Verbo FM

Se nós soubéssemos…

Carlos Fontenele
Graduado do Centro de Treinamento Bíblico Rhema

“E Jesus, andando junto ao mar da Galiléia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores; E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens” (Mateus 4.18-19)

Quando Jesus chamou Pedro e André, Ele não deu peixes ou outras coisas, seu desejo sempre foi e será de transformar o homem por dentro de modo que suas ações externas sejam reflexo desta mudança, por isso ele disse: “Te farei pescador de homens”.

No Antigo Testamento, as leis estavam escritas em tábuas, mas, agora, temos a lei escrita no nosso coração. Quando Jesus libertava os oprimidos do Diabo, Ele os trazia para sua condição real, sua natureza, para o que eles eram de verdade, sua essência. A grande questão não está somente no fazer, mas no ser. Não é mentir, e sim não ser mentiroso, não é apenas dar ofertas e dízimos, mas sim ser generoso.

“Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José. E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta. Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos). Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva” (João 4.5-10)

Temos aqui uma passagem muito interessante, observe que há um homem, Jesus, com muita sede. Há também uma mulher samaritana junto ao poço cheio d’água e Jesus faz um simples pedido: “dá-me de beber”. Seria lógico e até racional que se há alguém com sede e outra pessoa com água, a resposta seria: “Beba minha água”, mas vejamos o que ocorreu.

A mulher começou a fazer perguntas a Jesus sobre Ele ser judeu, sobre como Ele tiraria a água e sobre o local ideal de adoração. Isto ainda ocorre nos dias de hoje. Pessoas têm oportunidades diárias de exercer a generosidade, mas fazem muitas perguntas do tipo: Será que devo? Onde está o governo? Ele vai gastar com o quê? O mundo está cheio de avareza e egoísmo. “Cada um com seus problemas”, é o que se escuta. Agora preste atenção no que Jesus disse no versículo 10:

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva” (João 4.10) Na Bíblia A Mensagem, Eugene Peterson coloca da seguinte forma: “Se você conhecesse a generosidade de Deus e soubesse quem eu sou, pediria água a mim e te daria água pura, água da vida”.

Se nós soubéssemos como Deus é generoso, será que faríamos tantas perguntas? Ele nos quer prósperos mais do que qualquer outra pessoa. Deus nos quer plenos. Ele é doador, amoroso e gracioso. Se nós soubéssemos o tamanho de sua generosidade, será que ficaríamos preocupados com o dia de amanhã, com o que nos vestir, com o que comer?

Trabalhei por mais de 10 anos em uma rede de Papelaria em Brasília como Gerente Financeiro. Um dos maiores desafios era controlar o estoque com cerca de 25 mil itens de todos os tipos e tamanhos. Agora você já imaginou o estoque dos céus? Aleluia!

Quando entendemos que a fonte dos rios de água viva nunca acaba e que está disponível para nós. Quando compreendermos que temos livre acesso a isto, não estaremos mais preocupados com o amanhã. Será que vai faltar? Como vai acontecer? Será que é certo? As tantas questões que tentam nos atrapalhar e impedir vão acabar. Ele nos deu seu Espírito!

A pergunta deveria ser: Quanto eu poderia estar doando e não estou? Quem eu poderia estar abençoando e não estou? Se você soubesse o quanto Deus quer te prosperar, te abençoar, te fazer avançar, se você soubesse quem Ele é de verdade o que você pediria?

“E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” (Lucas 11.11-13)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!