Verbo FM

A integralidade do homem

Janiklessya Oliveira
Professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema em Garanhuns-PE

“Que o próprio Deus da paz vos santifique integralmente; e todo o vosso espírito, alma e corpo sejam mantidos irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 5.23 – grifo meu).

Segundo o versículo acima, precisamos nos santificar, mantendo-nos irrepreensíveis integralmente, em todas as dimensões: espírito, alma e corpo. O vocábulo alma, mencionado nessa Escritura, refere-se ao termo hebraico Nephesh, que significa “centelha divina no homem, com atributos do Eterno. É onde se desenvolve a psiquê e as emoções. 

Eis um aspecto maravilhoso: a alma é divina, veio de Deus; mas quando? Quando Este soprou o fôlego de vida no homem (Gênesis 2.7). Ali estava Deus, soprando espírito e alma; ambos bênçãos espirituais e divinas dadas pelo Eterno, muito embora tenham sofrido danos, com o pecado do homem.

Hoje, por meio de Cristo, elas podem ser restauradas. O espírito é recriado no novo nascimento e a alma deve ser continuamente renovada por meio da Palavra (Romanos 12.2), sendo cuidada e restaurada pelo Bispo e Pastor das nossas almas, Jesus, conforme I Pedro 2.25.

Podemos entender, através de Hebreus 4.12, que a linha que separa alma e espírito é tão tênue que somente a Palavra pode fazer essa divisão. Isso nos mostra a importância de cuidar da alma, para que esta não venha a trazer empecilhos ao desenvolvimento de uma espiritualidade sadia. Por vezes, temos, no meio da igreja, pessoas espiritualmente maduras, mas com uma alma imatura, como dito por Manoel Dias: “Cheia de aleijos”.

A boa notícia para essas pessoas está em saber que Cristo tem cuidados para a alma e pode restaurar esses possíveis danos. Pela necessidade do ensino e da ênfase nessa dimensão do homem espiritual, por ser o verdadeiro eu humano, noto que há uma compreensão equivocada da alma, por alguns membros da Igreja de Cristo, levando, por vezes, a uma certa “demonização” dela e, assim, um ignorar e até abandono.

Como bem-dito pelo Irmão Hagin, no livro “O Homem em 3 dimensões”, a Igreja compreendeu por muito tempo, e pereceu por isso, que alma e espírito eram uma só coisa, mas são distintas e precisam ser cuidadas com zelo, assim como o corpo; porque por ser o homem um ser integral, uma área não cuidada pode vir a interferir em outra. Uma alma não restaurada ou um corpo não cuidado pode impedir o exercício de uma espiritualidade sadia, bem como o pleno cumprimento do propósito divino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!