Verbo FM

Portas de oportunidades

Tony McKinnon
Diretor-adjunto da Alumni e da Associação Ministerial Rhema, nos Estados Unidos.

Na Bíblia, nós vemos referências aos muitos tipos de portas: literais, figurativas, naturais, espirituais, nos céus, outras na terra, algumas que abrem para uma bênção, outras para a aventura.

Existem portas que temos controle, nós que decidimos se estão abertas ou não, por exemplo, portas de tentação, portas para pecado, do julgamento, essas estão no seu controle. Mas, na Bíblia, nós também percebemos com clareza que existem algumas portas que apenas Deus abre, e eu quero chamá-las de portas de oportunidades.

“Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome” (Apocalipse 3.8).

Essa é uma das sete cartas às sete igrejas do Apocalipse, dirigidas aos pastores. Mas, nesse verso, Jesus diz que Ele é quem tem a chave. Chaves abrem portas, garantem acessos. Existe uma parceria, na medida que precisamos cooperar com Deus, para que essas portas de oportunidades proporcionem acesso completo.

Em Atos 14, Paulo volta de sua primeira viagem missionária e passa o relatório da viagem, trazendo tudo o que Deus fez por ele. Ele abriu portas da fé aos gentios, Deus abriu a porta da fé para os gentios para que pudessem ouvir e receber a Palavra de Deus e essa porta está aberta até hoje. Por meio dessa porta, nós nos deparamos com outras que nos levam a grupos de pessoas, cidades, e até mesmo pessoas específicas.

Em I Coríntios 16.8-9, perceba que Paulo disse que uma grande porta de oportunidade abriu, mas existe uma grande oposição. Ele faz isso para que saibamos que dentro da porta de oportunidade, existem muitos adversários, porque o inimigo vai sempre levantar oposição, perseguição. 

Nunca permita que a oposição se torne um fator determinante! Se Deus está abrindo uma porta pra você, uma oposição é um indicador da vontade de Deus, porque se não fosse, Paulo passou despercebido. Oportunidades sempre se apresentam com oposição, sempre traz um risco, sempre tem um preço. Deus nos dá oportunidades e muitas vezes as perdemos porque não estamos dispostos a lutar por elas. A oportunidade também traz confronto!

Na sua segunda viagem missionária, abriu-se uma porta em Trôade. Em II Coríntios 2, Paulo fala sobre isso, percebe que ele diz que essa porta foi aberta pelo Senhor, esse relato aqui se refere ao que aconteceu em Atos 16. Na segunda visita, Deus usou Paulo e sua equipe de forma poderosa. 

Não somos robôs! Temos um relacionamento com Deus, e nesse relacionamento ele nos ensina algumas coisas. Uma coisa que Paulo aprendeu é o segredo de confiar. Ele tinha que confiar em Deus para manter a porta aberta para que pudesse seguir outras instruções. 

A maturidade é obtida através de escolhas adequadas. Muitas vezes, Deus nos dá escolhas e é  necessário caráter para carregar o peso da glória. O caráter é forjado na fornalha das escolhas certas. A obediência no tempo de Deus não vai ser sem dificuldades, ela vai nos levar a outras pessoas. 

Se obedecermos à direção de Deus, no tempo certo, ele abre portas de livramento para nós de qualquer prisão ou cadeia do diabo. Deus tem um livramento para nossas vidas, Ele quer livrar você! Mas, é importante perceber que não é só pra você fazer, é para um propósito. É sobre o que Deus quer fazer através de você, Ele o ama, mas quer amar outras pessoas através de você. 

Precisamos nos manter apegados às promessas de Deus, nos recusar a desistir! Prepare-se, declare louvor, crie parcerias e persevere, assim, você vai ver muitas portas se abrindo, distantes e perto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!