Renove a sua mente

Postado em
0

por Suellen Emery

Nós sabemos e ouvimos as verdades da Palavra; no entanto, algumas vezes nos encontramos distantes dessas verdades, pois elas se encontram adormecidas dentro de nós.

A renovação da nossa mente é um trabalho constante. Precisamos estar, diariamente, meditando, declarando, lendo e voltando para as mesmas verdades da Palavra de Deus. Eu estudei no Centro de Treinamento, que hoje é o Rhema, porque entendi a importância do que é ensinado. Quando falo de sua importância, não me refiro ao nome da Escola em si, mas às grandezas do que aprendemos nela. Eu, por exemplo, precisava aprender sobre a autoridade do crente.

Quando me converti e comecei a estudar nessa Escola, havia a necessidade de conhecimento dentro de mim, pois vim de uma família espírita kardecista. Eu me converti aos 15 anos, então não cheguei a ter tantas práticas do espiritismo, mas quero destacar sobre o quanto o Rhema traz verdades da Palavra. Lá, pude aprender como exercer a autoridade que me pertence no mundo espiritual. Você precisa estudar a Palavra!

Quando comecei a estudar, eu sentia medo em relação a algumas questões sobrenaturais, pois não sabia como agir diante das manifestações espirituais que não vinham de Deus e aconteciam perto de mim. Algumas perguntas vinham à minha mente e eu não tinha resposta sobre essas coisas. Mas os meus olhos foram abertos à medida que eu crescia no conhecimento da Palavra.

Lembro que, uma vez, eu cheguei em casa após uma das aulas e havia muita pressão do diabo contra mim devido ao medo. Então, abri a porta de casa e entrei. Eu sentia aquela presença de alguém me acompanhando (isso já ocorrera outras vezes). Eu me via amedrontada. Nesse dia, porém, eu fiquei com tanta raiva que virei e disse: “Satanás, o medo não vai me dominar! Eu repreendo você e mando toda essa atmosfera de medo embora, em nome de Jesus!”. Então, aquela atmosfera foi embora e aquilo passou. Imagina se eu não tivesse exercido autoridade naquele dia. Eu poderia ainda estar tomada pelo medo.

Em um de seus livros, o irmão Kenneth E. Hagin conta que teve a visão de um demônio como um macaco, que fazia muito barulho. Esse demônio se colocou entre ele e a visão de Jesus — enquanto Jesus estava falando algumas coisas — impedindo que ele ouvisse o Senhor. Então, chateado com aquela situação, ele expulsou o demônio daquele lugar e perguntou a Jesus se Ele não havia percebido o demônio e o porquê dele não ter feito nada. Jesus, então, respondeu que Ele já havia dado autoridade ao irmão Hagin para expulsar aquele demônio, ele quem deveria fazê-lo.

Isso mostra que somos nós que precisamos fazer algo. Às vezes, culpamos Deus por não fazer nada, enquanto é a nossa responsabilidade fazer. Nem sempre gostamos disso, mas, na verdade, Deus já fez tudo e nos deu a autoridade pelo nome de Jesus para manifestar as bênçãos d’Ele!

Nós já somos abençoados na vida espiritual, mas e na vida natural? Depende de nós desfrutarmos dessa vida gloriosa que Deus nos deu. Nós já somos abençoados no presente. Não é algo apenas para o futuro. Contudo, precisamos ficar conscientes disso diariamente, tendo conhecimento dos nossos direitos: quem somos e onde estamos em Cristo.

Estamos assentados com Ele em um lugar de autoridade! Nós estamos em Cristo, então o que Ele conquistou nos alcança em todos os âmbitos da nossa vida, seja financeiro, sentimental, físico, etc. Muitas pessoas têm sofrido no âmbito da alma, porém precisamos separar o espírito, alma e corpo para entendermos o ser humano. Somos um ser espiritual. A nossa alma está cheia de sentimentos; porém, o espírito habita nesse mesmo corpo, onde a alma se encontra.

Você pode passar a vida sofrendo com os sentimentos e, contudo, ser salvo, mas você pode desfrutar das bênçãos que estão prontas para você, colocando em prática o conhecimento da Palavra. Podemos ter muito conhecimento, mas se não praticarmos o que conhecemos, viveremos em derrota.

“E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (I Tessalonicenses 5.23).

Aqui diz que o espírito, alma e corpo serão conservados ou mantidos… Quem vai manter? Sou eu, que moro nessa casa que é o corpo! Se eu chegar em minha casa física e buscar colocar as coisas no lugar, ela permanecerá limpa. Cada um precisa dar conta da sua própria casa. Preciso manter a minha vida sadia e irrepreensível diante do Senhor Jesus Cristo, e você a sua. Não é apenas durante um mês, mas constantemente!

Uma outra experiência que quero compartilhar sobre a renovação da minha mente pela Palavra é a seguinte: eu estava no carro, no trânsito, prestei atenção e tinha um rapaz pedindo dinheiro. Ele veio em minha direção e eu não quis subir o vidro na hora para não demonstrar o medo. Ele me pediu dinheiro, eu disse que não tinha e ele estava com um canivete na mão. Então, ele perguntou por minha bolsa, que estava no banco ao lado. Naquela hora, me veio uma raiva do diabo, então eu disse com autoridade: “A bolsa é minha, então saia em nome de Jesus!”. Ele foi embora.

Precisamos estar conscientes dessa autoridade em Deus. Somos triunfantes em potencial, mas estamos sendo na vida real?

No livro de Salmos 119.130, fala que: “A entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices”. Se você decidir cursar o Rhema, naquilo que você tem dúvida, você vai ser esclarecido.

Quando a Palavra é ensinada, até os ingênuos são esclarecidos. Foi o que aconteceu comigo. Na medida em que a Palavra era ensinada, eu era esclarecida. A exposição à Palavra de Deus trouxe luz e entendimento. Eu não tenho dúvida nenhuma sobre a mentira que é a reencarnação, por exemplo, porque conheço a verdade da Palavra de Deus! Estamos com Cristo nas regiões celestiais. Nós estávamos mortos e existe um curso em que o mundo está andando; porém, desse curso, não é Deus quem está no controle.

As pessoas até falam que Deus está no controle de tudo, mas se fosse Deus, o mundo não estaria nessa desordem. Ele não está no controle de tudo no mundo. Existe uma forma certa para que Deus esteja no controle da nossa vida: orando e dando ações de graças. Se estamos orando por alguém, precisamos ter paciência para que o fruto apareça, e precisamos continuar rendendo graças.

Lembre-se de que nós andávamos no desejo da nossa carne e, às vezes, ainda estamos andando. Porém, quem deve governar agora é o nosso espírito. Quando nascemos de novo, mudamos de Reino e de Rei, por isso precisamos andar nessa nova realidade.

Antes fazíamos a vontade da carne e dos pensamentos; porém, isso é passado. Parece que às vezes estamos andando em derrota. Você acha que vai andar triunfante andando sob os seus sentimentos e pensamentos? Não! Quando nosso espírito está dominando, a nossa carne vai estar submetida à Palavra de Deus, assim como os nossos pensamentos.

Quando, porém, a carne está dominando, estamos sempre caindo e presos na mesma situação. Algumas vezes, estamos culpando o diabo, mas na verdade nós quem deveríamos estar dominando. Nós mesmos estamos nos enrolando, deixando a nossa vida complicada e prejudicada.

“Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas” ( Tiago 1.21).

É interessante ouvir isso: “acolher com mansidão”. Pensamos que precisamos estar muito calmos para receber a Palavra de Deus. Porém, o que a Bíblia quer dizer é que o nosso coração deve estar aberto para receber, assim acolhemos, porque entendemos que é de Deus. Devemos acolher a Palavra com atenção e com temor.

A nossa alma precisa ser renovada com a Palavra de Deus e isso é um trabalho constante. A Bíblia nos ensina tudo. Naquilo que você tem fraqueza ou necessidade, você precisa estudar a Palavra!

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4.8).

Deus está nos instruindo para colocarmos a Palavra na nossa mente; assim, na hora que a circunstância vier, você saberá o que fazer. Existe uma realidade espiritual e que precisamos estar conscientes em todo o tempo. Estamos em uma posição de autoridade. Quando não estamos conscientes dessa realidade, nos desesperamos e não sabemos o que fazer com a notícia.

A pessoa espiritual que eu sou, precisa submeter a minha carne à Palavra para que, assim, eu possa desfrutar de tudo o quanto Deus já me abençoou. Sou eu quem mando na minha carne. Deus não vai lhe impedir de fazer algo ilícito, mas virá a colheita. Seja uma decisão boa ou ruim, teremos a colheita.

É difícil manter o corpo e os nossos pensamentos organizados, isso dá trabalho – é verdade – porque o corpo e a mente estavam acostumados a fazer o errado antes. Porém, é preciso alinhar os nossos pensamentos através da renovação da nossa mente, colocando as verdades da Bíblia para dentro. O pensamento certo expulsa o errado. Ouça os mesmos ensinos da Palavra, embora não seja fácil.

Uma vida desgraçada é uma vida de pecado. Uma vida gloriosa requer uma mudança de atitude. Algumas vezes, pensamos que o que a Palavra nos pede para fazer é ruim ou antiquado; porém, os limites que Ele nos impõe são livramento. São verdades que nos libertam, salvam e livram do sofrimento. Se você se deparar com alguns limites da Palavra, decida obedecê-la e, assim, você se colocará no lugar de Igreja triunfante. Naquilo que você conhece e não pratica, você acaba sendo prejudicado pelas circunstâncias da vida, e não por Deus!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA