Bastidores da vida familiar

Postado em
0

Suênia Emery

Graduada do Rhema Brasil

Sabemos que a família é um lindo projeto de Deus, e que se soubermos lidar com esse projeto, não passaremos por prejuízos. Eu e meu esposo, Christian, Temos 12 anos de casados, 3 lindos filhos: Hadassa, Nicholas e Abner, e estamos sempre aprendendo em todas as situações. Pois temos um manual a seguir: a Bíblia, ela nos guia em todas as coisas.

Não importa quanto tempo você tenha de casado, mas se você decide colocar em prática aquilo que a Bíblia diz, crescerá com maturidade e uma boa estrutura em seu lar.

Partindo de uma boa parceria e cumplicidade entre o casal, confiança e amizade em tudo. Dessa forma, nós estaremos construindo um lar cristão e ensinando aos nossos filhos no caminho da Palavra. Temos que, mesmo trabalhando fora, estarmos presentes nas tarefas e momentos da escola deles, principalmente trazendo sempre a memória da criança de que Deus é o criador e que nos ama muito.

Não digo que a escola ensina princípios errados para minha filha, mas ela vê o comportamento e as atitudes erradas de outras crianças, e ai repete isto algumas vezes em casa. Mas, quando falamos que aquilo não é de Deus ela aprende rápido e deixa para lá. Pois acredito que essas palavras se tornarão tão reais para a vida deles que se alguém chega para dizer o contrário, eles ficarão firmes no que já crêem, pois foi o pai ou a mãe quem ensinou.  Eles acreditam em seus pais e tem confiança quando nós os ensinamos assim.

Não se esquecendo de dividir seu tempo com filhos e com seu cônjuge, pois algumas vezes podemos desequilibrar essas atenções e negligenciar um dos relacionamentos. Mas, cada um tem sua porção, não esquecendo que seu parceiro precisa de você tanto quanto você dele.

Saibamos dar a atenção correta a ambos, escutemos nossos filhos, pois eles precisam entender que possuem amigos em casa e não somente lá na escolinha.

Pais, conversem, compartilhem as coisas que eles contam a vocês. Achem engraçado como eles contam, se foi algo errado diga para eles dizerem ao coleguinha que isso é feio. Mas, participem da vida de seu filho na escola.

No meu caso e do meu marido, como nós dois trabalhamos fora então dividimos as coisa, ele arruma Hadassa e Nicholas, e eu cuido de Abner, o nosso bebê. No almoço as vezes dividimos para que cada um dê o almoço de uma das crianças…Geralmente Hadassa já come sozinha, mas Nicholas temos que supervisionar sua comida.

Sempre converso com Hadassa, pois ela já entende um pouco mais que Nicholas, mas é necessário também a “varinha da correção” que fica em um cantinho guardada. Às vezes, colocamos ela na cadeirinha do pensamento também. Para meditar no que fez de errado e depois nos pedir perdão.

Também é de muita importância marido e mulher estarem juntos em tarefas domésticas. Isto traz uma intimidade e comunhão maior em tudo. É muito bom mesmo alimente seu relacionamento, gere amizade cada vez maior, pois é como um jardim bem cuidado que dá lindas rosa e que é gostoso está sempre dentro dele, assim é um relacionamento sadio e bem estruturado.

Christian me ajuda aos sábados e feriados, ele lava louça, faz mamadeira para as crianças, brinca um pouco, coloca eles para dormirem e até dorme junto com as crianças também. Às vezes, ele faz até sua sobremesa favorita: Mousse de maracujá. Enfim, ele sempre me ajudou, limpa a casa comigo,caso eu precise, lava banheiro, louvo a Deus pela vida dele.

Seguindo os princípios da Palavra em tudo, nós daremos frutos. Considerando Deus sobre todas as coisas. Pois ensinando aos nossos filhos na Palavra a importância de congregar, e permanecendo juntos com eles no fogo da Palavra. Do contrário, o resultado é a frieza espiritual e com isso a queda. Mas, a nossa responsabilidade é mostrar e valorizar essa verdade.

Sou grata ao Senhor também pela vida de meus pais, eles sempre nos ajudam, às  vezes, quando precisamos, eles ficam com as crianças. Nunca interferiram na educação de nossos filhos, mas sempre dizem o que foi que seus pais lhe ensinaram. Eles são um ótimo exemplo para nós, glória a Deus. Amo meus pais.

Filhos realmente são galardões do Senhor. Se você ainda não tem e deseja, se decida a ter, pois aprendemos muito depois que nos tornarmos pais, outra coisa, filhos não impedem de vocês servirem ao Senhor. É somente seguir cada passo e tudo vai bem, dá tudo certo, pois o senhor nos entende sempre. Enquanto isso seu filho cresce e vocês também juntos servindo ao Senhor com alegria. Mas, exige uma só coisa de mim e de você a perseverança diante de todas as coisas e situações, sou realista e não quero lhe dizer que tudo é um mar de rosas… Há as dificuldades sim, mas não estamos só. Há uma graça disponível para sermos pais. É gratificante, na verdade só provando ou sendo pais, para saber entender.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA