O alicerce da reputação

Postado em
2

MONALISA-PDFMonalisa Peixoto
Graduada do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

Quero falar de um tema que é bem valorizado no meio daqueles que servem a Deus: a Reputação! A ideia não é citar uma lista de coisas que você “deve” ou “não deve” fazer, mas sim te fazer refletir um pouco sobre a importância de não só parecer, mas ser cristão! Porque os homens podem ver a aparência, mas o Senhor vê além da aparência, o coração! Prossigamos…

Quando vou estudar sobre algo, gosto de buscar a raiz das palavras (etimologia), e sobre reputação eu encontrei o seguinte: “vem do latim e traz a ideia de consideração, refletir sobre, estimar”. Reputação também se relaciona a “conceito”, ou seja, compreensão, “pegar mentalmente”, entender. No dicionário, reputação significa: “receber um (bom ou mau) conceito a partir da sociedade em que se vive, possuir um nome”. Trazendo para a realidade virtual, podemos dizer que reputação é sua capa, aquilo que você demonstra ou aparenta ser. Sua reputação condiz com o que você é?

A Palavra nos ensina a respeito da reputação. Provérbios é um livro que traz vários conselhos para a vida do cristão, e no capítulo 22 fala quea reputação vale mais do que grandes riquezas”. O interessante é que no capítulo 3 diz assim:

“Que o amor e a fidelidade jamais o abandonem; prenda-os ao redor do seu pescoço, escreva-os na tábua do seu coração. Então você terá o favor de Deus e dos homens, e boa reputação.” (Provérbios 3.3-4).

Notem que a chave é carregar o amor e a fidelidade e gravar esses valores no coração para então obter boa reputação! No Reino de Deus, a ordem dos fatores altera o produto!

Quando priorizamos a reputação (aparência), ao invés do coração (homem interior), corremos o risco de tentar agradar aos homens mais do que a Deus. A Bíblia nos alerta que “mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (Atos 5.29). Muitas vezes postamos imagens, textos edificantes e até versículos em nossas redes sociais, mas qual tem sido nosso foco principal: agradar a Deus ou ganhar curtidas? E digo mais: será que temos praticado aquilo que postamos? Um exemplo disso são os fariseus, que mesmo tendo uma “boa reputação”, aparentando muita “espiritualidade”, o coração deles não estava acertado. Veja o que Jesus disse:

“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade.(Mateus 23.27-28)”. 

Assim como as árvores que são conhecidas pelos frutos, temos que evidenciar para o mundo a vida de Deus que existe em nós, de dentro pra fora! Precisamos sim ter uma boa reputação (Atos 6.3), nos afastar de toda aparência do mal (I Tessalonicenses 5.22) e ter cuidado para que nossos comportamentos não sejam como pedras de tropeço na vida dos nossos irmãos. Mas acima de tudo, precisamos guardar a Palavra em nossos corações, praticá-la dia após dia e assim vamos não só construir como manter erguida uma verdadeira reputação de filhos e servos de Deus! 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA