Seja cheio do Espírito

Postado em
0

por Klycia Gaudard

Muitas vezes, não sabemos o que fazer e acabamos nos perdendo no nosso propósito. Quero mostrar um pouco da história dos irmãos Wright e de Santos Dumont. Esses três homens, no início do século passado, desenvolveram o avião.

Vocês sabiam que o primeiro avião que saiu do chão não tinha nenhuma máquina para auxiliar a fazer os cálculos? O que faz uma pessoa desejar fazer esse tipo de coisa? Empenhar tempo em algo que acreditaram que era possível?

Quando os irmãos Wright eram pequenos, o pai deles era pastor e viajava muito pregando o Evangelho e supervisionando igrejas. Um dia, ele trouxe um brinquedo que parecia um helicóptero e, quando jogou o brinquedo, os meninos ficaram impressionados, pois o brinquedo ficava um tempo no ar antes de cair no chão. Eles despertaram, desde então, para a mecânica. Eles acabaram abrindo uma loja que tinha uma máquina para fabricar jornal, depois uma loja de bicicletas. Porém, a paixão pela mecânica fez com que eles fabricassem as próprias bicicletas, mas sempre com interesse em fazer máquinas que voassem.

Ideias vêm através de estudar o que está sendo feito por aí. Eles pegaram o dinheiro que ganhavam com as bicicletas e investiram em criar uma máquina que voasse. Um brinquedo trouxe uma curiosidade e aquilo despertou um desejo de montar e desmontar. Primeiro veio a máquina do jornal, depois a bicicleta. Talvez, quem os conheceu crianças quando olhava para eles querendo criar um avião achava que eles eram doidos. As pessoas podiam ver somente uma fase daqueles irmãos.

As pessoas só vão entender o que tem dentro de você, quando você conseguir realizar, quando tiver sucesso.

Quando nascemos de novo temos um propósito para a nossa vida. Deus tem planos para nós. Ele deseja que façamos coisas e que avancemos na nossa vida. Precisamos identificar que coisas fazer e não parar no meio do caminho.

Em Hebreus 12.1, está escrito: Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta”.

O autor de Hebreus diz o que precisa ser feito e que precisa ter velocidade. Uma das coisas que nos atrapalha é o pecado. Uma corrida não começa quando um atleta passa rápido na sua frente. A corrida começa com a preparação, com uma boa largada. Não é só a corrida em si. Perseverança é não desistir no meio do caminho. Na preparação, você precisa entender aonde você vai correr. Todos nós, quando nascemos de novo, temos um propósito. Independente se você tenha chamado no ministério de socorros ou nos cinco dons ministeriais, você vai precisar desenvolver algumas coisas dentro de você. 

Enquanto eu e você ficarmos mornos, não teremos motivação e entendimentos suficientes. Ter um propósito na nossa vida nos livra do caos. A organização vai auxiliá-lo a fazer as coisas mais rápido. Ter propósito faz você sair mais das redes sociais, pois você sabe que tem coisas para fazer.

O propósito de todo crente é o ministério da reconciliação

Deus precisa de profissionais cheios do Espírito Santo inseridos na sociedade para influenciar pessoas. O propósito de todo crente é o ministério da reconciliação e nós vamos usar as nossas carreiras, os nossos talentos, a nossa profissão para que isso aconteça, para que isso seja possível. A unção que você carrega vai ser demonstrada através de você, mesmo que você esteja vivendo uma fase difícil. Dentro de você existe uma coisa que as outras pessoas não têm. As pessoas não sabem o que você sabe. Não ache que isso é comum para todo mundo. Entenda que o poder da Palavra não é substituído por nada. A Psicologia hoje para mim é uma ferramenta para reconciliar pessoas com Deus.

Você é especial porque você é filho de Deus. Numa situação de perigo, substâncias são liberadas no nosso corpo, uma delas é a adrenalina. Você foge ou avança e luta, e isso é o ímpeto numa situação de risco. Pedro, quando Jesus ia ser preso, cortou a orelha do soldado. Moisés, quando viu judeus sendo espancados, matou o egípcio e isso foi ímpeto. Ser impetuoso não quer dizer que você é aquilo. Um dia você recebeu uma palavra e deu essa palavra, mas isso não quer dizer que você é um profeta, mas um vaso para que pessoas sejam alcançadas. Todos nós podemos profetizar, como filhos podemos fazer isso para alcançar pessoas.

Quando eu e você temos um propósito, existem coisas que precisam ser amadurecidas. Tem coisas dentro de nós que nos fazem sentir revolta, indignação e isso pode estar relacionado com seu propósito. Perceba isso, mas não seja impulsivo para resolver.

Uma corrida precisa de preparação. Se a gente começa a correr sem preparação não chegamos a lugar nenhum. Você precisa reconhecer as informações dentro de você. Invista nisso, pois isso está relacionado a preparação da sua corrida, e ela envolve estudo.

Em I Timóteo 4.12-16, está escrito: Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. Até à minha chegada, aplica-te à leitura, à exortação, ao ensino. Não te faças negligente para com o dom que há em ti, o qual te foi concedido mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas e nelas sê diligente, para que o teu progresso a todos seja manifesto. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes”.

Paulo dá um conselho importante a Timóteo, que ele tem um propósito e que ele precisava lembrar disso e não desanimar. Nós precisamos estar inseridos no meio das pessoas. Você faz isso através da escola, faculdade, trabalho, no sinal de trânsito, na padaria. Para isso, você precisa ser guiado pelo Espírito, para entender o tempo e o modo. Representando o amor de Deus em todos os lugares, lembre-se do seu propósito de reconciliar pessoas com Cristo. Vamos ser aquilo que Deus nos chamou para ser: um crente cheio do Espírito.

Toda mudança é um aprendizado

Se você aprende estratégias para dominar a carne na igreja, você faz automaticamente dentro da sua casa. 

Você não pode ficar levando em conta as críticas. Pessoas, muitas vezes, fazem isso para desestimulá-lo. Não negligencie que você tem talentos e dons. Use isso para dar bom testemunho da Palavra. Seja o melhor naquilo que você está fazendo. Você tem algo precioso para fazer para o Senhor. O primeiro motivo, como cristãos, é reconciliar pessoas com Cristo. Cuidado para que a rotina não consuma você e você se torne insensível à necessidade das pessoas. Não fique dormente. Qual o talento que você tem? 

Você pode fazer algo com o seu talento hoje. Não coloque empecilhos naturais no sobrenatural de Deus em nossas vidas. Deus pode lhe dar acesso a pessoas influentes. Mantenha aceso, dentro de você, o que brilha nos seus olhos. Seja intenso naquilo que você está fazendo! Esteja preparado e não impulsivo. Se envolva em algum departamento. Seja o melhor lá fora. Seja envolvido no seu propósito. Sendo cheios do Espírito, seremos bênção para as pessoas!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA