Bastidores de uma adolescente missionária

Postado em
2

Giovanna Andriolli
Adolescente membro da IEVV em Guarulhos – São Paulo

Numa noite qualquer, depois de um dia de aula qualquer (provavelmente meio chata, não é mesmo?), onde nada parecia ser tão diferente do habitual, falando com o Espírito Santo eu tenho uma forte direção: “vá para a França!”. Meu coração dispara, aquilo mexeu tanto comigo que, na hora, fui comentar com a melhor pessoa para promover sonhos de uma pessoa aos 16 anos: minha mãe.

Conversei com ela com certo temor, afinal, o que poderia ser tão certo se o que eu tinha ouvido era uma inclinação, somente dentro de mim? Tudo. Tudo está no rumo correto quando o que ouvimos é a voz clara de quem já esteve em nosso futuro e sabe que lá, por mais coisas que possamos passar, já deu tudo certo.

Após a conversa com a minha mãe e aprovação de meus pais que se uniram a um sonho que Deus implantou em mim, vieram preparativos, orações, decisões,estudo da língua, burocracias, etc. Aquilo era mínimo, perto da onda de crescimento e amadurecimento que estava por vir.

Sempre que me lembro desta fase, fico agradecida por ter um Pai tão cheio de misericórdia que respeita cada fase da nossa vida, olhando com amor nossa fraqueza e, ainda assim, consegue extrair de nós a nossa melhor parte, mesmo em tempos de fragilidade. Exigiu de mim muita fé e disciplina a época antes de chegar lá. E cheguei!

Posso dizer, sem dúvida, que foi a época que pediu de mim meu mais alto nível de maturidade, em todas as áreas. Lá eu utilizei o que eu tinha e o que eu não tinha em talentos, me doando ao Reino com tudo que eu podia, em diversos departamentos no decorrer de cultos e eventos.

Lá eu vi que infelizmente, a igreja brasileira como um todo, e especialmente nós, membros de um ministério tão cheio de unção, palavra e estrutura como o Verbo da Vida, temos muito o que aprender no quesito “ser gratos” pelo avivamento que nos alcançou e, graças a Deus e aos missionários, que tem doado sua vida para que essa palavra chegue a outros lugares, estará muito em breve alcançando toda essa Terra!

Lá eu percebi como é bom poder semear, mesmo muitas vezes sendo o “leite espiritual”, mas sair de um culto recebendo, em uma língua que nem mesmo é a sua, um: “muito obrigado, hoje o culto foi poderoso, jamais tinha vivido algo parecido!”.

Não posso deixar de citar o amparo de família, não só a do Brasil que segurou a minha corda em amor e em sustento, mas a família Princi, missionários do Verbo da Vida e pessoalmente falando, sangue do meu sangue (a missionária Luciana Princi é irmã de minha mãe, Elaine Souza).

Sempre aprendo quando temos a oportunidade de estar juntos, e nossa família (contando com a família Bueno, que está em Londres, sendo Lilian irmã de minha mãe também) paga há algum tempo o preço que a distância cobra, sendo a saudade, a perda de tantos momentos no decorrer dos anos, em nome das pessoas e lugares que Deus colocou em nossas mãos. E sei que nenhum de nós retrocederia, em amor pelo chamado que Deus tem para cada um de nós!

Enfim, o que gostaria de passar a você é que Deus sabe o quanto um jovem cheio do Espírito anseia viver os sonhos de dEle. Quando nos preparamos da maneira certa, com fidelidade e aproveitando as oportunidades que Ele coloca em nossa frente, sendo o que nós queremos ou não, sendo o resultado final ou só um treinamento, o importante é relevar que, mesmo sendo jovens e querendo alçar altos vôos, ninguém começa sem se deixar aperfeiçoar e treinar.

E se começa, pode levar um tombo feio, porque não estava preparado para aquilo. O que eu gostaria de destacar é quando sonhamos com viver o chamado, temos que ponderar que com ele, vêm muitas responsabilidades e desafios. E a maravilhosa notícia é que, mesmo em meio tudo isso, o mesmo Deus que te propõe o chamado, te habilita a executá-lo, acredita em você e vai nos recompensar por cada obra em amor à Ele! Cabe a nós ponderar o preço, a satisfação, a ânsia de viver e o tempo devido.

2 COMENTÁRIOS

  1. SEI QUE DEUS ESTÁ LEVANTANDO PESSOAS,PARA REALIZAR SUA OBRA NOS QUATROS CANTOS DESSA TERRA, ENTRE ELAS JOVENS COM AMOR PELAS ALMAS.PARABENS PELO CHAMADO E SUA DECISAO DE OUVIR O IDE DE JESUS.

DEIXE UMA RESPOSTA