Mantenha o que Você Recebeu

Postado em
0

por Bud Wright

*Trecho do livro Receba a sua cura

Precisamos entender que a manifestação da cura nem sempre é instantânea. Há várias histórias na Bíblia em que as pessoas precisaram perseverar na fé, não desistindo diante das adversidades, mas declarando a Palavra de Deus mesmo diante de circunstâncias
adversas, até que a cura se manifestasse. Como Abraão, às vezes é preciso crer “esperando contra a esperança” (Romanos 4:18).

É possível que você esteja pensando: mas receber instantaneamente é melhor. Nem sempre, irmão! Pessoas podem ser curadas, mas se não tiverem o conhecimento da Palavra de Deus, o diabo pode roubar a cura delas e a doença pode voltar, até mais forte.
A Palavra de Deus fortalece e, além de curá-lo, ela o manterá saudável. Se você mantiver a Palavra em sua boca, a proteção de Deus funcionará em sua vida de maneira semelhante a um guarda-chuva.

O irmão Hagin passou cerca de sessenta anos de sua vida sem ter doença alguma. Ele dizia que costumava viajar com uma mala cheia de livros sobre fé e cura, que sempre os lia e meditava na Palavra de Deus antes de dormir, declarando a sua saúde. A manifestação do dom pode    curar, mas é somente a Palavra que o mantém sarado.

Eu declaro todos os dias que estou curado! Sei que o poder de Deus está me sustentando, irmão. Minha fé me mantém vivo, por isso o diabo não pode me matar. Quando eu for “para a glória”, pode ter certeza de que fui eu quem o permitiu, porque já não quis mais continuar aqui nesta terra, irmão.

Se você não se alimentar todos os dias, acabará ficando fraco e morrerá. Do mesmo modo, precisamos alimentar nosso espírito todos os dias com a Palavra. Jesus disse que a Palavra de Deus é como pão diário. Ele disse: “Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus” (Mateus 4:4).

No avivamento de cura que aconteceu nos Estados Unidos entre os anos de 1940 e 1960, muitos milagres aconteceram e muitas pessoas receberam cura instantaneamente, por meio dos dons. Elas saíam pulando e dançando, curadas. Muitas delas, porém, dias ou semanas depois, voltavam a ficar doentes com a mesma enfermidade ou com outros sintomas. Por quê? Porque não foram ensinadas a guardar a cura.

Leia sobre a vida de Jesus. Ele curava, mas também ensinava. Ele gastava tempo ensinando a vontade de Deus, fortalecendo a fé das pessoas. Muitas vezes, Ele edificou a fé dos ouvintes antes de orar por eles. Por isso, fazemos o mesmo no Centro de Cura, dedicando tempo aos pacientes para conversar, aconselhar e até indo visitar alguns deles depois, respondendo às dúvidas e ensinando não só a terem fé para receber, mas para manter a cura.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA