Mães precisam de colo

Postado em
0

por Rachel Garcia

Há alguns meses, fiz uma enquete para mães nos stories do meu perfil no Instagram: “Sobre a criação de filhos, quantas vezes você pensou que estava fazendo algo errado? Que a culpa era sua?”.

Noventa e três por cento das mães que responderam, dizem já ter sentido que a culpa de algo era delas e que elas estavam fazendo algo errado. No cenário, eu admirei as que afirmaram nunca sentir isso.

Chamou-me a atenção o fato de que não apenas mães de bebês, mas também de crianças maiores responderam que sim. Além disso, algumas comentaram no direct que até hoje sentem isso.

Talvez, a razão desse sentimento seja a cobrança da sociedade, dos críticos de plantão, de outras mães que fizeram diferente, das nossas próprias expectativas… A maternidade é romanceada. É, a maternidade é linda, mas tem muitos desafios. Desafios pessoais, desafios externos… Muitos conflitos vêm à tona, pois são micro decisões a todo instante, sem contar as macro.

Ao ser mãe, não dá tempo de dizer: ‘posso pesquisar e responder semana que vem?’. Não! É aqui, é agora! E quando algo sai diferente do planejado, nem sempre é possível aplicar o ‘plano b’, já foi, já era!

E tudo (a maioria das coisas, para ser mais justa) recai sobre a mãe. E, às vezes, as mães também querem chorar, também querem colo. Nem sempre ir com uma tonelada de conselhos sobre como você faria/fez diferente, ajuda. Acolha, tenha empatia, compaixão… Você já passou por isso, talvez não na mesma coisa, mas você conhece o sentimento.

Os filhos, por um tempo, são quase nossa própria extensão, mas sabe de uma coisa? Eles são seres individuais, independentes, ainda que dependentes (olhe como é fácil de entender [risos]). Não vamos entender sempre. Não vamos acertar sempre, mas daremos o nosso melhor.

É preciso aprender a nos livrar da culpa, saber viver de forma leve e divertida. Afinal, a culpa que era minha, Jesus carregou sobre Si.

Mas entenda, às vezes, as mães vão precisar de colo, de afeto. Além de precisar muito do Espírito Santo guiando em tudo! O Espírito já está disponível, você também está?

Coisas que aprendi com a maternidade…

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA