Verbo FM

Trilogia: “O tempo!” Presente- Parte II

RG 11
Rubens Nascimento
Graduado da Escola de Ministros Rhema

Seguimos nossa trilogia do tempo com o segundo texto que trata do PRESENTE.

Você pode conferir aqui o primeiro texto Passado 

A palavra presente deriva do termo em latim praesentia, que significa alguma coisa que está perto, ao alcance de alguém.

Não devemos nos esquecer que presente também é um termo utilizado quando oferecemos a uma outra pessoa, como sinal de apreciação e carinho, uma dádiva ou lembrança, em situações especiais como aniversários e dias festivos (mães, pais, crianças, natal, etc).

O termo presente também é utilizado quando temos pessoas que se dedicam em atenção, amor e carinho, seja com relação às pessoas de nosso afeto, como, por exemplo, nossos pais, cônjuges e/ou filhos; ou a uma causa específica. Nesse ponto, é tão comum utilizarmos a expressão: “Esse(a) pai/mãe é muito presente na vida dos seus filhos”.

Em relação à Deus, na Bíblia percebemos que Ele é um Deus presente; ou seja, Ele é um Deus que age no agora, que ouve e responde nossas orações no tempo que estamos vivendo.

Com o significado original da palavra e a sua derivação do latim, poderemos dizer que essa presença divina nos remete a um Deus que está perto, acessível e ao nosso alcance. (Tiago 4:14; Genesis 28:15)

No conceito da palavra como sendo uma dádiva, dizer que Ele é um Deus presente é também afirmar que Ele mesmo se doou a nós, por amor, nos dando como presente salvador o Seu Filho Jesus, sendo possível assim viver o tempo atual como quem recebe um presente diário da parte de Deus, Nele mesmo.

Dádiva (ou presente) é tudo aquilo que nós recebemos gratuitamente; e Deus, através de Cristo Jesus, se entregou voluntariamente a fim de nos resgatar, providenciando um plano de salvação que se revela em graça, paz, saúde, felicidade e vida eterna. (Gálatas 1:4; Romanos 3:24; Romanos 6:23)

Na condição de presença constante e participativa, Deus se mostra de forma permanente ao longo de toda a criação, mesmo que essa presença não seja revelada de igual modo e ao mesmo tempo, em toda a parte.

Na Bíblia percebemos que Deus pode estar presente de uma forma clara e manifesta (Salmo 46:1), como também pode estar presente em todos os momentos e em qualquer tempo (Salmo 33:13-14).

Sua característica de onipresença nos remete ao fato de Deus está em todos os intervalos de tempo e de espaço. Deus está em toda parte e em cada momento. Nada é tão pequeno que possa escapar desapercebido da presença de Deus, como também nada se faz tão grandioso que Ele não possa alcançar.

Já o tempo presente, é o que temos de verdadeiro e de palpável.

Viver intensamente o agora, nos faz aproveitar a plenitude de nossas energias, sem escape e sem aprisionamentos ao passado ou devaneios em relação ao futuro.

O presente é a oportunidade que se renova em cada minuto e segundo, nos trazendo, novamente, uma condição de fazer diferente, de fazer melhor e seguir avançando para alcançar o prêmio da soberana vocação (Filipenses 3:14).

Para o tempo de hoje, e suas novidades, vale a exortação contida no livro de Isaías 43:19, quando Deus, em sua infinita bondade e amor nos diz:

Esqueçam o que aconteceu, não fiquem lembrando velhas histórias.

Fiquem atentos.

Não se distraiam.

Vou fazer uma coisa diferente… E está para acontecer, não estão percebendo?

Estou abrindo uma estrada através do Deserto,

fazendo correr rios em terras devastadas.” (versão: A Mensagem)

Por fim, mesmo que as dificuldades da vida se apresentem, precisamos ter bom ânimo (João 16:33).

Em Cristo Jesus temos a condição de viver em vitória.

Esteja pronto para receber diariamente os “presentes de um Deus presente, no tempo presente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!