Verbo FM

Crescimento: Processo ou Acontecimento?

Eliezer Rodrigues
Pastor da IEVV em Vila Matilde, SP

O segredo do sucesso de um homem ou mulher está na sua agenda diária. O sucesso dos acontecimentos está no processo do crescimento.

Qual a diferença entre processo e acontecimento?

O sucesso não está nos acontecimentos. E sim, no processo de crescimento. Grandes resultados é a soma de anos de crescimento. Quando falamos de crescimento, estamos falando de fidelidade, perseverança, fé, amor e submissão.

Em um mundo onde tudo está se convergindo para a velocidade, o instantâneo, o online, devemos parar e refletir, ir mais devagar, considerando coisas importantíssimas de nossas vidas que estão ficando para trás, simplesmente porque queremos, a qualquer custo, ver os acontecimentos.

O perigo está em tropeçarmos e cairmos no erro de que Deus, também, está entrando nessa “onda”, em relação ao crescimento espiritual, emocional, financeiro e familiar. Achamos que há um tipo de oração que, ao fazê-la estaremos prontos espiritualmente, maduros instantaneamente para ter tudo o que queremos de imediato.

E, não estou falando somente de diligência, mas principalmente de paciência. É isso que a Bíblia diz:

e PACIÊNCIA. (Hebreus 6.12). Muitas vezes, temos muita fé e pouca paciência.

Claro que, precisamos ser hábeis e não preguiçosos. Fazer com excelência, avançar e prosperar. Tudo isso é bom e é lícito quando é feito com uma consciência pura, certeza da vontade de Deus, fé e paciência, muita paciência.

O sistema do mundo está implantando na mente das pessoas o padrão de “fast food”  (comida rápida) para todas as áreas da vida humana. E quando levamos isso para o contexto de igreja, vida pessoal e familiar, podemos entrar em um processo de frustração por não ver os acontecimentos, os resultados com a rapidez que gostaríamos.

O “fast food” vicia o ser humano para o acontecimento rápido. Há certa “autoridade” embutida nos nossos direitos de reclamarmos pela demora de poucos segundos. Certo dia, lembro-me que  vi uma mulher fazendo o pedido do seu lanche no caixa de uma casa de sanduíches bem famosa. Mal ela acabara de pagar o seu “lanche feliz”, já estava praguejando, reclamando com o caixa: “nossa, já faz cinco minutos que estou esperando por esse lanche e até agora nada!”.

Enquanto o pessoal que a atendia colocava o lanche na bandeja, a jovem senhora continuava reclamando: “não se esquece do canudo. Ah! Mostarda também. E o brinde? O brinquedo? Você esqueceu?”.

Na igreja, de uma forma geral, não é tão diferente. Quantas vezes já vimos e ouvimos cristãos usando da autoridade que lhe foi dada para reclamar com o próprio Deus, com o pastor, com os irmãos em Cristo?

Elas dizem: “Deus, quando esse treinamento acaba? Eu tenho um chamado. Não posso esperar mais. O meu pastor não vê que sou um potencial? Se ele não me promover ainda esse mês Deus, eu saio da igreja!”.

Esses são cristãos que entraram no sistema “fast food”. Outros dizem: “Senhor, eu sou próspero, tenho o direito de viver o melhor. Quero o meu carro novo, minha casa própria essa semana. E quero pelo menos meio milhão de reais na minha conta. Não sei como o Senhor vai fazer, mas quem é Deus aqui é o Senhor não eu. Então, seja rápido, pois preciso ‘fazer a obra’ as coisas têm que acontecer na minha vida”.

Na verdade, estamos querendo os acontecimentos sem o processo de crescimento.  Sim, eu creio plenamente que milagres podem acontecer em nossas vidas. Mas, isso deve ser um “extra” de Deus.

O que Deus quer como base é que vivamos um dia após o outro na Sua Palavra.  O processo de crescimento espiritual leva tempo. As transformações por dentro levam tempo. Temos que ler e meditar muito na Bíblia, ler os livros do irmão Hagin, assistir vídeos de mensagens, ouvir mp3 de ensinamentos e pregações, etc. Isso é como uma poupança a longo prazo, um tempo de investimento, de preparação, que mais tarde vamos usufruir de tudo que plantamos com paciência, se não desfalecermos.

Não olhe o sucesso dos outros como algo ocasional. Procure saber a trajetória dessa pessoa e você verá que por traz dos acontecimentos houve um longo processo de crescimento. Vamos ler dois textos sobre processo e acontecimento:

 “Por isso, se elevou a sua estatura sobre todas as árvores do campo, e se multiplicaram os seus ramos, e se alongaram as suas varas, por causa das muitas águas durante o seu crescimento”. (Ezequiel 31.5)

“Eu plantei, Apolo regou (processo); mas o crescimento veio de Deus”. (I Coríntios 3.6)

Portanto, não se canse de fazer o que é certo. Ande em paciência no seu processo de crescimento. Vai chegar o tempo em que as grandes coisas vão acontecer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!