o plano de Deus ao seu respeito. Nunca diga “não” a uma oportunidade vinda de Deus.

Deus não criou nenhum ser humano para ser serviçal, mas para o domínio, esse era o projeto original de Deus, ampliar a nossa voz. Isso não é o que Satanás quer que você saiba e ele vem com mentiras. As setas de Satanás vêm logo cedo para nos marcar com fraqueza, medo, timidez e desvios de comportamento, como a inveja. Deus, quando permitiu a sua concepção, viu o Seu fim, que é glorioso. Deus o vê ousado e capaz. Ele não criou ninguém para o fracasso. Você precisa acreditar que Deus não mente ao seu respeito. Se Ele diz, vale a pena dar crédito. 

Em Gênesis 17.1-2 está escrito: “Quando atingiu Abraão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente”.

Essa palavra, “extraordinário”, foi usada em uma aliança com Abraão. Você sabe o que significa extraordinário? Antes, precisamos considerar também o que significa a palavra “ordinário”, que é uma pessoa comum, igual a outras. Deus não o chamou para você estar na média, Ele não o vê mediano, mas extraordinário. Nós somos o fim que Deus viu em Abraão. Somos abençoados com essa bênção do extraordinário. Deus escolheu muitos jovens, como Davi, José e Daniel. Um chamado com resultados extraordinários requer como base uma estrutura de valor, devemos nos despojar do velho homem e sermos transformados no novo. 

José era um filho excelente, você pode começar bem onde você está, fomos criados para boas obras. Não seja relaxado em casa com seus pais e pensando lá na frente em ser um ministro excelente. A excelência começa onde Deus nos alcança. Seja excelente no trabalho também, o salário não deve ser a sua motivação, mas o propósito. Não espere entrar no ministério para ser excelente. José, até como preso, foi excelente, era um amigo excelente para os colegas na prisão. Ele estava limitado na cela, mas isso não o limitou no ser extraordinário no serviço. Solte o ordinário e abrace o extraordinário. Diga: “Eu posso, eu sou e eu tenho!”. Precisamos da base da consagração para isso acontecer. 

Davi, antes de ser rei, foi tangedor, tocava instrumentos e era extraordinário tocando. Os demônios não suportavam o toque de Davi e ele ainda não era rei, não estava na plenitude do projeto que Deus tinha para ele.

Não negligencie o seu presente por expectativas para o futuro. O que tem nas suas mãos? Seja extraordinário! 

Daniel, antes de ser governador, era um jovem que foi tirado da sua terra e levado como prisioneiro para servir outro reino. Ele decidiu não se contaminar, mas ser extraordinário na sua santificação. Não relaxe no seu presente, pois seu chamado já está acontecendo agora. Seja excelente, seja extraordinário. Daniel foi encontrado com uma sabedoria sobrenatural!

Mas, agora, o que dizer de Saul e Sansão? Porque Deus não os criou para o fracasso ou para serem dominados. Sansão fracassou, mas isso não estava no projeto de Deus. Isso aconteceu porque ele foi negligente, não foi guardião do seu coração e do propósito. Apesar de ser poderoso na sua força, foi relaxado na vida moral. Precisamos ser sérios na consagração, precisamos corresponder ao Senhor. A santificação é a resposta ao compromisso que temos com Deus. 

Não acredito que Deus tinha aquele fracasso para a vida de Saul, mas ele foi irresponsável, deixou altivez e orgulho entrarem na sua vida. Começou a ser vaidoso com o poder que Deus concedeu a ele e também não reconhecia mais o profeta que Deus levantou. Seu sucesso não pode fazer você rejeitar o seu líder. Guarde a sua paternidade espiritual. Ser extraordinário é respeitar a sua liderança também. Por Saul ser negligente, o Espírito se ausentou dele.

Ter um chamado excelente ou extraordinário no futuro, tem muito a ver com como você age hoje!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA