Dar suporte e valorizar o outro

Postado em
0

por Manassés Guerra 

Então, o que você tem a oferecer? E pelo que você está disposto a trocar seu tempo, sua energia e seus recursos para que possa ter mais valor pessoal? Como disse o autor Elton Trueblood, “nós, pelo menos, começamos a descobrir o sentido da vida humana quando plantamos árvores frondosas debaixo das quais sabemos muito bem que nunca nos sentaremos”.

Você não pode dar o que não tem. Assim, quanto mais você crescer pessoalmente tanto mais terá o que oferecer como suporte. Seja um líder ou um liderado, à medida que você cresce e amadurece também aprende a ouvir, a liderar a si mesmo e, depois, a liderar servindo a outros. Você aprende a conhecer e se conectar com as pessoas. Para tanto, é importante escutar os indivíduos da sua equipe, saber suas histórias e sonhos, esperanças e aspirações; descobrir o que tem valor para as pessoas que o seguem. Quando age assim, todos ganham. Servir às pessoas torna puros os seus motivos e o ajuda a ter uma nova perspectiva.

O meu amigo, pastor Flávio Monteiro, certa vez compartilhou acerca de como ele passou a compreender e a praticar o “suporte” em sua jornada de liderança:

Nos primeiros anos da minha jornada ministerial à frente de igrejas, embora eu possuísse um profundo amor pelas pessoas, minha busca determinada pelo crescimento e repercussão trouxe embaraços e exaustão — para mim e para minha equipe. Hoje percebo que com muito menos esforço e sem desgaste algum temos conseguido resultados relevantes e de forma contínua. Onde identifico a diferença? Em manter o foco nas pessoas! A somatória do genuíno interesse, tempo investido, visão compartilhada e desenvolvimento junto às pessoas tem trazido naturais e consequentes resultados que nenhuma estratégia ou dedicação extrema trariam. Algo importante que também percebi foi a necessidade de trabalhar cada membro da equipe de maneira individual, descobrir seus talentos e propósitos, e empregá-los no lugar que de fato funcionassem melhor, no lugar certo, embora aplicando princípios e valores comuns.

Isso foi eficaz e trouxe satisfação. Afinal, fazemos melhor o que fazemos bem! Cada membro da equipe é único por sua criação, personalidade, características e coração. De fato, acredito que cada ser humano é a somatória da sua identidade, propósito e dons; e acredito também que ao desenvolvermos as pessoas, designando-as aos lugares certos, teremos pleno sucesso. As pessoas serão bem-sucedidas, a equipe será bem-sucedida e o líder alcançará êxito.

Extraído do livro 5 PILARES PARA A CONSTRUÇÃO DA LIDERANÇA | Manassés Guerra

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA