O Preço do Amor

Postado em
0

por Leide Andrad
(Missionária da Agência de Missões Verbo da Vida e professora da Escola de Missões Rhema)

*Mensagem transcrita a partir de áudio de ministração no Centro de Operações do Ministério Verbo da Vida

“Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo. E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo”. (Lucas 14.21)

Jesus colocou uma lista das pessoas que temos mais afeto. Ele disse que se as amássemos mais do que a Ele, não teríamos condições de segui-lo. Recentemente, passei por uma circunstância com minha irmã. Ela adoeceu e eu estava no meio do processo para tirar o visto para voltar à África. Em meio a cuidar dela, crer junto com ela e resolver os processos do visto, certo dia eu falei para o Senhor: “Pai, tudo o que eu amo muito está nessa cama de hospital, mas, porque eu te amo mais, eu sou capaz de deixar ela nessa situação e seguir para aquilo que Você deseja. Porque eu sei o que o senhor quer que eu faça, o que deseja que eu siga. De repente, me veio uma canção africana que a tradução diz: “Como eu te amo, te amo meu Senhor. Hoje e para sempre te amarei…” Dois dias depois, minha irmã recebeu alta e agora eu estou voltando para aquele continente.

Não vamos demonstrar que seguimos a Jesus apenas nos púlpitos. Vamos demonstrar que seguimos a Jesus em oportunidades visíveis que as pessoas terão para nos observarem. Nós vamos demonstrar que seguimos a Jesus exatamente quando situações se levantarem. Quando tivermos que escolher entre o que mais amamos e deixar tudo por Ele. Nessas situações, vamos demonstrar se realmente seguimos a Jesus ou não. 

Mesmo que em alguns momentos tenhamos que deixar pessoas que temos muito afeto. Deus já provou o amor que tem por nós, quando enviou seu único filho. Mas vai haver uma hora ou outra que nós também vamos ter que provar o quanto O amamos através da fidelidade que temos a Ele.

No meio das tribulações, precisamos manter os nossos olhos fitos no Senhor e compreender que Ele não vai deixar de fazer aquilo que Ele disse que faria por nós e através de nós. 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA