Verbo FM

Conferência Nordeste foi encerrada com um tempo de instruções e comunhão

 UM TEMPO PRECIOSO! 

 UM TEMPO DE RENOVO! 

 UM TEMPO DE CRESCIMENTO! 

Conferência de Ministros Verbo da Vida Nordeste 2022 foi encerrada, como diz o ditado, com chave de ouro, com um momento de oração poderoso, seguida de ministração inspiradora de Thiago Garcia, coordenador jurídico do Ministério Verbo da Vida (MVV) e orientações preciosas do Ap. Guto Emery, presidente do ministério, para os 116 ministros licenciados e 34 ordenados nessa manhã. Sem dúvida nenhuma, esse foi um tempo de crescimento e comunhão para ficar na história.

Logo no início do dia, a missionária Elia Nicholas trouxe uma palavra profética para que todos andem na luz, em conformidade com a Palavra de Deus e no poder do Espírito Santo. “Regozige-se e alegre-se diante da adversidade. Sorria!”, disse Elia. Em seguida, Mama Jan Wright, vice-presidente do MVV, complementou a palavra dizendo: “Não deixe que esta atmosfera fique aqui, mas leve com você para suas igrejas e você vai ver uma explosão”

Renato Gaudard, diretor executivo do MVV, foi o anfitrião da última manhã de eventos. Ele conduziu um momento muito gostoso desta conferência, que foi realizado mais uma vez: um minuto de confraternização, com muito abraço entre os ministros participantes, que diziam palavras de estímulos uns para os outros. 

Manoel Dias, integrante da diretoria do MVV, apresentou a iniciativa de uma caravana para Israel em 2023, na companhia dele, do Ap. Guto e do ministro Humberto Albuquerque, pastor presidente do Verbo da Vida em Recife (PE). “Precisamos ter essa experiência de conhecer o lugare físicos que constam nas Escrituras”, falou Maneco. 

 A SABEDORIA DE ADMINISTRAR O TEMPO 

Thiago Garcia, na sua ministração, festejou o tempo que todos vivenciaram nesses dias de conferência. “Deus tem sido tão gracioso conosco nesses dias. Como tem sido maravilhoso desfrutar de cada nota que Deus tem trazido. Eu tenho certeza que você vai voltar para casa com a cabeça no lugar”, comentou o ministro. 

Baseando-se em Eclesiastes 8.5, Thiago discorreu sobre o paralelo entre tempo e modo. Para ele, é sabedoria entender o tempo. “Não é o tempo que se adequa ao modo. É o modo que se adequa ao tempo. Precisamos ter clareza e percepção sobre o tempo”, destacou. 

Para o ministro, a preparação precisa se encaixar no tempo, porque o tempo não vai se flexibilizar de acordo com a necessidade de preparação que a gente tem. E continuou: “A gente precisa entender que a forma de se comportar não pode estar desconectada no tempo”. 

“Se o que é chamado para ser o segundo inventar de ser primeiro vai ser um acidente grave.”

Thiago disse ainda que, às vezes, observamos pessoas que estão em outro tempo e nos achamos fracos e incapazes e podemos correr o risco de achar que aquele que nos levantou foi ultrapassado rápido demais. Falando nisso, ele aconselhou: “Não vá esquecer os pequenos começos. Não esqueça daqueles que lhe levantaram e investiram tempo em sua vida”.

Por fim, Thiago Garcia perguntou: “Quem é que cresceu demais para servir?” E continuou: “Eu não quero dizer que você não vai gerenciar estrategicamente o seu tempo. Precisamos ter sabedoria para gerenciar o nosso tempo e os nossos recursos. Mas você nunca vai ser grande demais no Verbo da Vida que não precisa servir”.

“O plano de Deus está associado ao fluxo de tempo e se a gente não entender vai querer fazer tudo hoje e se frustrar amanhã.”

Confira aqui mais da mensagem de Thiago Garcia.

 UM NOVO TEMPO PARA NOVOS MINISTROS 

No segundo momento da manhã, Renato Gaudard fez a chamada dos ministros que seriam licenciados e ordenados. Todos que se levantavam eram ovacionados com muita alegria pelos presentes. 

O Ap. Guto Emery trouxe uma palavra bem oportuna para os novos ministros. “Que você seja uma bênção para a comunidade em que está inserido, para seu pastor e para o Ministério Verbo da Vida. Estamos muito orgulhosos por tudo o que está acontecendo em sua vida”, disse o apóstolo.

“Uma unção vai vir sobre sua vida para tornar fácil aquilo que Deus quer que você faça.”

Guto disse que, assim como Paulo estava desejoso de ir à Roma para compartilhar os dons espirituais com seus discípulos, da mesma forma não levantamos chamados, pois cada um vai servir no chamado que possui. Em seguida, ele falou que todos passariam pela imposição de mãos: “Isso não é somente um ritual. A imposição de mãos é uma doutrina bíblica, onde a unção é transmitida para a vida dos irmãos. É um momento especial”

Confira aqui a matéria especial sobre o licenciamento e ordenação.

E a Conferência foi encerrada com ministros empolgados para viverem um novo tempo em suas igrejas, conscientes de quem os chamou é fiel para cumprir as suas promessas e promover uma vida abundante para aqueles que cumprem o chamado que Ele mesmo distribuiu. 

Até a próxima conferência!

Veja também as fotos desta manhã logo a seguir.

no images were found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NewsLetter

Cadastre-se em nossa lista para receber atualizações de nosso portal. 

Destaques da semana​

Estude no Maior Centro de Treinamento Bíblico do Mundo!