O Espírito de oração

Postado em
1

por Janduí Araújo (São Paulo-SP)
*Pastor da igreja em Pinheiros

“Porque, se eu orar em outra língua, o meu espírito ora de fato, mas a minha mente fica infrutífera” (1 Coríntios 14.14).

“Pois quem fala em outra língua não fala a homens, senão a Deus, visto que ninguém o entende, e em espírito fala mistérios” (1 Coríntios 14.2).

Deus está sempre pronto para nos proporcionar o melhor, mas tem coisas que você nunca irá experimentar fora de uma comunhão mais íntima com Ele, como por exemplo a intimidade com Ele através da adoração e oração em línguas.

O Espírito Santo tem liberdade de edificar-me, (em todas as áreas onde preciso ser transformado) sem que eu argumente ou resista, pois não entendo aquilo que estou orando, a não ser que interprete.

A oração sobrenatural fortalece, edifica o nosso espírito, e quanto mais eu oro (hora após hora), mais eu me fortaleço, sou edificado, para sempre vencer nos momentos de dificuldades.

Você pode ser edificado o tanto que você quiser, só depende de você. Não é necessário que você fique tropeçando e caindo, tropeçando e caindo, tropeçando e caindo… o Espírito Santo vai edificá-lo até que você fique firme, forte em Deus ! Aleluia !!! Glória a Deus !!!

Através da oração em línguas, nós podemos chegar tão perto de Deus quanto quisermos, nós podemos ser edificados o tanto quanto quisermos! Então vale a pena orar em comunhão constante.

É nesse nível de intimidade que podemos entrar no Santo dos Santos e contemplar o rosto d’Ele brilhando. O sangue de Jesus e seu sacrifício, rasgou o véu que nos separava dessa presença gloriosa. E agora com intrepidez, livres para mover o nosso incensário de oração e com louvores adorar, ministrando ofertas espirituais e derramando com o coração o fruto dos nossos lábios a Ele.