Gosta de escutar fábulas?

Postado em
0

por Lucas Oliveira (Campina Grande-CG)
*Graduado na Escola de Ministros Rhema 

Assim como Jesus se manteve firme e derrotou o diabo com as escrituras (Mateus 4), devemos fazer o mesmo. A estratégia do diabo não mudou em 2 mil anos e nem vai mudar: a mentira. Contos mundanos e tolos sempre existiram. Factóides que tentam roubar o lugar da Palavra ou, até mesmo, deturpá-la. O que hoje chamamos de fakenews, o Apóstolo Paulo chamou as fábulas de “velhas caducas”. Para não dar ouvidos a essas histórias, ele colocou Jesus no centro dos seus ensinamentos.   

“Expondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, alimentado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido. Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas caducas. Exercita-te, pessoalmente, na piedade. Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser. Fiel é esta palavra e digna de inteira aceitação” (I Timóteo 4.6-9).

Paulo deixa claro que um bom ministro é aquele que se firma nas verdades ensinadas por Jesus. O ensinamento falado e real de Cristo aos discípulos, neste texto, vai de encontro à  doutrina fantasiosa e imoral que alguns estavam ensinando. O apóstolo é contundente quando usa a expressão “rejeitar”, trazendo a ideia de afastamento brusco daquele tipo de ensino.

A existência da “boa” doutrina aponta para a existência de outra doutrina “má”, que não deve servir como alimento aos que estão no ministério.

A instrução faz parte das qualificações ministeriais aconselhadas a Timóteo para liderar uma das maiores igrejas da época. O que aconteceu naquele tempo se estende até o momento, tendo em vista que vivemos os últimos dias. Versículos antes, neste mesmo capítulo, Paulo faz alertas sobre ensinamentos errados.

O próprio Jesus disse em João 7.17 que se alguém quiser fazer a vontade de Deus deve conhecer a doutrina. Certa vez, religiosos tentaram intimidá-lo e envergonhá-lo usando a lei. Porém, Jesus conhecendo a doutrina deixou as multidões maravilhadas. Neste mesmo trecho bíblico Ele fez um alerta:

 “Errais em não conhecer as escrituras e nem o poder de Deus” (Mateus 22.29).

Creio que se você também planeja cumprir a vontade divina para a sua vida, então, deve  conhecer, permanecer no que recebeu e manter a postura de alguém piedoso. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA