Dízimos e ofertas

Postado em
0

por Bud Wright

*Trecho do livro “O melhor desta Terra”

Dar é uma forma de prosperar. Também precisamos abordar o tema dos dízimos e das ofertas porque são princípios bíblicos para nossa prosperidade. As pessoas pensam: “ah! Dízimos e ofertas eram coisas da época da lei. Não é verdade! Abraão deu dízimos antes mesmo de a lei de Moisés ser estabelecida”.

No Antigo Testamento, os dízimos eram destinados a servir de mantimento na casa do Senhor e para manter os sacerdotes. Você não verá no Novo Testamento os apóstolos dizendo que não é preciso dar dízimos, que isso mudou. É claro que não! O mesmo princípio vale para a Igreja hoje. Ou você acha que o corpo de Cristo está errando há mais de dois mil anos?

“Ah, mas também não se fala tão claramente sobre dizimo no Novo Testamento”, alguns dizem. Não fala para eles, porque não querem ouvir. Também pensei dessa maneira errada por um tempo, mas durante esse tempo dentro de mim não havia paz. Minha consciência nunca me permitiu deixar de dar o dizimo. Na verdade, dou mais do que dez por cento quando o Senhor manda.

Você sabia que as igrejas precisam pagar conta de luz e de água; o telefone, a limpeza etc? E que os ministros precisam sustentar a família? Como uma igreja pode ser mantida sem dinheiro? Como vamos enviar missionários sem dinheiro?

Paulo disse que “aquele que está sendo instruído na palavra faça participante de todas as coisas boas aquele que o instruiu” (Gálatas 6.6). Se você está ouvindo a palavra, deve colaborar com quem está lhe ensinando.

A contribuição não acabou na igreja. Ela ainda está valendo porque a Bíblia é a mesma ontem, hoje e sempre. Como pode haver cristãos que vivem procurando meios e justificativas para fugir da responsabilidade de dar o dizimo? Essas pessoas têm problemas! Você precisa ajudar sua igreja a crescer. Deus quer lhe abençoar para isso. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA