Missão, Visão e Valores da Família

Postado em
0

por Cristiano Arcoverde

Hoje, quero compartilhar uma Palavra na qual, muitos versos que vou compartilhar, já devem ser de seu conhecimento no contexto da Igreja, mas eu quero que você passe a observá-los também, no contexto de família. O Ap. Paulo, em 1 Timóteo, diz: “se você não tem cuidado dos seus, especialmente dos da sua casa, tem negado a fé, é pior que o descrente”, ou seja, precisamos ter o olhar pra nossa casa, da mesma forma que temos para nossa Igreja.

Eu sei que nos relacionamentos, nós enfrentamos dificuldades, porém, a questão em si, não é o conflito. O conflito vai mostrar que alguma coisa precisa ser tratada neste relacionamento. É por isso que nós precisamos ser diligentes em casa e com nossa família, assim como somos dentro de Deus. Em Efésios, Paulo faz uma relação direta: “Marido, ame a sua esposa como Cristo amou a Igreja.” e também afirma: “Ah, mulher, respeite o seu marido”, ou seja, Paulo quer dizer é que o homem e a mulher precisam entender esse amor sacrificial.

A unidade dentro de casa precisa ser preservada pelo amor e pelo respeito.

Se a unidade dentro de casa não é preservada por esses princípios, que são tão importantes, haverá uma fragilidade e Deus não está interessado na destruição do seu casamento e da sua família.

Nós ouvimos muito o texto de 1 Corintios 1:10 no contexto de Igreja e Ministério, mas você já parou pra pensar que o Ap. Paulo, falando sobre a Igreja, ele também fala diretamente conosco. Neste capítulo (1 Coríntios 1:10) está escrito: “Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.” 

Um conceito interessante de unidade é a qualidade de ser único, ter o mesmo pensamento e trabalhar pelas mesmas ideias. Todos nós, como família, precisamos entender isso.

Para quem cursa administração e entre outros, já devem ter ouvido falar em missão, visão e valores, mas você já tentou aplicar esses conceitos em sua família? Já se perguntou: “qual é a missão da minha família?”, ou seja, qual o propósito? Outra pergunta que deve ser feita é: “qual é a visão da sua família?”, ou seja, que planejamento você tem para cumprir o propósito. E por fim, “quais são os valores?”, que são os princípios e estão relacionados com o grau de importância que damos aos nossos, aquilo que acreditamos e os exemplos que passamos.

Existe muito conhecimento disponível na Igreja, e muitos tem absolvido, porém, não praticam quando estão lá fora. Se você entender qual a sua missão, visão e valores, você terá um casamento feliz.

Em Efésios 4:1 está escrito: “Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados.” O que Paulo quis dizer é que nós precisamos andar de uma forma digna e sermos dignos em relação a nossas esposas e as esposas, aos seus maridos.

Quando você anda em humildade, você garante o “nós”, mas quando você não tem humildade e deixa o orgulho, quem está falando é o “eu”.

Em Efésios 5:11 está escrito: “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.” Tem gente que se orgulha da personalidade que tinha ou tem, mas isso não é bom e por este motivo, você precisa reprovar essas atitudes.

Para ter união dentro de um lar, é necessário ter esforço. Muitas vezes, você vai fazer o que não quer para garantir a unidade. O seu esforço deve ser qualificado, por isso, preserve a unidade.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA