Maná Diário

24 DE DEZEMBRO – A Sua glória

“E o Verbo se fez carne, e armou Sua tenda entre nós. E olhamos fixamen­te para a Sua glória – uma glória […] cheia de favor e verdade” (João 1.14 – RMT).

Gosto muito dessa tradução, feita por Rotherham, de João 1.14 — é muito bonita.

A tendência tem sido pensar na vinda de Cristo à terra como homem, somente em termos da Sua abnegação ao deixar a glória, ou em termos do Seu sofrimento na terra. No entanto, creio que foi uma alegria para Cristo, que amou de tal maneira o homem e desejou tanto a comunhão com este, que assentou Sua tenda no nosso meio a fim de dar ao homem alienado — que nunca conhecera o seu Criador — um conceito correto do seu Pai celestial.

Foi Boa Nova de grande alegria que o anjo proclamou aos pastores — a todas as pessoas em todos os lugares.

O homem, depois de, aproximadamente, quatro mil anos de separação de Deus, a partir da encarnação de Jesus, poderia contemplar a glória de Deus, poderia vê-Lo, conhecer a Deus como Ele é e voltar a ter união com Ele!

E o anjo lhes disse: “Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo, pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador; que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2.10,11).

O Verbo se fez carne!

Confissão: “Assim como a multidão da milícia celestial, eu, também, louvo a Deus. Louvado seja Deus por ter enviado boa vontade de grande alegria! Louvado seja Deus por ter enviado um Salvador! Louvado seja Deus por Cristo, O Senhor! Louvado seja Deus por ter-nos deixado contemplar a Sua glória!”

1 Comentário

Comentários estão fechados.

Destaques da semana​