Propósito ou frustração?

Postado em
0

por Fabrício e Kivânia Vidal
*Graduados do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: “Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro”. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”
(Romanos 5.35-37).

Somos mais do que vencedores! Isso é para mim e para você. Porém, como somos mais que vencedores? Por meio d’Aquele que nos amou! O diabo está sempre procurando uma falha para dizer que não iremos conseguir, porém, a Palavra diz que somos mais que vencedores!

Todos os dias você coloca o seu celular para carregar, certo?! Então, faça o mesmo com o seu espírito e carregue-o com a Palavra. Esforce-se para recarregar o seu espírito. Se estiver andando junto à Palavra, você será ousado ainda que Satanás se levante contra a sua família, porque está escrito que pode cair mil ao seu lado e dez mil à sua direita, mas você não será atingido.

“Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos pescadores, que estavam lavando as suas redes. Entrou num dos barcos, o que pertencia a Simão, e pediu-lhe que o afastasse um pouco da praia. Então sentou-se e do barco ensinava o povo. Tendo acabado de falar, disse a Simão: “Vá para onde as águas são mais fundas”, e a todos: “Lancem as redes para a pesca”. Simão respondeu: “Mestre, esforçamo-nos a noite inteira e não pegamos nada. Mas, porque és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes” (Lucas 5.1-5).

Jesus não opera no desespero, mas pela Palavra.

Quanto maior a expectativa na Palavra, maior será a resposta do Senhor para a sua vida. Nos versos do Evangelho de Lucas, vemos que Pedro passou a noite inteira jogando as suas redes de pesca e retornou sem nada. Então, Jesus chega e lança uma palavra para que Pedro voltasse. Se Deus disse para você entrar por um caminho, obedeça! Jesus não opera no desespero, porque não há como ouvir instruções nessa condição. Sobre a Palavra, aprendemos a lidar com a nossa família. Quando a Palavra chega, ela vem para mudar. A sua história é mudada. Assim aconteceu com Pedro, pois quando Jesus entrou no barco, a história dele mudou.

A mudança é simples assim, mas requer esforço. Mesmo que o Senhor mostre algo impossível, a fé na Palavra torna tudo possível ao que crer. Se dermos ouvido às Escrituras, veremos que tudo é possível. Esqueça os porquês e busque orar a Ele. Pedro obedeceu e lançou as redes. A rede de unção, do refrigério, das soluções. Nessa passagem vemos que Jesus não foi ensinar Pedro a pescar, mas mudar a sua história.  

No livro de Provérbios 3.5-6 e 4.20, Deus nos trata e nos dá conselhos como filhos. Somos inteligentes porque Ele nos fez assim e quando não soubermos o que fazer, Ele tem a solução e nos instrui corretamente. O prazer de Deus é ajudar seus filhos. 

Tenho algumas perguntas a fazer: o que pode nascer da frustração, quando se depara com Aquele que é dono de todas as coisas? No momento em que Pedro chegou à beira das águas, como você acha que ele estava? 

Naturalmente, Pedro (ou mesmo você) poderia pensar que fez tudo o que podia e que sabia, mas nada deu certo. Porém, se você confiar no Senhor, essa resposta pode encontrar o poder sobrenatural. Não sei se Pedro estava com raiva por ter se esforçado tanto, mas eu posso dizer que estaria frustrada. Parece-me que Pedro estava com algum teor de decepção. Se nos tempos de hoje, ao invés do barco, Jesus falasse que gostaria de ministrar na sua casa e Ele olhasse nos seus olhos e visse a frustração de não saber mais o que fazer com a sua família? Se Jesus dissesse para você fazer tudo de novo? Então, faça de novo! Perdoe, dê uma nova oportunidade, ame novamente, dê novos conselhos. Jesus veio para lhe dar uma palavra de recomeço. Claro que Pedro teve resultados naturais quando ele retornou com o barco cheio de peixes, mas qual a dimensão da pesca quando ele esteve diante do Senhor? Você está preparado para o que está por vir? O Espírito Santo deseja que você amadureça para receber tudo novo. 

Pedro obedeceu ainda que frustrado ou com raiva. É possível nascer um propósito de uma frustração. Na frustração de Pedro nasceu o propósito: “vou torná-lo pescador de homens”. Você sabia que diante do desafio de construir ou reconstruir uma família no Senhor, você precisa aprender a lidar com você mesmo? Jesus não está preocupado e ele não tem problema com pecado, pois tudo já foi resolvido há 2 mil anos. Então, olhe para si mesmo e se apegue à Palavra! Deus não está olhando para você segundo uma visão natural. Ele o vê segundo o Espírito. Você não precisa ter uma aparência de santidade; seja ousado e faça o que o Espírito Santo quer. Isso é santidade! Para os casados: você é a pessoa que Deus conta para o seu casamento; não espere para o outro fazer. Jesus escolheu o que não tinha valor para cuidar. 

“Não são os rios Abana e Farfar, em Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Será que não poderia lavar-me neles e ser purificado?” E foi embora dali furioso. Mas os seus servos lhe disseram: “Meu pai, se o profeta tivesse pedido alguma coisa difícil, o senhor não faria? Quanto mais quando ele apenas diz que se lave, e será purificado!” Assim ele desceu ao Jordão, mergulhou sete vezes conforme a ordem do homem de Deus e foi purificado; sua pele tornou-se como a de uma criança” (2 Reis 5.12-14).

O que acontece com você quando as coisas não saem como você queria? Você planejou tudo, mas quando não saem conforme foi pensado? Quero falar sobre um homem que precisava ser curado e com ele aprendemos que o mais importante é que a Palavra aconteça! Não perca seu tempo com o diabo, pois ele não sabe fazer nada mais do que roubar, matar e destruir.

Estava o profeta com Naamã e lançando sobre ele uma palavra, e tudo o que o rei precisava fazer era obedecer. Não era conforme o que Naamã queria ou havia planejado, porém o milagre aconteceu de acordo com a palavra que o homem de Deus havia falado. Nós temos esse hábito de declarar que somos mais que vencedores, mas é muito melhor declarar isso sobre a nossa casa, para que ela seja mais que vencedora. Seja ousado para exercer a autoridade da Palavra na sua casa. Ousadia e autoridade não têm a ver com personalidade, mas é resultado de conhecimento.

Preste atenção: um atleta cuida de si mesmo, cuidando da sua alimentação e do seu corpo, um soldado trabalha e se esforça em prol da segurança para a sua pátria. Um agricultor é beneficiado pelo seu trabalho, mas também o que ele faz alcança o mundo. Quero encerrar dizendo que estamos aqui para cuidar de nós (como o atleta), cuidarmos da pátria (como soldados) e distribuir as sementes por todo o mundo (como agricultores). Precisamos, portanto, entender que é importante lidarmos consigo mesmo muito mais do que com os outros, para que, assim, alcancemos a nossa família! Você nunca esteve só, então desista de desistir.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA