Verbo FM

Zele pela doutrina

por Douglas Ferraz
*Diretor do Centro de Treinamento Bíblico Rhema 

Como é bom saber que estamos em um terreno  seguro. A Palavra de Deus é o nosso caminho e alicerce. Quero falar como ser firmes na visão. Tendo cuidado e zelo pela sã doutrina.

Sabemos que Paulo era um perseguidor dos cristãos e da igreja, mas um dia ele teve um encontro com Jesus, o cabeça da igreja, antes ele dedicava seu tempo naquilo que acreditava.  Se antes de receber salvação ele era zeloso no que acreditava, imagina depois. Ele entendeu que a graça é aquilo que salva. Ele passou a ser um zeloso da doutrina sã. Isso me ensina que devemos ser zelosos com a doutrina. Lembre-se daquele dia que você chegou à igreja.

Eu tenho uma história com essa visão. Com 12 anos de idade eu pertencia a outra visão, eu estava fundamentado em verdades, mas ao decorrer do meu crescimento vi que dentro daquelas verdades havia religiosidade e vivi conflitos comigo mesmo, vi o divórcio dos meus pais, situações financeiras difíceis. O que aprendi na igreja eu não conseguia viver. Eu estava aprendendo a coisa certa do jeito errado. Eu lia a Bíblia e não conseguia entender, lia Romanos e não entendia nada.

Mas, aos 12 anos, lembro que fiz uma oração pedindo a Deus que abrisse os meus olhos. Eu não queria servir por medo. Depois disso, passou um tempo, lembro que recebi um convite para cantar com Eliezer Rodrigues e vi ali que algo era diferente. Recebi em seguida o convite para ir a Igreja Guarulhos. Liderada na época pelo pastor Marconde. Comecei a entender quem eu era em Cristo.

Sei que, para você, ouvir essas coisas pode parecer repetitivo, mas lembre como foi para ouvir essas verdades. Deus começou a me ensinar que eu nasci para dar certo e não para dar errado. Mesmo não entendendo bem o mover do Espírito, eu decidir abraçar a visão. Ministros como Gilson e Sylvia Lima me mostraram naquela época que eu precisava viver aquele mover do Espírito na minha vida.

Paulo, passou de perseguidor a perseguido e vi na minha vida, uma mudança inexplicável. Vivi uma mudança de mentalidade, tirando aquela mentalidade de pobreza,. Entendi que não era culpa dos meus pais, antes eu não tinha sangue real, mas agora eu tenho, eu sou filho, sou igreja.

Lembre do seu primeiro dia, a primeira vez, lembra das suas primeiras experiências com Deus. Existem homens e mulheres pregando essa Palavra da fé que muda vidas. Eu e você somos propagadores da visão da fé. A palavra da fé foi influenciando a minha vida e da minha família também. Vi explosões na religiosidade.

“Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém. Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema” (Galatas 1.3-9).

Paulo ao experimentar o novo nascimento se tornou um defensor da fé. Ele instrui que eles deveriam se proteger daquilo que vem de encontro a sã doutrina. O que funcionou, continua funcionando hoje.

Vi o quanto eu cresci através da palavra ensinada pelos pastores, professores, e fui crescendo naturalmente e espiritualmente. Aquilo que o libertou precisa ser mantido na sua vida para sempre. A verdade de Deus é imutável e poderosa. O que faz a diferença é quanto você investe e acredita. Ainda que muitos falem diferente, fique com a palavra, fique com aquilo que salvou teu casamento, e te tirou da depressão.

O pastor Eliezer Rodrigues me ensinou a ficar com a palavra e não sair da doutrina, seja nas letras da música que eu cantava seja em outras coisas. Você que é músico, não fique irritado quando seu pastor te corrigir para que permaneça na visão. Isso é segurança para nós, isso nos faz permanecer na sã doutrina e na visão. Permanece naquilo que você aprendeu.

Eu não tive tanto contato pessoal com o Ap. Bud Wright, apenas em algumas conferências, mas ele treinou tão bem seus ministros e pastores, que mesmo não estando perto, sou alcançado pela visão dele através de homens e mulheres de Deus. Precisamos guardar aquilo que aprendemos e de quem aprendemos. Essa visão não será alterada e nem modificada.

Você faz parte do Verbo da Vida e o nosso Ministério é assim. Seja fiel ao que aprendeu aqui e mantenha-se na visão. O que você aprendeu neste lugar? Você hoje está pregando ensinando, mas o que você aprendeu?

Temos um jeito Verbo da Vida de ser e isso não é só para Campina Grande (PB). É tão bom ir a um ponto de pregação e perceber que estamos em casa, percebemos isso pelo jeito de falar, de cantar e de pregar.

As filosofias do mundo vão nos apertando cada vez mais, querendo nos fazer mudar os nossos ensinamentos. O que te salvou foi a verdade, não dissolve o que você aprendeu. Nós somos responsáveis em compartilhar o que aprendemos com outras gerações.  Você aprendeu a quebrar e romper ambientes de trevas com seu sorriso. Não é o seu jeito que vai salvar as pessoas, mas o jeito de Deus.

Foi dançando dentro do meu quarto sem música que eu gerei meu casamento e meu emprego. Foi correndo quando tudo era contrário que eu mudei a minha vida. Sim, eu sou daquela igreja que ao final do culto as cadeiras nunca terminam no mesmo lugar, isso salvou a minha vida e mudou a minha história.

A Palavra da Fé, o Evangelho puro me ensinou e tem me ensinado tanto ao longo desses anos. Deus nos quer fervorosos, cheios do Espírito, temos uma visão e devemos andar nela. Músico, você toca diferente, porque são notas sobrenaturais chamando a existência aquilo que não existem.

“Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério” (II Timóteo 4.1-5).

Pregue a Palavra!

Quando chegamos a um nível de maturidade, por vezes, podemos passar na nossa estante de livros e parece que aqueles livros não brilham mais, não muda a sua alimentação, não saia dos ensinos que te salvaram um dia. Eles vão salvar outros através de você.

Você tem a igreja que precisa, o pastor que precisa! Não perca o cuidado ao ensinar a Palavra da fé. Pregue a Palavra genuína. A sã doutrina. Estude a Palavra. Não baseie o evangelho pelas suas más experiências, ou experiências pessoais. Deus cura, Ele não muda. Não altera aquilo que salvou a sua vida. Volta a lembrar daquilo que um dia foi revelação para a sua vida. Não seja atraído por outras coisas.

Aviva o dom que existe dentro de você. Pregar a visão nunca vai ter dano. O mesmo Saulo que era perseguidor da igreja foi perseguido, mas ele avançou para o alvo. Não queria um evangelho novo. O mesmo evangelho que te trouxe até aqui é o que te levará adiante.

*Trechos da mensagem de 27 de maio de 2022, na Conferência de Ministros Centro-Oeste .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!