Verbo FM

Proteja os seus filhos

Tassos Lycurgo
Pastor no Ministério Defesa da Fé

Enquanto pais, temos que ter a perspectiva de que não estamos em uma guerra cultural, mas uma guerra espiritual. Os ataques têm sido ferozes contra nossas crianças. Os filhos são induzidos a crerem em algo absurdo como a ideologia de gênero.

Quando a criança é forçada a isso, ela é levada a crer em uma religiosidade falsa e perversa, não é uma fé do tipo cristã. Quando menos se espera, tudo se impregnou no coração.

A ideologia de gênero é a principal porta de entrada para outras ideologias comunistas na vida das pessoas. Nós, enquanto pais, temos que proteger nossos filhos de tudo isso, temos que influenciá-los. Não há oportunidade maior na vida d o que influenciar uma pessoa para Cristo por meio da relação que Deus nos dá na paternidade e na maternidade. Temos que pensar nos nossos filhos como almas que Deus deu aos nossos cuidados. Nós devemos encaminhar nossos filhos para a verdade que é Jesus de Nazaré.

“Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito, a minha fé, a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança, as perseguições e os sofrimentos que enfrentei, coisas que me aconteceram em Antioquia, Icônio e Listra. Quanta perseguição suportei! Mas, de todas essas coisas o Senhor me livrou!” (II Timóteo 3.10-11).

Seguir de perto

Devemos seguir de perto aqueles que queremos influenciar. Você tem que estar perto do seu filho, acompanhando-o. O nosso ensino para o nosso filho tem que extrapolar o método acadêmico, tem que ser algo que você veja de perto. Você tem acompanhado as decisões do seu filho e se interessado por seus assuntos? Você tem caminhado perto dele?

Cuidado com a mentira de que basta um tempo de qualidade, isso tem enganado muita gente! Seu filho tem seguido de perto o seu ensino? Não basta o seu filho saber em que a igreja que você congrega acredita, ele precisa saber em que você crê, o seu ensino! Você já conversou com o seu filho sobre a sua fé? Sobre o motivo de você crer naquilo que você crê? Ele precisa conhecer a base pessoal da sua fé, porque isso fará com que a sua conduta fale muito mais alto a ele sobre Cristo.

Conduta

A hipocrisia não tem espaço na paternidade e na maternidade efetiva. As crianças sabem dentro de si se os pais agem ou não com hipocrisia. A conduta íntegra é um dos maiores aliados na influência que você deve exercer sobre os seus filhos. A conduta espelha o ensino.

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbios 22.6).

Ensine a criança no caminho, não é apenas ensinar o caminho, você também deve estar no caminho em que ela deve andar. Não é apenas o seu ensino, mas também a sua conduta. A conduta revela a genuinidade do seu ensino. 

Seu filho tem visto você colocar a missão que Deus colocou em seu coração como prioridade em sua vida? Ou ele tem visto outra coisa ocupar esse lugar? O quanto do que falamos sobre fé conseguimos viver quando estamos passando por dificuldades? Seu filho verá isso, verá sua postura de fé em Cristo, principalmente no meio das dificuldades.

Paciência

Nós não podemos esperar que nossos filhos aprendam em oito semanas o que nos levou oito anos para aprender. Temos que ter paciência. Seu filho tem que aprender com você que existe o tempo de Deus. Ter paciência em Deus é uma das facetas da confiança que devemos ter no Senhor.

Amor

O filho tem que ver em nós o poder do amor. Quando alguém faz algo contra nós, o filho precisa ver, em nosso coração, as nossas conversas e os nossos posicionamentos, principalmente quanto àqueles que não parecem ser tão amáveis. 

Perseverança

Se você tiver que desistir de algo algum dia, pode até desistir, mas não faça isso sem saber que desistir é um hábito que nós alimentamos e que pode se transformar em um monstro na nossa vida, e as consequências são piores. Não podemos atender ao impulso de sempre querer sair do desconfortável, isso é minar a nossa fé. Seu filho tem sido preparado para enfrentar as dificuldades da vida? Pode acontecer o que for, você não se desvia para um lado nem para o outro, o seu foco é o Senhor! Seu filho precisa saber disso, isso gera um impacto na vida de uma criança. 

O mundo não quer saber da verdade, com isso a perseverança pode trazer perseguição. Nós somos o sal da terra, seu filho precisa entender isso. Integridade na fé e na verdade tem um custo, e seus filhos devem saber que você está disposto a pagar esse custo. Se nós não somos vistos sendo perseguidos por aquilo que cremos, como podemos esperar que os nossos filhos achem que Cristo tem algum valor? Perseguições genuínas por Cristo geram um sofrimento, mas devemos saber que nós não estamos só. O Deus que habita em nós é Aquele sem o qual nenhuma definição de poder e autoridade é possível, todo poder se resume com base em Deus. Nosso Evangelho é um Evangelho de poder!

Livramento

O seu filho está próximo e sabe dos livramentos e libertações que Deus tem lhe dado? Você tem orado com o seu filho em agradecimento ao que o Senhor fez? Quando oramos em agradecimento ao Senhor, nós trazemos a memória quem Deus tem sido para nós. Seus filhos tem que saber isso! Ensine aos seus filhos o que Deus tem feito por você, eles precisam saber quem é o Senhor. Se eles sabem que o Senhor foi fiel inúmeras vezes, eles saberão que Deus continuará sendo fiel eternamente. Ensine ao seu filho que sem Jesus você não é nada, mas que com Ele você pode tudo! Temos que criar filhos corajosos, destemidos, capazes de enfrentar as dificuldades da vida.

O modelo da família cristã que dá certo é o modelo bíblico. Pare de achar que desobediência é normal. Desobediência na adolescência não é normal, rebeldia tem uma origem: Satanás. Seu filho adolescente não tem que ser rebelde, suas crianças também não! Existem estruturas que nós não vemos, mas que são criadas para destruir a família. Nós temos que nos posicionar, as Escrituras ainda são o nosso manual, temos que seguir o que tem ali. Crianças obedientes, corajosas, capazes de se tornar o que Deus quer que eles sejam e fazer com que o Reino se expanda. Não atrapalhe o que Deus tem para a vida dos seus filhos. As Escrituras nos orientam como fazer isso!

Se você tem agido errado com o seu filho, conserte-se! O que tiver que endireitar, endireite e siga adiante. O arrependimento genuíno faz com que sempre seja possível começar de novo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!