Amor, fruto do espírito

Postado em
6

*Trecho do livro: Amor o caminho para a vitória

Você precisa compreender que o amor tem a capacidade de crescer e de amadurecer, porque é um fruto do espírito, e porque frutos crescem. Quando a Bíblia fala a respeito do fruto do espírito, não se refere ao fruto do batismo no Espírito Santo.

O amor é fruto do espírito humano criado de novo. Você recebe o fruto do espírito quando você nasce de novo. Realmente, o amor é o primeiro fruto do espírito que a Bíblia menciona.

“Mas o fruto do espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra estas coisas não há lei”  (Gálatas 5.22-23)

A tradução de Moffatt diz; “Mas a colheita do Espírito é amor, alegria, paz, boa disposição, gentileza, generosidade, fidelidade, mansidão, domínio próprio: – não há lei contra os que praticam tais coisas”.

A Bíblia Amplificada diz: “… Contra estas coisas não há lei [que sirva de base para uma acusação formal]” (v.23). Se você estiver andando no amor, nenhuma acusação poderá legalmente ser lançada contra você!

Em Gálatas 5.22, as traduções escrevem “Espírito” com letra maiúscula, o que nos leva a crer que se refere ao Espírito Santo.

Mas o Dicionário Expositivo das Palavras do Novo Testamento”, de W.E. Vine, indica que existe uma só palavra em Grego que significa “espírito”, e que esta é pneuma, que significa “hálito” ou “espírito”.

Por isso, às vezes é difícil discernir se a Bíblia se refere ao Espírito Santo ou ao espírito humano, a não ser que declare especificamente o Espírito Santo, porque a mesma palavra grega, pneuma, é empregada nos dois sentidos.

Fica óbvio que a Bíblia está falando a respeito do espírito humano aqui em Gálatas 5.22, e não ao Espírito Santo. Como sei disso?

É simples: pergunte a si mesmo: Onde crescem os frutos? Os frutos crescem nos galhos, devido à vida que provém do tronco da árvore, ou da videira. Jesus disse: Eu sou a VIDEIRA [tronco], vós, os RAMOS. Quem permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer (João 15.5)

Quem é simbolizado pelos ramos? O Espírito Santo? Não, nós somos os ramos. Os frutos crescem nos galhos, e não no tronco da árvore. Logo, posto que somos os galhos, sabemos que o fruto do espírito refere-se ao fruto do nosso espírito humano criado de novo.

O fruto do amor é produzido no nosso espírito humano nascido de novo, por causa da vida que provém de permanecermos na Videira, no Senhor Jesus Cristo.

6 COMENTÁRIOS

  1. A graça e a paz de nosso senhor Jesus Cristo.
    O apostolo Paulo no texto de gálatas se refere ao Espírito Santo, vamos usar a sua ilustração:
    Se nós somos os galhos e estamos enxertados na videira (Cristo), participamos da ceiva da videira (Espírito Santo) que faz com que os ramos (nós) frutifiquem. Ora os ramos (nós) não frutificam por sua própria seiva (espírito), mas sim pela ceiva (Espírito Santo) de videira (Cristo).

    • Olá Cristiane, você já está no caminho certo para isso. Continue acessando nosso portal, lendo bons livros e ouvindo ministrações que te edificarão.

      Um abraço

      Ana Gaia Rufino

DEIXE UMA RESPOSTA