Verbo FM

Caminhos para a prosperidade

Zuleica Messias
Professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

Tudo o que temos e somos vem dEle e é para Ele. Os meus dons são do Senhor, a minha vida é do Senhor. A minha família é do Senhor.

As suas coisas são do Senhor? Sua conta bancária é do Senhor?

A igreja, muitas vezes, entra em dificuldade por andar em extremos. Deus propõe para nós uma vida de equilíbrio. Deus quer que sejamos equilibrados.

Desde muito tempo, andamos em um engano sobre prosperidade, achando que ser rico era ser carnal. Nossas igrejas eram frequentadas pela maioria de pessoa pobres. Deixávamos os ricos do lado de fora.

Pregamos que o dinheiro é a raiz de todos os males. Mas, não é o dinheiro o problema, e sim, o amor a ele.

Abraão foi rico. Jó foi o homem mais rico do oriente, vem o diabo, tira tudo dele e de rico passa a ser pobre. Mas, no final, Deus vem e muda o cativeiro de Jó e, dá em dobro e não na mesma medida.

Deus não tem problema com a riqueza. O problema é como o homem se relaciona com ela.

O problema é colocar sua confiança na sua conta bancária, é colocar sua auto suficiência no dinheiro, isso que é o errado.

I João 1.2 – Deus quer que a gente prospere.

Salmos 35.27 – Deus tem prazer na prosperidade do seu servo.

Deus tem prazer em nos ver prosperar. Onde o evangelho chega, o quadro tem que mudar. Jesus nos resgatou da miséria.

Prosperidade é ser bem sucedido, ter toda as suas necessidades supridas com ampla suficiência para toda boa obra, ou seja, você tem para você e para os outros.

Existe um caminho para prosperidade bíblica. Sabe, que existem alguns quadros de prosperidade que não são promovidos por Deus. Como o cenário político do nosso Brasil, esse sistema já mostrou para nós que a corrupção também faz pessoas enriquecerem, mas a que preço? O preço de estar atrás das grades? Isso é a prosperidade que Deus planejou? Não!

A benção do Senhor enriquece e ela não traz dor, nem vergonha. Mas, existem caminhos traçados por Deus para o homem prosperar, vejamos:

Trabalhar (Gênesis 31.38-42) Jacó chegou na casa de Labão sem recursos, mas saiu de lá depois de 20 anos, rico. Não porque roubou ou extorquiu, mas prosperou através do trabalho das mãos dele.

Têm pessoas que oram, leem a bíblia, declaram a Palavra e depois dormem, ficam nas redes sociais e, ainda dizem que estão aguardando o de repente de Deus. A fé sem obras é morta!

Vocês sabem que já inventaram os dez mandamentos do preguiçoso? São eles: viva para descansar; ame a sua cama; se ver alguém descansando, ajude-o; descanse de dia para dormir à noite; o trabalho é sagrado, não toque nele; nunca faça amanhã o que você pode fazer depois de amanhã; trabalhe menos possível; calma, nunca ninguém morreu por descansar; quando sentir desejo de trabalhar, sente-se e espere que ele passe; não esqueça que o trabalho é saúde, então deixe o seu para os doentes.

Parece engraçado, mas na vida real é muito difícil conviver com uma pessoa encostada e preguiçosa.

Para meditação: Provérbios 6. 6-11, 13.4, 21.25, 10.4

Existem muitas pessoas que nunca saem do nível dos projetos. Elas sonham, projetam, têm ideias maravilhosas, mas não saem desse estágio. É hora de botar a mão na massa! Mas, não é só o trabalho que nos faz prosperar, a honestidade e a integridade também. Nós vimos Jacó conversando com seu sogro, na leitura anterior.

Integridade e honestidade são caminhos para quem quer prosperar.

Muitas vezes, você estudou e formou-se em uma área, o desemprego chegou e, não trabalha em outra área. Você é pai, é esposo, a vida não para, a barriga não espera, as contas não param. Todo trabalho é digno. A mão do diligente prospera.

Outro importante princípio para prosperar é ser íntegro. (Salmos 15.1-5, Provérbios 28.6)

Queridos, não existe lei que pega quem anda certo. É tão interessante que as pessoas vão se acostumando com o errado e, daqui a pouco a gente acha que o errado é certo (Provérbios 10.9)

Corrupção e desonestidade estão nas coisas pequenas também.  Nós somos filhos de Deus, somos da luz, da verdade, qualquer proposta que tiver um ajeitadinho, uma mentira, é desonesto, é obra das trevas. Ainda que traga vantagem, isso é corrupção. Nós somos da luz.

Desfrutar de algo que nós não temos direito é desonestidade.

Você anda com vale transporte escolar, quando não é estudante? Se agimos assim nas pequenas coisas, que moral teremos para combater as grandes desonestidades?

“E pareceu bem a Dario constituir sobre o reino cento e vinte príncipes, que estivessem sobre todo o reino; E sobre eles três presidentes, dos quais Daniel era um, aos quais estes príncipes dessem conta, para que o rei não sofresse dano. Então o mesmo Daniel sobrepujou a estes presidentes e príncipes; porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava constituí-lo sobre todo o reino. Então os presidentes e os príncipes procuravam achar ocasião contra Daniel a respeito do reino; mas não podiam achar ocasião ou culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa. Então estes homens disseram: Nunca acharemos ocasião alguma contra este Daniel, se não a acharmos contra ele na lei do seu Deus”
(Daniel 6.1-5)

Assim como Daniel, precisa chegar o tempo de crente ser perseguido e criticado só por Jesus, pela sua fé, mas não pela sua conduta. Nós deveríamos ser o povo mais desejado pelos donos de empresas, de imóveis, mas sabe, quando esses empresários desconfiam que o cliente é crente, não aluga. Crente que não paga aluguel, deteriora a casa alugada! E o que dizer das empresas, que não querem porque os que passaram por lá eram preguiçosos, deram dor de cabeça? Os patrões tem que desejar sua presença.

Outro princípio para prosperar é óbvio, ENTREGAR, dar. (I Reis 17.7-14)

Nós podemos entender que Deus não multiplica o que eu tenho, Ele multiplica o que eu dou.

Dinheiro quando eu entrego e dou sai da qualidade de dinheiro e passa a ser semente.

No ponto de vista de Deus, o muito não são as cifras, o muito está sempre relacionado ao nosso coração. Um dia Jesus estava vendo as pessoas entregar as suas ofertas e lá vem uma viúva, ela deu apenas uma moeda e Jesus faz uma declaração sobre ela, que a mesma deu mais que todos os outros.

*Texto retirado do Site da Igreja Verbo da Vida sede em Campina Grande-PB.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!