Poema: Tempo de avivamento!

Postado em
0

por Michelle Câncio (Parnamirim-RN)
*Graduada no Centro de Treinamento Bíblico Rhema 

 

A criação geme,
A humanidade tem sede,
A fonte inesgotável jorra,
mas muitos ainda não a reconhecem e ignoram.

Promiscuidade, soberba, avareza, luxúria e corrupção!
São dessas palavras que blindamos a nossa nação.

Comunhão é a sensibilidade do coração.
O homem considerando Deus o único e autor da criação.
O tempo é profético,
e muitas coisas nos lembram o que é desértico.

Num lugar muito árido,
só algumas espécies permanecem.
Muitas não sobrevivem… padecem, desfalecem.

Fé, amor e compaixão são as palavras para essa geração.
Precisamos alcançar o que está perdido, sem abrigo, sem proteção!

Tantos pensamentos de dúvidas, medos, incertezas,
mas ficamos com a palavra de Deus, nosso escudo, nosso baluarte, a nossa fortaleza!

Oração é a palavra que abastece, no tempo, presente todo cristão.
Não importa se é local,
ou mundial.
Essa necessidade é real.
É desse tempo atual.

Você que está de pé,
é hora de fortalecer a fé.
Cuidado para não ficar distraído,
e cair nas sutis amardilhas do inimigo.
Fique atento!
Uma brecha é o suficiente para afundar rapidamente.
Não há ignorância para o curado.
O homem que está consciente.

Se o arrependimento chegou,
corra rápido! Peça perdão.
Não se afaste da Fonte poderosa que sempre o alimentou.
Em espírito e em verdade é a posição dos verdadeiros adoradores da atualidade.
Agora é a hora!
Jesus vem! E é sem demora!

É tempo do avivamento!
Num piscar de olhos,
luz e trevas irão se separar
O Rei em breve vem nos buscar.

É tempo!
É tempo de avivamento!!!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA