Verbo FM

Focados no Deus da obra

João Gabriel
Líder do Departamento de Jovens

O nosso propósito é conhecer Jesus e fazê-lO conhecido. Em 2021, o nosso departamento de Jovens alcançou a marca de 689 vidas salvas e tivemos um aumento de 30% na frequência durante os cultos. Mas o Deus da obra é maior que a obra!

“A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Lucas 10.27).

Não faz sentido a nossa igreja lotada de jovens, se não estivermos focados no Deus da obra. A expressão do nosso amor a Deus deve envolver todo o nosso ser em espírito, alma e corpo. Os números não fazem sentido sem o foco correto.

Não negocie o divino. Não troque o divino pela satisfação da necessidade imediata e não permita que a voz da circunstância natural emudeça o ímpeto do propósito. É impossível você estar no centro do avivamento e ignorar o tempo da visitação de Deus. É possível estar no lugar certo, mas não ser alcançado, então, precisamos ajustar o nosso coração.

Vale a pena mesmo trocar aquilo que tem o efeito eterno para satisfazer uma necessidade momentânea?

Mate tudo aquilo que lhe deixa em cima do muro. Deus, é um Deus de tudo ou nada. Ou você é quente ou é frio.

Destrua o lugar de servir a si mesmo, com seus próprios planos em favor de si mesmo. Escolha servir a Deus e não fique entre dois pensamentos. 

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas” (Lucas 16.13).

Reverencie a presença de Deus. A arca da aliança passou sete meses com os filisteus e eles não a manusearam da forma certa. Ela passou também vinte anos com um homem chamado Abinadabe. Depois disso, esteve por apenas três meses na casa de Obede-Edom, que cuidou da arca da forma correta e o Senhor o abençoou. 

“Então, avisaram a Davi, dizendo: O Senhor abençoou a casa de Obede-Edom e tudo quanto tem, por amor da arca de Deus; foi, pois, Davi e, com alegria, fez subir a arca de Deus da casa de Obede-Edom, à Cidade de Davi” (II Samuel 6.12).

A bênção é um efeito, uma consequência de uma posição de reverência à presença de Deus. Ele não está mais em templos feitos por mãos humanas, mas habita dentro de você!

A glória vai ser vista quando você entender isso. Cristo está em nós e esse lugar é de temor, de reverência, de morrer para as próprias vontades.

Sem a presença de Deus em nós, não somos nada.

Como temos lidado com a presença de Deus? A bênção e a promessa são efeitos da reverência à essa Presença. Sem tempos de intimidade com o Senhor, você está sujeito a morrer, porque a sua vida e existência dependem disso. 

Se exponha ao sol da Presença. É tempo de ficar mais tempo na mesa da comunhão com o Senhor. Nesse lugar de dependência, você encontrará a bênção, a provisão e capacidade para abençoar outros.

O resultado que existe fora da presença não vale de nada. Deus está nos trazendo para esse lugar de dependência d’Ele e de profundo temor ao Senhor. É um tempo de entendermos novamente o que é santidade, o que é jejuar, orar de joelhos… toda mudança e intervenção divina nasceram de uma turma inconformada que fez orações de joelhos. Não seja feita a nossa vontade, mas a d’Ele. Morramos para nós mesmo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!