Verbo FM

Ande em amor

Ana Helena
Professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema
em Taguatinga – DF

A nossa vida é servir ao Senhor enquanto nós servimos aos santos. Não dá pra ficarmos alheios e dispersos. Há uma urgência muito grande de vivermos, de andarmos, de inserirmos o povo que Deus está nos confiando naquilo que é o plano e propósito d’Ele.

“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros” (João 13.34-35).

Estamos caminhando sempre pelo caminho do amor. Que as pessoas possam olhar para mim e para você e ver Deus. 

Aprendemos com o Pastor Bud Wright sobre como viver em amor. Para mim, ele era amor. Era firme naquilo que dizia, mas também era um poço de amor. Pai e mãe fazem assim. Nós não vamos pegar o nosso filho que está tocando em um fio descascado ou está prestes a cair e ficar simplesmente olhando. Nós vamos lá e vamos chamá-lo!

“Se amamos nossos irmãos, significa que passamos da morte para a vida. Mas quem não ama continua morto” (I João 3.14).

“… e essa esperança não nos decepcionará, pois sabemos quanto Deus nos ama, uma vez que ele nos deu o Espírito Santo para nos encher o coração com seu amor” (Romanos 5.5).

Esse amor poderoso já está dentro de mim e de você. Somos indesculpáveis. Estamos no meio de ministros e não adianta eu dizer “eu amo tanto os perdidos que estão lá fora”, se dentro da minha própria casa eu não estiver sendo uma testemunha viva do amor de Deus.

Nós somos uma casa de vidro, transparentes, e todos estão passando e estão vendo. A partir do momento que eu sei como eu cheguei aqui, que eu tenho o meu coração sincero e grato diante do Senhor, praticando a Palavra primeiro na minha casa, então vai ser fácil quando chegar aqui.

Não dá para ter duas vidas. Em casa, no grito, e aqui diferente. Como assim? E os filhos olhando e vendo tudo isso? Depois ainda surgem os comentários: “Não sei por que o filho de pastor tem raiva da igreja…”. 

Eu tenho certeza que, para o Apóstolo Guto Emery, ver o que está acontecendo na vida de Luissa Emery na Polônia, não tem dinheiro que pague. 

Andando em amor, todos os dias, em toda e qualquer situação. 

“Portanto, como filhos amados de Deus, imitem-no em tudo que fizerem. Vivam em amor, seguindo o exemplo de Cristo, que nos amou e se entregou por nós como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus” (Efésios 5.1 e 2).

Está na hora de olharmos para nós mesmos e vivermos em amor. Todos aqueles que estiverem ao nosso redor, vão ter prazer em servir ao Senhor conosco. Vai ser com alegria e com sorriso no rosto. 

Quanto mais você renova a sua mente nisso, poderá olhar para baixo e dizer: “Sai da frente, Satanás!”.

A fé opera pelo amor. É tempo de conferir. Eu e meu marido não somos um casal perfeito, mas quando um quer estourar, o outro se cala. As pressões que chegam pra você também chegam para nós, mas o amor sempre vence. Ele nunca falha!

“Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros. Quem ama seu próximo cumpre os requisitos da lei de Deus” (Romanos 13.8).

Cuidado quando sair de casa, para que o “cheiro de peixe” não esteja tão forte que, quando você entrar na igreja, todos sintam. A falta de amor impregna.

Estamos vivendo num tempo em que Satanás tem lançado todos os seus cartuchos para destruir as famílias. Mas nós estamos nesta terra como luz, como um farol, como sal, para dizer: “aqui, não”. Não vai ser do seu jeito, vai ser do jeito de Deus!

Naquele dia em que estou com menos vontade de fazer o café que o meu marido gosta, é o dia em que mais capricho. A minha carne não vai mandar em mim. Na hora em que o trem apertar, eu vou dizer: “Sai, Satanás! Você não pode tocar no que é meu, então tire o seu rabo sujo daqui. Eu não o dou liberdade para isso!”.

Se eu não estiver andando em amor em casa, eu vou perder a ousadia. 

Família é projeto de Deus e tudo aquilo que Satanás tem tentado pintar e desenhar contra ela, que caia por terra. 

“O amor é paciente e bondoso. O amor não é ciumento, nem presunçoso. Não é orgulhoso, nem grosseiro. Não exige que as coisas sejam à sua maneira. Não é irritável, nem rancoroso. Não se alegra com a injustiça, mas sim com a verdade. O amor nunca desiste, nunca perde a fé, sempre tem esperança e sempre se mantém firme” (I Coríntios 13.4).

Existe um jeito Verbo da Vida de ser. Nós somos uma família. Não é minha igreja ou sua igreja. O povo é de Deus. Esse “jeito Verbo da Vida de ser” não se negocia. Não dá para querer andar achando que é “dono do seu nariz”. Temos que andar em amor.

Essa Palavra é poderosa para mudar qualquer situação, só precisa encontrar um coração disponível, aberto, que diga assim: “É desse jeito e preciso tomar vergonha na cara e me ajustar”Nós víamos tanta firmeza no Pr. Bud, em Mama Jan Wright, que estava ali todos os dias, ensinando tanto, que aquilo foi impregnando, fazendo parte de nós. Quando você transpira isso, não dá para negociar. 

Meu marido ouviu aquela instrução e fomos rápidos em obedecer. A gente nem sabia que tinha chamado, mas a gente servia em tudo naquela igreja. A Palavra da Fé foi sendo impregnada e as coisas foram acontecendo. 

No dia em que só tinha arroz para comer, a gente dizia: “Vai dar certo”. Deus dizia para mim: “Levante-se, me adore e nada vai faltar”.

Um dia, minha filha chegou no período para entrar em uma faculdade. Ela disse que queria cursar Direito. Fomos atrás da faculdade e ela fez o vestibular. Tinha um custo, porque era faculdade particular, então meu marido, logo cedo no café da manhã, me disse: “Amor, agora chegou mais um desafio para nós, a faculdade de Camila”. Na hora, pulou tão veloz de dentro de mim: “Anda em amor e nada vai faltar. 

Naqueles cinco anos de faculdade, tinha um desconto para quem pagava antes do dia. Eu disse: “Vou mostrá-lo, Satanás, que vamos pagar antes do dia e vamos ter o desconto. Porque o valor cheio é o que vai ficar para dar de oferta!”. Funciona! Sabe por que funciona? Porque tem “o jeito Verbo da Vida de ser” e não negociamos. Eu vou seguir aquilo que está sendo dito. Isso é andar em amor. 

A unção está na visão. É o guarda-chuva. Vamos ler os livros do irmão Haggin. Isso deve ser regra na nossa casa. É a essência. Não adianta querer negociar. Não tenha medo de perder ovelhas, você vai ganhar. 

Eu sou Ana Helena e não há necessidade de títulos. Quando eu entreguei a diretoria para Lucileia, eu disse: “Ela vai ser melhor do que eu”. 

“Irmãos, suplico-lhes em nome de nosso Senhor Jesus Cristo que vivam em harmonia uns com os outros e ponham fim às divisões entre vocês. Antes, tenham o mesmo parecer, unidos em pensamento e propósito” (I Coríntios 1.10).

Que falemos as mesmas coisas. Ei, você está no melhor lugar da sua vida. Não jogue fora, no nome de Jesus. Não negocie a doutrina. Seja firme!

*Trechos da mensagem de 28 de maio de 2022, na Conferência de Ministros Centro-Oeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!