Verbo FM

Saindo do raso

Karine Passos
Graduada do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

Deus me deu esta frase em uma madrugada, e tenho meditado nela:
“Eu não cobro intensidade, eu apenas alerto que é a única forma da chama não apagar”.

O que as Escrituras falam a respeito desse assunto? 

Paulo foi quem mais pregou sobre a vida no Espírito Santo, sobre a paixão da missão, sobre como se mover no Espírito. Eu, logo, concluo que Paulo era um homem extraordinariamente intenso. Por isso, às vezes, não muito compreendido em sua época.

Mas quem foi Paulo?
Foi “o pior dos pecadores”, como ele mesmo se classificou, pelo fato de ter perseguido os cristãos. Mas se tornou o próprio modelo para a Igreja de Cristo, sendo ele uma fonte de sabedoria, graça e poder para nós, cristãos, por todas as gerações.

As cartas que nos ensinam e nos inspiram para uma vida fervorosa, onde encontramos? Nas cartas paulinas!
Claro, os apóstolos estavam envolvidos nessa atmosfera do Pentecostes. Mas quem teve o rígido cuidado de registrar minuciosamente a vida do Espírito Santo? Paulo!
Esse cara é demais! Ele nos dá o total respaldo para não mais viver uma mera religião colocada como cabresto que nos impede de tocar os céus com nosso coração e nossas próprias mãos, mas uma vida totalmente imersa no mundo espiritual!

Do poço para o fogo


Paulo teve uma experiência marcante com o Salvador da sua alma. Como alguém nasce do sobrenatural e vai se contentar com o natural?
Quem prova das profundezas de Deus não se contenta mais com o raso. Como Paulo nos inspira a buscar mais de Deus e nunca se saciar!

Um breve resumo do que Paulo falava para nós meditarmos e deixarmos essa verdade nos inundar:

  • “Não apagueis o Espírito!” (Tessalonicenses 5.19). Se ele disse isso, é possível fazê-lo. E ele disse “não façam isso”!
  • “Vivam no Espírito!” (Romanos 8.5,11). Se ele disse isso, é possível vivê-lo. Devemos ter uma vida que considera o Espírito em todo tempo!
  • “Sejam guiados pelo Espírito!” (Romanos 8.14). Se ele disse isso, é bíblico ser guiado. Os filhos devem ser guiados ao máximo e em todo o tempo!
  • “Permita que o Espírito exerça domínio sobre você!” (Romanos 8.9). Se ele disse isso, é possível crescer em níveis de obediência e submissão ao Espírito. E veremos isso como fruto na vida de alguns!
  • “O Espírito te tornou filho de Deus!” (Romanos 8.15). Se ele disse isso, é maravilhoso desfrutar dessa realidade!
  • “Você tem a mente do Espírito Santo!” (Romanos 8.6). Se ele disse isso, devemos ser inundados com as realidades espirituais que nos cercam, encharcando a nossa mente com essa verdade!
  • “Você tem liberdade no Espírito!” (Romanos 8.15a). Se ele disse isso, é porque devemos desfrutar dessa liberdade, e ajudar outros a também desfrutar dessa alegria que é ser livre em Cristo pelo Espírito Santo!

Que a glória do Espírito nos inunde cada dia um pouco mais, até que transbordemos cada dia um pouco mais, e Deus nos encontre envolvidos em um ambiente carregado de fé, força e poder do Espírito Santo! Porque também está escrito que a nossa comunhão é com o Pai, é com o Filho, e também com o Espírito!

E, olha, mais uma vez foi Paulo quem nos falou isso, ele era mestre em compreender o Espírito, deixou isso registrado para todos nós, isso não é glorioso e libertador?

“A graça (favor e bênção espiritual) do Senhor Jesus Cristo; o amor de Deus; e a presença e comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós” (II Coríntios 13.14).

Comunhão aí é “koinonia”, que significa amizade, compartilhar, parceria, intimidade. Sim, o Espírito é nosso amigo, mestre, e guia fiel.
Confiemos no Espírito, Ele é a nossa patente de Deus! O selo pelo qual Deus nos deu para a Sua glória, liberdade e poder.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!