Homens que aprendem

Postado em
0

por Perilo Borba

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mateus 11.28-29).

Jesus fez dois convites aqui: “Vinde a mim e aprendei de mim”. Quantos já foram até ele?  Quem já foi até Deus por meio de Cristo? O mesmo Jesus que disse vinde a mim, também falou que aprendei de mim. Deus deseja que todos os homens sejam salvos, mas também que cheguem ao pleno conhecimento da verdade. É característica dos homens que aprendem: ser mansos e humildes de coração. Só quando somos assim podemos aprender e permitir ser ensinado.

A mesma graça que o aceitou quando você foi, é ela que vai fazer você aprender de Jesus. Renegar significa negar de novo. Todos os dias precisamos renegar os desejos da nossa carne, desejos que vêm aos nossos pensamentos precisam ser renovados, só assim vamos viver neste século de forma piedosa. A mesma graça que salva é a graça que ensina e nos dá condições de sermos ensinados. Nós trazemos do mundo formas de agir, pensar e lidar com a vida, mas isso eram práticas de quando estávamos escravizados no pecado, hoje somos de uma família real.

Tem gente que é muito difícil de ser ensinada. Um homem que aprende é um homem rápido para ouvir e tardio para se irar.

Muita gente coloca a culpa do seu temperamento em seus familiares, mas você nasceu na família de Deus e seu Pai celestial não é assim. Tem gente que é assim espiritualmente, pois são tardios para ouvir. Um homem que aprende não é um homem teimoso. Ser manso é ser flexível, pensar no que ouviu antes de rebater.

Quando a gente é mais jovem, pode pensar que sabe demais e que sabe mais do que as pessoas mais velhas. Precisamos considerar os mais experientes. Um exemplo para nós é Roboão que foi se aconselhar com os mais velhos dentro do seu povo. O conselho não agradou e ele foi procurar seus amigos que deram um conselho que encheu o seu ego. A história diz que não foi uma coisa boa ele aceitar o conselho dos amigos. Cuidado com o tipo de conselho que você tem aceitado, não aceite só o conselho que levanta seu ego.

Na maioria das vezes, o melhor conselho é aquele que nos confronta, que nos leva a ‘baixar a bola’.

Foi Deus quem disse que eu e você não podemos tomar decisões sozinhos, é preciso consultar a mulher e ter a concordância dela. Quando nossa esposa dá um conselho que nos agrada, não é fácil ouvir? Mas quando ela diz algo contrário, como você reage?

Pode ser que a gente reaja como murmuradores, chamando a mulher de implicante. Na maioria das vezes, ela vai está certa, porque a mulher foi criada para isso, ser auxiliadora e não é bom para nós decidir sozinho. Possa ser que algumas coisas que seus pais, líderes, até sua mulher, digam causem feridas em você, mas são feridas de lealdade, é melhor termos alguém que diga a verdade em nossa cara, do que pessoas falsas que só desejam bajular e agradar. 

*Trechos da mensagem na Conferência de Homens em outubro de 2021.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA