Fé e família

Postado em
0

por Thadeu Borba
Integrante da equipe ministerial da Igreja Sede

Fé e família são assuntos totalmente ligados, duas grandes coisas fundamentais na vida de um cristão. Fé e família, não podem andar separados, não adianta crescer sem estruturar a sua família.

Também não adianta querer ter uma família feliz sem fé. Queira ter uma vida que agrada a Deus, a Bíblia diz que devemos ter uma vida irrepreensível. Obedecer e ser submisso àquelas pessoas que tiveram a autoridade delegada sobre você, assim, não há como ser repreendido. 

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel” (I Timóteo 5.8).

Esse cuidado aqui nesse texto é completo, em todas as áreas. Espiritual, financeiro… Deus não quer que você faça 99, Ele quer que você faça 100. Precisamos cuidar dos nossos, e a responsabilidade de cuidar da casa é do homem e a mulher é a sua auxiliadora. Deus nos chamou para compartilhar nossos desejos com o cônjuge, a palavra diz que Deus nos chamou para ser a mesma carne, falando a mesma coisa, compartilhando sonhos, por isso não queira fazer nada sozinho.

Existem alguns homens que se importam mais com o trabalho do que com a família. Existem responsabilidades que não podemos fugir delas, primeiro, Deus, segundo, Família e depois o trabalho. Precisamos ter esse cuidado para não inverter as prioridades divinas, pois um dia seremos cobrados pelo próprio Deus.

Se você estudar os avivamentos, todo avivamento começa com restauração familiar. Todos os avivamentos até hoje começaram pelas famílias. Você nunca terá um crescimento na vida em geral se você não ajustar sua vida em casa. 

“Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria. E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição” (Malaquias 4.2 e 6).

Deus sempre usa figuras familiares para se revelar em nosso meio, em nossa casa e em nossa vida. Deus usa a família para se fazer conhecido. Para falar de Amor, por exemplo, Ele usa a mãe. E ele diz que mesmo que a mãe se esqueça, Ele nunca se esquecerá de nós (Isaías 49.15). Como não viver uma vida pra ele? Não há como nem dimensionar o tamanho do amor de Deus, porque ele é amor. 

Essa intensidade do amor de mãe, é a maior forma de amor que o ser humano conhece, mas ainda assim, o amor de Deus supera tudo isso. A nossa expectativa deve estar em Deus! E não nas pessoas. Como não viver uma vida íntegra diante de tamanho amor? 

A família foi baseada na Trindade, quer olhar para um bom Pai? Olhe para Deus. Quer olhar para um bom filho? Olhe pra Jesus. A trindade veio antes da família, antes de existir a família da terra, existia a família trindade. 

A família não é importante apenas por ser uma instituição divina, mas também por transmitir à humanidade uma revelação mais profunda de quem é Deus. Principalmente para o mundo. A revelação de quem Ele é, do Seu amor e de que Ele é Pai. Muitos lá fora tem Deus como um carrasco, como um velho que só faz cobrar e castigar. Mas esse não é Deus!

O maior objetivo de Deus hoje é se revelar a você, e que você exale o bom perfume de Cristo. Que o que sai da sua boca seja bênção e não maldição. Que aquilo que você pense todos os dias seja a Palavra de Deus, para praticar com a sua família. Se todas as famílias tivessem uma vida que agrada a Deus, transbordando no Espírito, Deus operaria milagres em nosso meio. 

Que nosso desejo seja sempre formar uma família que agrade a Deus, que ajude outras famílias, que é padrão divino para outras famílias. E se cada um fizer a sua parte, assim vai ser. Olhe para dentro de você, para sua vida e para sua família, o que você pode fazer para sua família melhorar, seu cônjuge e seus filhos. Não fique criticando e esperando pelos outros, faça você

Existe um padrão divino para a família seguir, o relacionamento de um indivíduo com sua família afeta o seu conhecimento sobre quem é Deus. A família tem um propósito de conectar o homem ao criador, e é por isso que cremos que Deus trata tão sério sobre a família. A família terrena nunca será mais importante que Deus, porém a responsabilidade com ela afeta diretamente a vida cristã. Deve-se levar em conta que ao ferir a família o seu relacionamento com o Senhor é prejudicado. 

Quando você não tem um bom relacionamento familiar, uma relação dentro do seu lar, você nunca terá um bom relacionamento com Deus, não queria se enganar. Sem fé é impossível agradar a Deus e fé opera pelo amor, pela obediência à palavra, pela prática da Palavra. A forma de viver em família determina bênção e maldição para sua vida. Porém isso tudo não significa que quem não teve uma boa experiência familiar, ou um bom exemplo de pai e mãe que está fadado ao fracasso. Você pode escrever uma nova história para a sua família, começando de você. E Deus quer te ajudar com isso. Se você é uma nova criatura, agora é uma nova família, ele é capaz de transformar a sua vida e a sua família.  

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA