Maná Diário

25 DE JULHO – A consciência

“Dando nisso a entender o Espírito Santo que ainda o caminho do Santuário não estava descoberto, enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo, que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto á consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço […] Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação […] quanto mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a vossa consciência das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?” (Hebreus 9.8,9,11,14).

A sua consciência é um guia seguro?

Sim, é, desde que seu espírito tenha se tornado um novo homem em Cristo. Lembre-se: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (II Coríntios 5.17). Trata-se de uma referência ao homem interior, ao espírito do homem. Sua consciência é a voz do seu espírito falando com você. Se o seu espírito é um novo homem em Cristo, com a vida e a natureza de Deus, ele é um guia seguro.

A pessoa que não nasceu de novo não poderia seguir a voz do seu espírito, ou da sua consciência, porque seu espírito irregenerado teria em si a natureza do diabo. Sua consciência lhe permitiria fazer tudo.

Quando você tem, dentro de si, a vida e a natureza de Deus, sua consciência não permite que você faça qualquer coisa. Sendo você um cristão, nascido de novo, o Espírito de Deus vive e habita no seu espírito!

Confissão: “Sou um novo homem em Cristo, com a vida e a natureza de Deus habitando em meu espírito. Por isso, a minha consciência é um guia seguro”.

Destaques da semana​