Conselhos dos missionários – Parte 2

Postado em
0

pela Agência de Missões 

Confira mais uma sequência de conselhos dos nossos missionários agenciados que estão servindo em várias nações:

“Ter um coração aberto para o novo de Deus! – Nenhuma escola do mundo vai lhe ensinar a estar no campo até que você esteja. Na verdade, você só irá aprender a ser um missionário na prática, no dia a dia.

Paciência – Pensar em voltar, desistir, não deve ser uma opção. Saiba esperar no Senhor, o tempo e o modo Dele para as coisas acontecerem. Se achas que está demorando para acontecer, não quer dizer que Deus não está aprovando a sua missão. Ir ao campo tem a hora certa – Entre o chamado e a ida, pode haver anos. Não se precipite.

Esteja sensível a todas as sinalizações de Deus – Se Ele te falou uma vez, é certo que vai confirmar de muitas formas diferentes. É muito importante esperar o tempo certo, pois Ele não nos deixa enganados, não se atrasa e nem se adianta!

Relaxe – sem stress – Deus não está alheio. Nada passa despercebido aos Seus olhos. Verdadeiramente Ele cuida de nós! Confie, inteiramente, n’Ele e seja, em todo tempo, guiado pelo Seu Espírito! Faça o possível e o impossível deixe com Papai!”  

(Lisiane Sathler Butilheiro – Porto/Portugal)

“O trabalho com as mãos quebranta o coração – Acredito que muito mais que inteligência, conhecimento e habilidade é a força e a coragem para executar com as mãos aquilo que está no papel ou na nossa boa intenção. Nem todos gostam de passar pela fase do realizar. Caso você queira ver crescimento na sua vida e na vida de outros, submeta-se ao trabalho com as mãos sempre que for necessário.

Existem excelentes benefícios em ser bom com as mãos e o principal deles é o quebrantar do coração. Uma das coisas que aprendi em minha jornada como filha de Deus é que se eu não estou pronta para compartilhar toda minha vida com Ele, incluindo o meu serviço mais simples no Corpo de Cristo, eu também não estou pronta para ser um bom exemplo e nem referência para ninguém. Nunca deixe de ensinar as pessoas com seu exemplo. Seja o primeiro a colocar a mão na massa!”

(Evana Melo – Luanda/Angola)

“Priorize seu relacionamento com Deus.

Seu relacionamento com Deus é a coisa mais importante. Independente de quão difíceis e corridos sejam os dias, lembre-se que você não foi chamado para ser um ministro profissional. Não é apenas acerca de cumprir uma tarefa, de alcançar números e de ostentar uma imagem diante das pessoas. O cerne da sua missão está em manter-se com o coração conectado com seu Pai Celeste, diariamente, através da oração e meditação da Palavra. É d’Ele que virá as inspirações e direções. Ele é quem o sustentará e o energizará para aquilo que te predestinou.

Quando o seu foco não é Cristo, após a euforia das coisas efêmeras tudo será motivo por insatisfação. No campo haverá dias intensos, como também dias tremendamente monótonos, porém o manter-se contente, grato e entusiasmado dependerá desse relacionamento vibrante com o Espírito Santo. Você deve manter-se consciente de que sua identidade está em ser filho de Deus e não em algo transitório.

Pois caso você tenha que um dia deixar tudo para trás, isso não o afetará, porque você sabe quem você é, isto é, filho de Deus, e isso é à parte da região que você está, do que venha possuir, ou até mesmo realizar. Firme-se nessa verdade e você estará imune às expectativas, elogios e críticas dos homens e até mesmo de suas próprias pesadas cobranças.”

(Jefter Kashiwakura – Tóquio/Japão)

“Aprender a língua e a cultura do país

Aprender a língua e a cultura do país ao qual você é chamado é primordial para transmitir as Boas Novas. Como Paulo disse:

Fiz- me tudo para todos.”

 

(Ronnie Princi – Paris/França)

 

Família

Aos casados: não troque a prioridade da família por algum sonho ou projeto, é a família que em primeiro lugar suporta os sonhos e acredita nos projetos.

Dedique tempo ao relacionamento conjugal; desenvolva amizade com os filhos (na maioria das vezes, eles demoram a fazer novos amigos).

(Davi Fenner – Braga/Portugal)

Expectativas em Deus

Aprecie todas as coisas, guarde seu coração sempre, mantenha bons relacionamentos e não eleve expectativas demais sobre o que irá vivenciar.

Mas mantenha uma certeza interna: que Deus vai sim superar na sua bondade e fidelidade dentro do chamado te fazendo feliz e próspero em tudo.

(Leila de Barros – Lisboa/Portugal)

“Tenha certeza absoluta que tem a chamada missionária, ore e escreva a visão; 
O melhor será você sair com suporte financeiro e suporte em oração;
Levante 
amigos honestos antes de ir ao campo, para ajudá-lo em ocasião oportuna;
Seja corajoso e paciente com você e com o povo ao qual você foi chamado;
Não permita que suas frustrações saiam pela sua boca;
Seja guiado e sempre tenha expectativas de portas abertas para você. E agradeça a Deus por isso, sempre, sendo uma realidade na sua vida e ministério;
Respeite outros ministérios, sendo sempre cordial com eles; 
Se possível, visite o lugar que você tem a chamada, para que você possa ter um pouco melhor de conhecimento da cultura e em especial da vida diária das pessoas;
Seja humilde;
Mantenha uma vida de oração sadia;

Ame!”
(Tânia Potter – Inglaterra/Reino Unido)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA