Sacerdotes do lar – Parte 2

Postado em
0

blog_dentro_sylviaSabe por que, às vezes, nos faltam habilidades, palavras e condições de lidar com algumas dificuldades? Porque tiramos os olhos do lugar certo. Quando desviamos a visão, nós desviamos a rota. Você não pode andar para a direita, com os olhos focando a esquerda. Se assim fizer, não sabe onde vai chegar.

Você tem que alinhar os seus pés à sua visão. Você precisar parar de andar sem propósito. Isso já não faz parte da nossa vida mais.

Deus criou o homem suprido, provido e sem falta de nada. E é exatamente assim que Ele lhe vê. A Bíblia diz que Adão deu nome aos animais. Adão pôs todas as coisas para funcionar de acordo com o que Deus havia determinado.

Adão começou a funcionar bem até que um dia bagunçou tudo. Isto porque parou de dar ouvidos ao propósito de Deus.

Seria muito bom se nós começássemos a avaliar a nossa vida:

Como nós estamos vivendo?

Nós estamos produzindo aquilo que Deus espera de nós?

Estamos vivendo de acordo com os propósitos de Deus para a nossa vida?

Estamos vivendo à altura daquilo que Deus confiou em nossas mãos?

Como você se vê?

Deus não quer que você se veja como uma formiga, como uma pessoa incapaz, impotente, como alguém desarticulado e sem autoridade.

Eu tenho ensinado a meu filho caçula, Daniel, algumas coisas que certamente ele teria que aprender com o pai. Mas, o pai dele não está mais aqui. Com isso, eu descobri, por muitas razões, como é importante a voz.

Eu digo para ele estufe o peito e levante a cabeça. Meu filho vem chorando e dizendo: “Mamãe ele disse que eu sou chato e feio”. Eu falo: “Qual é o problema? Você é?”. Ele disse: Não. Logo eu falo: “Então pronto, deixa para lá”.

Amado, se o que os outros dizem que você é, não corresponde ao que Deus falou, jogue fora. Aprenda a dar ouvidos a voz do Senhor. Ao que Ele está falando com você.

Se você soubesse o poder que a sua voz tem dentro da sua casa… Hoje, os meus filhos estão aprendendo que a minha voz manda. Mas, nos primeiros dias após o falecimento do meu esposo, eu estava falando com meu filho: “Daniel, está na hora”. E ele respondia: “Já vou”. Então, falei pela segunda vez. E ele retrucou: “Mãe, eu já vou”.

Já na terceira vez, falei:” Você disse que ia e não foi”. Então, ele gritou: “Quem disse que eu tenho que ir agora?”. Respondi: “A minha chinela e eu”. Aí, ele foi!

Sabe por que ele reagiu assim? Não é porque ele é rebelde. Mas, faltava a outra voz. Antes, quando eu dizia: “Ei, está na hora,todo mundo para a cama!”. A outra voz (do meu marido) dizia: “Sua mãe já falou, então vá!”. Aí eles iam.

Então, sabe por que ele falou: Quem disse? Porque faltava a outra voz que cobria a minha voz, que colocava ordem na bagunça.

Homem, quando a sua voz é levantada dentro da sua casa e essa voz tem as palavras certas, você vai produzir muitas coisas novas para sua vida e família.  Essa voz tem poder de fazer a semente que está semeada germinar.

Hoje em dia, eu me lembro muitas vezes de algumas coisas e eu uso isso a meu favor. Eu digo: “Você lembra-se do que o seu pai falou? Faça agora mesmo!”. E isso continua funcionando.

A sua voz tem o poder de afetar a sua família inteira. Eu sei que como crentes o poder da vida e da morte afetam a nossa vida. Aquilo que a pessoa fala, ela vai ter, mas, como sacerdote da sua casa, você é o representante da sua família diante de Deus.

Um sacerdote cumpre dois papéis. Na Velha Aliança, ele intercedia pelo povo de Deus, mas, na Nova Aliança, além de intercessor, ele é adorador. Ele reconhece o governo que vem de cima sobre a sua vida e se rende a voz que está acima dele.

Ele é aquele que ouve e comunica aquilo que recebeu. Como chefe da sua casa, você deve ser um homem inspirado por Deus, que sabe para que lado o vento está soprando e, por isso, poderá conduzir a sua família triunfantemente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA