Daniel orou. E você?

Postado em
1

por Simon Potter
*Integrante da equipe ministerial

Temos que pensar sobre o nosso propósito aqui na terra, principalmente sobre ganhar almas para o Senhor. O assunto sobre os últimos dias da Igreja aqui na terra, fala muito de esperança num futuro bom que virá pela frente para nós, mas temos que levar essa esperança para as outras pessoas.

Mais de 30% da Bíblia tem a ver com profecias dos últimos dias. Precisamos estudar sobre isso. Começamos estudando a Bíblia e, através desse filtro, entendemos o que está acontecendo ao nosso redor. A partir do livro de Derek Walker, Profecias do fim dos tempos: o plano profético,  fala de três profecias que são muito importantes sobre esse tema. Vamos começar por Daniel capítulo 9.

No primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros, que o número de anos, de que falara o Senhor ao profeta Jeremias, que haviam de durar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. Voltei o rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, pano de saco e cinza. Orei ao Senhor, meu Deus, confessei e disse: ah! Senhor! Deus grande e temível, que guardas a aliança e a misericórdia para com os que te amam e guardam os teus mandamentos (Daniel 9.2-4).

Muitas vezes, uma profecia começa falando de um tempo e pula para outro tempo. Dentro de um mesmo contexto, temos o passado e o presente de Daniel, mas também uma projeção para o futuro. Em poucas palavras, Deus pode dizer muitas coisas. Diante de uma profecia como essa e a de Jeremias, que é citada nessa passagem, vemos que Daniel entendeu que faltava pouco tempo para o cumprimento da promessa. Mas ele não sentou para esperar o cumprimento; porém, entendeu que era o seu tempo de orar. 

Às vezes, ouvimos uma profecia e ela não acontece, porque temos que fazer a nossa parte para nos envolver na obra do Senhor. Essa é a alegria do Senhor: nosso envolvimento com os Seus planos. Não se trata de “o que será, será”. O que Deus fala e o futuro têm tudo a ver com a gente. Temos uma parte para fazer. Entendendo isso, Daniel orou! 

Nesse teatro, os atores somos nós, ativos, fazendo algo, colaborando com o Senhor e não apenas assistindo.

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar” (I Coríntios 10.32).

A Igreja, os gentios e os judeus, são esses os três tipos de pessoas aqui na terra. Se entendermos esses povos pelas Escrituras e com quem o Senhor está falando em cada passagem, saberemos interpretar bem os versículos da Bíblia. Pois, se Deus está falando com os judeus ou gentios, não está falando da Igreja. Em Daniel 9, o autor está falando acerca do povo judeu.  

“Ó Senhor, ouve; ó Senhor, perdoa; ó Senhor, atende-nos e age; não te retardes, por amor de ti mesmo, ó Deus meu; porque a tua cidade e o teu povo são chamados pelo teu nome. Falava eu ainda, e orava, e confessava o meu pecado e o pecado do meu povo de Israel, e lançava a minha súplica perante a face do Senhor, meu Deus, pelo monte santo do meu Deus. Falava eu, digo, falava ainda na oração, quando o homem Gabriel, que eu tinha observado na minha visão ao princípio, veio rapidamente, voando, e me tocou à hora do sacrifício da tarde. Ele queria instruir-me, falou comigo e disse: Daniel, agora, saí para fazer-te entender o sentido” (Daniel 9.19-23)

Daniel foi orar e Deus interrompeu sua oração com a resposta através de um anjo. Hoje, temos o Espírito Santo para podermos entender o plano de Deus e os propósitos d’Ele. No momento em que começamos orando e intercedendo, algo está se movendo e acontecendo. Não estamos vendo, mas pela fé podemos saber que algo está acontecendo e respostas estão chegando. Não podemos parar, mas perseverar orando e colaborando com Deus. Aquela mensagem do coração do Pai, chegou para Daniel. Muito mais hoje, podemos ouvir mensagens como essa, direto do coração d’Ele.

“Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para fazer cessar a transgressão, para dar fim aos pecados, para expiar a iniquidade, para trazer a justiça eterna, para selar a visão e a profecia e para ungir o Santo dos Santos” (Daniel 9.24).

Nesse trecho, vemos que Deus falou sobre a Sua resposta para o mundo, o Cordeiro Santo. Mas vamos pensar um pouco… Daniel estava orando sobre 70 anos; porém, o Senhor pulou para 70 semanas, que é igual a 70 anos vezes sete. Ou seja, o Senhor estava falando do futuro, de 490 anos à frente, quando o Messias viria e cessaria toda transgressão, lidando com o pecado de toda a humanidade. 

Quando o Messias estava para nascer, pessoas estavam esperando por Ele, por causa da profecia dos 490 anos (Lucas 2.25-26, 36-38). Eles haviam contado e concluíram que aquele era o tempo.

O que você está fazendo neste tempo? 

É por isso que estamos trazendo esse assunto para compartilhar com toda a Igreja. É algo simples para entender. Jesus vai voltar! Em Daniel 9, fala da primeira vinda, mas também da segunda vinda de Cristo. Entendendo pelos livros da Bíblia, a gente vai fazer o quê? Vamos orar! Vamos entender o nosso tempo.

“Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima […]. Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço. […] Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem” (Lucas 21:28,34,36)

Vamos orar, para entendermos que o momento está chegando e nos prepararmos para esse tempo. Uma coisa que não poderemos fazer no Céu é ganhar almas, mas podemos fazer isso agora, nessa terra. Nessa pescaria de almas, não vamos perder as oportunidades do dia a dia, para alcançarmos as pessoas ao nosso redor. Vamos orar, vigiar e entender que o Senhor tem um trabalho para nós, para toda a Igreja. O Senhor tem trabalho para nós. 

Lance os seus cuidados sobre o Senhor! Não temos medo sobre o nosso futuro. Deus, no trono, assentado, não caiu do trono. A Igreja está com Ele assentada nos lugares celestiais! 

1 COMENTÁRIO

  1. […] Fonte:Verbo da Vida (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); (function ($) { var bsaProContainer = $('.bsaProContainer-1'); var number_show_ads = "0"; var number_hide_ads = "0"; if ( number_show_ads > 0 ) { setTimeout(function () { bsaProContainer.fadeIn(); }, number_show_ads * 1000); } if ( number_hide_ads > 0 ) { setTimeout(function () { bsaProContainer.fadeOut(); }, number_hide_ads * 1000); } })(jQuery); […]

DEIXE UMA RESPOSTA