Verbo FM

Há urgência no chamado

Adelai Quefar
Professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema em Brasília-DF

Deus escreve a melhor história. E a melhor história é a sua, porque só você pode vivê-la e desfrutar dela grandiosamente. 

Quando nós entendemos realmente o propósito que Deus tem para nós, vamos fazer tudo com graça e leveza. Eu entendo que tudo aquilo que vamos fazer para o Senhor, se não estivermos no caminho da obediência, não iremos conseguir. Não adianta querer ir sem antes aprender como vai. 

Andar por fé é andar em segurança, mas fé e obediência andam juntos.

A mensagem que Ele nos confiou precisa ser muito bem entendida. Não podemos inventar ou misturar algo diferente. A mensagem é muito maior do que o mensageiro. Precisamos entender que aquilo que Deus planejou enviando Jesus para nos salvar, nos edificar, restaurar, foi com um propósito, todo propósito será manifesto de acordo com aquele que vai executá-lo. Da mesma forma, Ele tem um propósito para você.

Muitas vezes, não entendemos o propósito daquilo que Ele nos chamou para fazer. Para que o propósito seja executado existe um processo. No processo é exigido que andemos em obediência.

A geração de hoje está sendo exposta a inúmeras coias que a minha geração não existia. De fato, essa é uma geração de verdadeiros guerreiros, porque já venceram. Viveram e vão viver coisas extraordinárias da parte de Deus. Podem vir coisas para lhes intimidade, mas aquele que começou a boa obra na sua vida, irá terminar. Porque Deus não muda. 

Recentemente, eu estava ministrando no presídio e eu fiz a seguinte pergunta às alunas: “O que hoje você vê do amor de Deus na vida?”, e uma aluna respondeu: “Eu sei que Deus me ama, mas Ele está triste comigo por tudo o que fiz no meu passado”. Me lembrei então da passagem em Miquéias 7.18, que afirma que o nosso passado Deus lançou nas profundezas do mar. Ele levou os nossos pecados e ainda nos confiou o ministério da reconciliação. 

Precisamos entender que somos Cristo na terra. Jesus afirmou para Felipe que quem o vê vê o Pai e, depois Ele diz que iriam reconhecer os discípulos porque O veriam neles. O amor d’Ele por nós é uma prova viva do que nós precisamos fazer pelos outros.

Hoje, eu estou à frente de 22 projetos. Recentemente, nasceu um lindo, um ponto de apoio em uma rua de prostituição. Há 12 anos, eu estou em uma rua de prostituição. Quando eu entrei nesse lugar pela primeira vez, eu já vi o que seria no futuro, pela fé. Não desista, Deus não chamou covardes, tudo o que Deus colocar em suas mãos, faça. 

Como você quer ir às nações se você não consegue ser fiel no congregar? Como você quer fazer a vontade de Deus, quer falar do amor de Cristo para uma prostitua, para uma criança que foi abusada, para um desvalido, se você não tem a consideração para os de dentro de casa? É muito fácil falar de Jesus, é maravilhoso, mas… não respeita a mãe, o pai, um líder. Precisamos cumprir os princípios para alcançar aquilo que de fato fomos chamados por Ele a fazer. 

Eu entendo que cada um tem o seu processo, cada um tem o seu limite, mas precisamos ser rápidos em responder ao chamado. Não demore. Se você não consegue ser fiel ao horário de um culto, como você vai estar pronto quando Ele disser para você: “Vai”? Queremos tudo, mas não queremos fazer nada. 

A urgência e a prontidão em responder ao IDE precisa começar com você. 

Eu sou casada há 25 anos, tenho 2 filhos. Meu marido é bombeiro. Tenho irmãos bombeiros, eu vi muitas coisas nesse meio militar e nele tem algumas coisas bem peculiares. Como siglas, códigos, porque você não pode falar muita coisa em uma chamada urgente, tem que ser rápido, porque a vítima pode morrer. Quando toca a sirene no quartel de bombeiros, eles precisam estar prontos em 20 segundos. E no reino do Espírito existe uma urgência da prontidão. Essa urgência precisa ser feita com perfeição.

Você que sabe o que a Palavra diz, conhece o que Jesus fez, se na hora que há um brado você não estiver com a roupa certa, não estiver pronto, você não tem como ir. Mas, sabemos que a vítima não espera, sabemos que existe uma urgência para o socorro, cativos e oprimidos precisam ser resgatados. O diabo não brinca, ele sabe da nossa fraqueza, sabe o que Deus planejou para a sua vida e ele quer estragar a sua história rasgando algumas páginas. Mas, Aquele que começou a boa obra na sua vida vai terminar.

Onde você estiver, Ele vai lhe encontrar. Mas, você precisa estar pronto para fazer o que foi chamado para fazer. Eu lembro de homens e mulheres com chamados gloriosos, até foram, mas não conseguiram permanecer naquilo que Deus os chamou. 

Para o casamento mais esperado da humanidade só entra quem tem relacionamento com a noiva também. A noiva é linda e precisa ser amada também. Sabe como fazemos isso? Colocando o coração dela muito cheio, porque ela ama vidas; Ela se movimenta, ela é viva, ela ama, tem prazer em estar perto, a noiva do cordeiro. Como noiva que somos precisamos estar muito bem ataviados. Jesus não vai casar com uma noiva deficiente de em alguma parte do corpo, a noiva é perfeita. Honre a noiva, se dedique a noiva. Por sermos noiva do cordeiro, precisamos estar bem vestidos. 

“Porque vós mesmos, irmãos, bem sabeis que a nossa entrada para convosco não foi vã; Mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate. Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência; Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações” (I Tessalonicenses 2.1- 4).

A mensagem só é falada com confiança se você vive o que está falando. Não adianta falar se o seu Instagram diz o contrário de quem é você. Não é apenas falar, mas preciso dizer com confiança, dizendo quem eu sou e o que Deus está fazendo através da minha vida. 

Seja convicto do que Deus lhe chamou para fazer. 

A maior prova que você pode falar do amor de Jesus é Jesus crucificado, sofrendo, Ele poderia reclamar, mas não o fez. Não sei o que você passou ou o que possa estar passando, mas não pode ser motivo para você não falar mais de Cristo. Não podemos parar por causa de lutas e provações. Fomos chamados para avançar. 

Até que ponto você está apto ou está pronto a renunciar? Queremos tanta coisa da parte de Deus mas não queremos renunciar. Temos muitos jovens ricos entre nós, que até estão se guardando, vivendo corretamente, mas têm tantas coisas dentro deles que não estão prontos para renunciar. Hoje é tempo de renúncia. 

Você precisa estar pronto. Não há mais tempo para brincadeira. O evangelho é sério. Leve a sério o que é sério. Pare de olhar para o mundo como se as coisas fossem normais, olhe para o mundo como um campo branco para colher. Precisamos ser rápidos. Ame vidas.

*Trechos da mensagem do dia 22 de julho de 2022, no JPN Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!